segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Antes de desistir, tente. Mesmo que já tenha tentado muito, persista!


Imagina se a cada dificuldade que aparecesse em nossas vidas nós parássemos e desistíssemos?


Até onde você acha que chegaria agindo assim? Reiteradas vezes partindo do zero e começando de novo uma jornada? Provavelmente, não muito longe. Até porque é muito desgastante ter que ficar reescrevendo a nossa história a todo momento.


Por isso, às vezes, é preciso seguir em frente, enfrentar os obstáculos e provar para si mesmo que você é capaz de se superar.


NUNCA DESISTIR É UMA ESCOLHA QUE TODOS NÓS DEVEMOS FAZER.

ELA, COM CERTEZA, NÃO É A DECISÃO MAIS FÁCIL A SE TOMAR.


Jogar tudo para o alto e inventar desculpas para o seu insucesso, certamente, representam o caminho mais cômodo a se seguir.


No entanto, a vida não deve ser sinônimo de comodidade e sim de aprendizado e experiência.


E nós só conseguimos aprender quando nos desafiamos e não nos resignamos a realidade que nos é imposta.


Você pode não ter descoberto ainda, mas existem inúmeras razões no seu interior para acreditar sempre e nunca cair na tentação de desistir.


Desistir é motivo de frustração para todos aqueles que decidem parar de tentar, nunca saberemos se iriamos acertar a “tacada”, na próxima tentativa, se desistirmos de tentar, portanto, se o seu objetivo é nobre e a sua intenção é positiva, não desista, você poderá encontrar muito “ouro na próxima escavação”.


A gente só descobre a mina de ouro quando acreditamos que uma hora vamos encontrar. Se a nossa fé se perde e desistimos, nunca saberemos se conseguiríamos se tivéssemos tentado um pouco mais.



*Robson Hamuche 


Para ajudar você nessa missão de autoconhecimento, mande um direct @rhamuche que te envio motivos para serem levados em conta quando pensar em desistir.



*DA REDAÇÃO RH. Texto de Robson Hamuche, idealizador do Resiliência Humana, terapeuta transpessoal e Constelador Familiar.

Carta de uma filha que perdeu o pai

Cresci em um lar com a presença de um pai, uma mãe e uma irmã. Mas percebi que apesar de viver mais de vinte anos ao lado do meu pai, eu não...