sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

O problema é que tem sempre alguém com o opinômetro ligado e o venenômetro ativado


Poupe energia para o que realmente vale a pena, para quem torce por você, para enfrentar as batalhas que valem a pena.


Talvez porque a quantidade de pessoas no mundo esteja a cada dia maior, talvez porque as vidas estão sendo cada vez mais expostas nas redes sociais, talvez sei lá por quê, mas o que tem de gente opinando sobre o que não lhe diz respeito e destilando veneno por aí não é brincadeira.


É CADA PALPITE INFELIZ, CADA MALDADE GRATUITA, QUE CHEGA A DAR MEDO. E TRISTEZA.


O problema nem é opinar, afinal, interagir requer lidar com outras pessoas, outros mundos, outros modos de enxergar o mundo, requer ajustes que se consolidam, à medida que confrontamos pontos de vista que nem sempre se afinam.



Além disso, o ser humano precisa se colocar, argumentar, expressar o que sente, para que se posicione e deixe claro o que aceita ou não, o que quer e o que não permitirá. Isso evita aproximações tóxicas.


O problema é opinar com deselegância, de forma rasa e agressiva, incoerente, em momentos inoportunos e para pessoas que não pediram opinião alguma.


Temos que evitar a intromissão no que não nos cabe, pois ninguém merece gente desagradável e invasiva.


É necessário saber qual é o seu lugar, quem faz parte de sua vida e quem quer ouvir o que você tem a dizer, ou acabará, inevitavelmente, ultrapassando limites indevidamente.


O problema maior é quando a opinião vem carregada de maldade, violência, difamação, veneno.


No trabalho, tem aquele que critica nosso serviço enquanto não faz nada.


Na rua, tem aquelas cobras que sorriem na sua frente e te derrubam pelas costas. Nas redes sociais, quanto mais famosa a personalidade, mais tentam encontrar motivos para que ela tenha sua imagem depreciada.


Inveja, ciúmes, falta de caráter, psicopatia, chamem como quiser, mas não deve existir quem passe pela vida sem ser alvo de gente ruim.


O MELHOR A SE FAZER COM QUEM LIGA O OPINÔMETRO E ATIVA O VENENÔMETRO É IGNORAR.


Se ali não tiver nada, nadinha, a ser absorvido, ligue o seu fodômetro, e continue a viver.


Tenha certeza de que está no caminho certo e melhor para você e caminhe.


Poupe energia para o que realmente vale a pena, para quem torce por você, para enfrentar as batalhas que valem a pena.


Sigamos!


*Marcel Camargo


*Foto de Harry Cunningham no Unsplash

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

O TEMPO


Há um juiz chamado TEMPO que coloca tudo em seu devido lugar, sem exceção.

Cada rei em seu trono, cada palhaço no seu circo, cada fantasma em seu castelo.

Cada um recebe o que semeou...

Tudo o que pensa voltará para você, mesmo que, em alguns casos, isso leve um bom TEMPO para acontecer. Mas, no final, essa verdade prevalece...

Precisa apenas ter paciência...

Todo nosso ser gera um tipo de linguagem, e tem um impacto em todos que nos rodeiam.

Afinal, somos livres para fazermos o que quisermos, mas ninguém poderá se livrar das consequências futuras, por que, mais cedo ou mais tarde, esse juiz, “o TEMPO”, dará razão para os que as têm...

Por isso, faça com que seus atos digam mais que suas palavras; que sua responsabilidade seja um reflexo de sua essência, e que consiga lutar para, depois, os pensamentos nunca duvidarem da capacidade do TEMPO de oferecer o que você merece... mesmo que não acredite nisso!

O TEMPO é um juiz muito sábio! Jamais dará sua sentença de imediato. Mas ELE sempre dará razão à pessoa certa...

ELE é tão sábio que apenas não te julgará pelos seus atos, mas também te ensinará que a tristeza passa e que nada dura pra sempre

ELE ensinara que a experiência que você adquire com o passar do TEMPO, irá ajudá-lo a amadurecer e crescer...

Mostrará que os amigos de verdade se contam nas linhas das mãos e, apenas, dessa forma!

O TEMPO é um professor cruel...! Primeiro ele te aplica a prova e depois lhe ensinar a lição... ELE te mostra quem vale ou não a pena; quem realmente se importa e quem jamais deixou de se importar.. quem acredita e quem nunca acreditou.

Valorize, pois, quem permaneceu ao seu lado nos momentos bons, mas, principalmente, naqueles momentos mais difíceis. Afinal, qualquer um poderia ter estado ao seu lado; porém, os que ficaram em ambas as situações são os verdadeiros amigos....

Não perca TEMPO atrás de pessoas que não te valorizam e lembre-se sempre de que o TEMPO acaba um dia. ELE um recurso valioso para durar eternamente...

Então aproveite a ocasião que se apresenta a você, sem se importar o quão pequena ela seja, mas não deixe que as oportunidades perdidas te atormentem nos anais do TEMPO. E lembre-se! Dê tempo ao tempo! Às vezes, as coisas não acontecem como desejamos, mas acontecem como o TEMPO deseja....

Miguel. M. Abrahão 

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Coisas Que Só Você Faz


Sempre que me pergunto se a Sorte existe, abro um sorriso ao ver teu rosto aparecer na minha memória. Distraio por alguns segundos e fico impressionado com a naturalidade que a vontade de te encontrar me toma. Corro meus dedos apressados pelas nossas mensagens antigas, pelas últimas fotos e, sem resistir, envio um “oi”, só pra marcar presença no teu dia. Esse desejo, essa urgência, esse Amor.


São coisas que só você faz.


Lembro que há um tempo meus planos eram um pouco diferentes. Sonhava com coisas pra mim, objetivos meus e não julgava possível caber mais alguém. Não por egoísmo, mas porque não imaginava que fosse aparecer uma pessoa na minha vida para mudar isso. Não achei que num espaço tão curto de tempo pudesse aparecer quem mexesse com tudo que até aquele momento eu conhecia. E você me chegou.


Bonito é o sentimento que passa a fazer parte da gente sem esforço, se ajeitando no abraço e se sentindo bem-vindo a cada beijo. Feliz daquele que, assim como eu, encontra algo novo a cada retorno, que aprende a ter Saudade e que faz da presença os segundos mais especiais que já existiram. E se isso tudo que disse aqui for uma questão de “sorte”, então eu sou a pessoa mais sortuda do Mundo.


Simplesmente por ter você.


E eu ainda poderia desfilar uma série de outros argumentos pra tentar explicar o quanto você me faz bem, o quanto preencheu vazios em mim e foi a melhor coisa que me aconteceu, mas deixo que o silêncio dos nossos abraços apertados se falem. Jogo a responsabilidade de decifrar que bem incomparável é esse para nossos loucos momentos de paixão. Deixo que o entendimento seja feito pelas nossas mãos dadas. E aonde você quiser me levar, eu vou.


São essas coisas que só você faz.


*Gustavo Lacombe

terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Não permita que o dia termine sem que você perdoe a sua história


De vez em quando penso que a vida é encantamento e desilusão.

Derruba-nos em um momento para em seguida nos dar a mão.

Guia-nos por um caminho tortuoso para que enfim possamos achar a direção.

Ensina-nos a cair e nos anima a prosseguir.

Propõe que aprendamos a confiar enquanto nos confronta com as mais duras verdades; e convida-nos a sonhar mesmo quando tudo parece desabar.


Não permita que o dia termine sem que tenha plantado um pouco de otimismo no solo árido dos seus pensamentos, sem que tenha acreditado um pouco mais em bênçãos e milagres, sem que tenha adquirido uma fé enorme no amor e na alegria.


Não permita que o dia termine sem que entenda que tem o direito e o dever de ser feliz, de experimentar sorrisos e vestir delicadeza. Que a dor é passageira, e que o tempo se encarregará de trazer novos perfumes assim que você estiver pronto.


Não permita que o dia termine sem que você perdoe a sua história, com todos os bons e maus começos que você redigiu. Que você resgate a sua essência, a porção de si mesmo que permanece naquele lugar distante da dor.


Não permita que o dia termine sem que volte a acreditar firmemente em algo bonito que faz parte de você. Sem que entenda que sua vida é dom precioso, e aprenda a ser grato por isso.


Não permita que o dia termine sem que descubra que nenhuma desilusão pode diminuir o tamanho de seus sonhos ou lhe afastar de si mesmo.


Não permita que o dia termine sem que entenda que a vida não pode ser contada através de seus fracassos e desilusões, e sim através da capacidade de ser mais gentil consigo mesmo.


Não permita que o dia termine sem que seja capaz de amar, agradar e cuidar de si mesmo; sem que aprenda que tem vocação para ser completo e feliz.


Não permita que o dia termine sem que tenha rido de si mesmo e aceitado a vida como um conjunto de acertos e desacertos, e que saiba driblar os momentos imperfeitos.


Não permita que o dia termine sem que tenha autorizado seu gozo e seu pranto, seu encanto e emoção, sua liberdade e redenção. Que se comprometa com a felicidade e transforme os bons momentos em eternidade.


Tenho receio que a gente pare de sonhar por ter medo de cair. De desistir de nossas ilusões por medo de fracassar. De deixar nossa espontaneidade em função de nossa maturidade. De abandonar os velhos pijamas, as meias coloridas, as paisagens carregadas de simplicidade. Tenho receio que a gente siga buscando o tal do crescimento e esquecendo os abraços apertados, os sonhos de antigamente, as promessas que fizemos e desejávamos cumprir.


Não deixe que a vida o endureça a ponto de não acreditar em milagres. Que o perdão seja moeda do passado de quem um dia soube agir com flexibilidade.


Não permita que o dia termine sem que tenha sido um pouco mais feliz, seguindo seus desejos de menino e superando os revezes do caminho. Entendendo, principalmente, que a vida é dura, sim, mas também é o presente mais fascinante e poderoso que alguém pode ter. E que, se o preço a pagar para vive-la plenamente é andar sem culpa, não permita que o dia termine sem que você perdoe a sua história…


*Fabíola Simões


Para adquirir o livro “A Soma de Todos os Afetos”, de Fabíola Simões, clique aqui: “Livro A Soma de todos os Afetos”

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

A culpa não é do mundo


Tenho dificuldade em lidar com pessoas que se fazem de vítimas. Tenho preguiça de conviver com gente que não assume seus erros e aponta o dedo para o outro, atribuindo-lhe a culpa pela maioria de suas dificuldades e fracassos.


Infelizmente tenho me deparado com gente assim. Gente com cheiro de naftalina que culpa o passado pelas dores do presente. Gente que não areja a casa, não abre as janelas e não perfuma o ar.


A culpa não é do mundo. A culpa não é do outro. A culpa não é sua. Mas está em suas mãos transformar o que quer que esteja lhe incomodando. Está em suas mãos encontrar recursos que possam lhe tirar da tristeza, do desânimo, da depressão. Que você busque ajuda, vá ao médico, tome um medicamento. Que você ore, medite, entregue seus caminhos a Deus. Que você corra, pedale, nade. Que você aprenda uma língua nova ou vá cuidar de um jardim. Que você viaje ou prepare aquela receita afrodisíaca da internet. Mas que entenda que não pode apontar o dedo na cara de ninguém, nem dizer que é infeliz por culpa deste ou daquele.


Todo mundo carrega dores, fissuras, danos. O que torna alguns mais leves que os outros é a capacidade de lidar com o que restou. A capacidade de transformar os cacos em novos vitrais. A capacidade de olhar para frente e encarar com otimismo o que virá.


De vez em quando a gente tem que lavar o corpo e ensaboar a alma. Deixar a água escorrer pela pele e levar embora o que não enobrece. Lavar o que diminui e escorrer o que empobrece. Limpar os recantos da dúvida e perfumar a pele com a clareza do hoje. Limpar, arejar, lavar, renovar.


Nem sempre nosso balde está cheio daquilo que a gente deseja. A temperatura da água pode estar abaixo ou acima do que a gente gosta, e o sabão não faz a espuma que a gente acha que merece. Mas quem disse que tudo correria conforme o planejado? Quem disse que pra viver não seria necessário uma boa dose de humildade? Então tome posse do que lhe foi reservado, e dê graças a Deus por ainda existirem possibilidades. Lave, ensaboe, deixe escorrer e limpar…


Que você faça as pazes consigo mesmo e perdoe o passado. Que perceba que é o único responsável por sua alegria e satisfação, e assim possa sentir-se pleno mesmo que as coisas não caminhem conforme a sua vontade. Que encontre seu tamanho no mundo, sem supervalorizar suas dores, seus traumas, seus rancores.


E que, lavando o cheiro de ontem, abra espaço para novos perfumes, alegrias inéditas que só quem se ama de verdade autoriza-se experimentar…


*Fabíola Simões


* Imagem: Katrina Parry

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Eu tenho um recado para você: seja egoísta


A gente vive ouvindo que ser egoísta é uma coisa ruim. Que pensar em si é algo de outro mundo e que sempre devemos nos colocar no lugar do outro. Claro, tudo isso é muito generoso e serve para milhares de bons exemplos mas, quando se tratar das suas felicidades, do seu próprio respeito… Por favor, seja egoísta.


Chega uma certa idade na vida em que a gente tem o dever emocional de correr atrás para equilibrar os nossos sonhos. Uma fase na qual você ganha o direito de chacoalhar a própria vida, com a intenção de separar amizades e relacionamentos que não fazem mais nenhum sentido. O resultado é simples: deixar o coração respirar em paz. Para isso, vale cortar qualquer relação que absorva a sua energia. Se não for um relacionamento acompanhado de soma, o adeus é mais do que bem-vindo, ele é necessário.


E nessa mesma fase em que despertamos sobre as nossas escolhas exteriores, também é legítimo que se trabalhe as interiores. Para isso, seja egoísta. Não é para você destratar alguém ou qualquer coisa parecida. É simplesmente para você ousar na sua chave diária de objetivos.


Tem gente que não vale a pena. Tem situação que não vale a pena. Mas você vale. Você vale caso repare-se e cuide-se. Não é um crime dedicar tempo e sentimento para quem mais importa: você. Vale a pena nutrir uma certa dose de apego próprio. Ouvi dizer que ajuda na cura de expectativas frustradas e na cicatrização de péssimos relacionamentos.


*Guilherme Moreira Jr

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Agora, com você, tudo faz sentido


Tenho uma confissão a fazer e a melhor forma de começá-la é sendo honesto. Agora, com você, tudo faz sentido. Não precisei quebrar a cabeça para descobrir isso. Foram necessários apenas uns poucos goles de você para que, no mais tardar dos nossos momentos, descobrisse que deveríamos ficar juntos.


Tem gente que fica fazendo contas de quantos amores teve, de quantos noites dividiu a dois. Outros competem por carinhos demonstrados e por sacrifícios feitos para ficar com alguém. Ainda existem aqueles que, na mais cara de pau, pesam prós e contras em busca do amor ideal. E nessa matemática inexplicável esperam, dia após dia, encontrarem um tipo de amor que não é real. Relacionamentos embutidos de quem dá mais sempre acabam antes mesmo de começarem. Mas é o tempo líquido em que vivemos, onde analisamos atitudes e ignoramos pensamentos. Cadê o tempo de conhecer? Cadê a coragem de perde-se em encontros para ouvir a outra metade?


Felizmente, sorrimos na mesma fala. Aprendemos que a vontade importa mais do que qualquer outra intensidade compartilhada. É quando você segura a minha mão e os nossos dedos encontram o entrelace natural. É, ainda, quando caminhamos olhando para um presente em comum, para um futuro conversado por dois. Tenho certeza que é assim que a cumplicidade acontece. Não duvido dos nossos planos, não desacredito dos nossos carinhos.


Houve uma época, não muito distante, que talvez eu concordasse com esses amores que vêm e vão. Daqueles sem laços e compromissos. Daqueles feitos para durarem sob efeito de beijos aleatórios. A grande diferença dos opostos e de nós é bem simples. Os opostos se cansam e nós no permitimos. Agora, com você, tudo faz sentido. Acredite, estamos apenas no começo do nosso amor.


*Guilherme Moreira Jr


Imagem de capa: Andrei Zveaghintev, Shutterstock

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Não deixe a vida para mais tarde


Eu sei que você fica com preguiça. Também fico. Mas não adie a vida. Não deixe para mais tarde os amores, os amigos e todas as outras pessoas que são importantes para você. Viver é um ato urgente que não pode ser deixado para depois.


Ninguém sabe quando tudo pode acabar. Então, por que ficar enrolando? Vai lá e vive. Abrace mais, converse mais, esteja mais. Aceite oportunidades, faça novas escolhas, mude sentimentos. Não atrase o amor próprio. Não adiante o desapego. Tudo o que você puder passar para crescer e aprender mais sobre você e sobre a vida, entregue-se. Não tenha medo. Não desista facilmente. Dê o seu melhor.


Esqueça a parte do “se o outro não faz, por que devo?”. Não carregue mágoas e invejas. É importante vestir leveza desde o primeiro instante do dia. Mesmo sendo difícil muitas e muitas vezes, reaprenda como transformar quedas e decepções em algo positivo. Resiliência é saber preencher as próprias lacunas.


Anda, levanta esse sorriso. Busque novos você. Apare os momentos ruins e traga para perto coisas boas. Uma nova chance, um novo amor, um novo trabalho, uma nova amizade, não importa. Continue insistindo e possibilitando recomeços internos. Quando estiver pronto (a), compartilhe com quem te faz bem. Tenha coragem e honestidade do coração para fora. Não minta, não faça pouco e não se esconda de ser alguém melhor. Você consegue isso, tenho certeza.


Eu sei que dá uma baita preguiça, que cansa e que nem sempre o retorno é garantido. Mas a vida é essa dança silenciosa, onde vamos encaixando trilhas e mais trilhas para embalar os nossos passos. Não deixe de dançar, ainda que na solidão da própria companhia. Apenas viva, promete? Não deixe a vida para mais tarde.


*Guilherme Moreira Jr


Imagem de capa: savageultralight, Shutterstock

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

“Se não formos gentis uns com os outros como é que vamos ser gentis com o desespero que mora em nós mesmos?”


Há um versículo bíblico que diz mais ou menos assim: “a boca diz o que o coração está cheio”. Essa expressão carrega um bocado de sabedoria, à medida que entendemos que a forma como nos relacionamos com os outros é a forma como nos relacionamos com nós mesmos. E só podemos doar ao outro aquilo que temos de sobra.


Da mesma forma, há a tendência de projetarmos nós mesmos no outro. E acabamos nos relacionando com espelhos. Assim, se acreditamos que amar é enviar mensagens no whatsapp a cada 6 horas, e a pessoa que diz nos amar não é capaz disso, imaginamos que ela não nos ama, quando na verdade ela tem outras maneiras de expressar seu amor, e que, por destoarem de nossas expectativas, podem ser encaradas como desamor.


Na maioria das vezes, pessoas pouco gentis, pouco amorosas e pouco generosas com outras, tratam-se a si mesmas da mesma forma. Mesmo que não transpareçam, no fundo são mesquinhas e avarentas consigo mesmas. Falta-lhes autocompreensão, amor-próprio, perdão.


Porém, muita gente se doa além da conta. Seja por entender que precisa agradar para ser amado, ou por acreditar que precisa passar uma imagem de perfeição, ou mesmo porque quer ser admirado pelo mundo que o cerca. A pessoa se desagrada para agradar, e paga um preço alto por isso, já que a doação não é genuína, e a dívida que está acumulando consigo mesmo será cobrada lá na frente, muitas vezes na forma de ressentimento, arrependimento ou mesmo somatizações.


Também não adianta doar-se esperando ser retribuído da mesma forma. Cada pessoa dá o que tem, ou o que lhe sobra, e se você doou-se além da conta, a falta de autocuidado ou autorresponsabilidade partiu de você mesmo. Antes de sermos gentis com os outros, devemos exercitar a gentileza com nós mesmos. Só assim seremos honestamente amorosos com quem quer que seja.



Com o tempo a gente aprende que nem tudo gira em torno do que as pessoas pensam ou sentem a nosso respeito. E algumas pessoas irão nos machucar ou nos afastar simplesmente porque estão vivenciando lutas internas que jamais iremos compreender ou alcançar.


Assim, a maneira como cada pessoa age ou reage a uma situação tem muito mais a ver com as batalhas internas dela do que com o que ela sente ou gostaria de demonstrar sentir por você.


Faça o que acredita ser o certo, o que está ao seu alcance, o que traz tranquilidade ao seu espírito. E depois confie… não crie expectativas, não espere retribuição, não cobre atitudes. O que tiver que permanecer, resistirá. O que ainda tiver algo a lhe ensinar, permanecerá. Faça tudo o que seu coração mandar e depois entregue. Apenas confie…


*Fabíola Simões 


*A frase título desse texto é de Rupi Kaur

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

O meu tempo é precioso. Só permaneça se tiver interesse


Quando você menos espera, percebe que a vida passa depressa. Que é quase impossível adivinhar os capítulos seguintes – por mais angustiante que possa parecer. Logo, não vale a pena conservar incômodos e manter quem não dedica algo de bom para você. O meu tempo é precioso. Só permaneça se tiver interesse.


Isso de persistir nos mesmos erros e seguir ao lado das mesmas pessoas, não rende pontos e prêmios para um tempo seguinte. É preciso separar relacionamentos que fazem mal daqueles que significam sentimentos essenciais na sua vida. Postergar essas escolhas, além de resultar em um péssimo hábito, acelera o processo de deterioração de uma das coisas mais importantes que podemos repassar na vida, o amor comum.


Chega de carregar, por obrigações e costumes, relações inversas do que você realmente merece e pode proporcionar. Primeiro, o seu dever maior é o respeito próprio, e não a autossabotagem. Ninguém pode ditar os melhores meios de encontrar a felicidade que não seja você. Então, por que cargas d’água ficar preso nessa multidão que acha que sabe dizer, mas que não sabe nem como sentir?


Faz assim, liberte-se. Corra pelo tempo em vez de através dele. Multiplique instantes e amores. Subtraia dores e decepções. O meu tempo é precioso. Só permaneça se tiver interesse. Só chegue perto se quiser contribuir para novas emoções, para novas permissões. Para os desinteressados, um leve “até mais ver”.


*Guilherme Moreira Jr

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

Tem gente que te abraça e te reinicia


Tem gente que é tão especial, que chega a doer dentro do peito, de tanto que é querida. Gente que se doa, que chega do nada e muda tudo, que sorri com uma capacidade ímpar de contagiar quem quer que seja. Gente que não inveja, que fica ali do lado e, só de ali estar, já alivia a alma e deixa tudo menos denso.


Tem gente que parece ler pensamento, adivinhar do que os outros precisam, pois nunca oferece sólido quando se quer líquido, nunca erra no olhar sobre o outro. Gente que não julga, não aponta dedos, não fala de quem não estiver presente. Gente bonita, daquelas belezas raras, que vem lá de dentro e brilha tanto, que ninguém nem percebe se essa beleza é física – o interior iluminado ofusca olhares negativos.

Tem gente que ajuda todo mundo, sem precisar de nada em troca. Sabe aquela pessoa que, se puder, tira a roupa do corpo para agasalhar o outro? Sabe aquela pessoa que larga tudo o que estiver fazendo e vem correndo saber os motivos de nossas lágrimas? Gente que enxerga o mundo e as pessoas lá fora o tempo todo, sem perder tempo consigo mesma, sem se preocupar com tempo e espaço, apenas se preocupando com as necessidades de quem precisa.

Tem gente que ama de verdade, que o outro percebe e sente o quanto é intenso aquilo tudo. Gente que entra numa relação de corpo e alma, com o propósito de compartilhar, de juntar e somar, de conceder, de mudar no que for preciso, de entender quem caminha junto, andando junto, nunca à frente ou atrás – junto. Gente que se importa, que pergunta, que convida, que se lembra.


Tem gente que transpira amor, que tem o abraço mais gostoso do mundo, que recarrega a gente feito bateria, pois preenche o emocional, arrumando os sentimentos de quem está ao seu lado. Gente que sabe o que falar e quando não falar, apenas ali ficar, juntinho, enquanto o outro desaba. Gente que entende tanto do outro quanto de si mesmo, gente com olhos de amor.

Gente que respira junto, que estende as mãos, que olha nos olhos e transmite paz, tornando o outro melhor e mais feliz. Gente que tem que ficar junto, sempre, de tão rara que é.

*Marcel Camargo

Imagem de capa: ambrozinio, Shutterstock

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

A pessoa certa é aquela que prova, todos os dias, que te quer na vida dela.


A pessoa certa é aquela que, mesmo em silêncio, faz o seu sorriso se alongar. Que só sossega quando te vê bem, que fica ansiosa por você, que torce pelos seus sonhos e que vibra quando você os alcança. A pessoa certa é aquela de sentimentos sinceros, aquela o deixa livre para ir até onde você bem quiser, que te solta pra vida, que está sempre disposto a ensinar e aprender, a dizer o que se passa e a ouvir quando você precisar desabafar.


A pessoa certa é aquela que aceita suas escolhas, sem fazer cara feia, que compreende que o seu jeito, por vezes confuso, suas manias e os seus defeitos, fazem parte de você e querer mudar isso é como pedir para que você se ajuste às expectativas que não lhe pertencem.


A pessoa certa é aquela que compreende que você é diferente e é justamente por isso que as coisas têm tudo para ser mais interessantes.


A pessoa certa é aquela que entende que você carrega outros sonhos e vontades pessoais, que você, apesar de gostar de cinema a dois e Nando Reis, às vezes, precisará de tempo sozinha pra se realizar. A pessoa certa é aquela que não é egoísta, que não suga as suas energias, que não cansa e faz do seu dia um desastre.


 A pessoa certa é aquela que acrescenta, que faz o seu tempo valer a pena quando está com você, que aproveita cada desenho do seu sorriso e jamais deseja tirá-lo(a) do teu rosto. A pessoa certa é aquela que soma. E gente que soma deixa sempre as coisas mais leves para nós. E quando as coisas ficam mais leves, os momentos se eternizam e tudo, simplesmente e naturalmente, acontece.

 

A pessoa certa é aquela deixa saudade e que, principalmente, mata a sua saudade. Que o faz sentir-se importante, único e verdadeiramente inteiro. A pessoa certa é aquela que está sempre disposta a descobrí-lo, aquela que acha que cada dia ao seu lado é um novo dia para conhecê-lo melhor. A pessoa certa é aquela que o acha extremamente interessante mesmo quando ninguém acha tanto assim, aquela que o enxerga como ninguém jamais foi capaz de enxergar, aquela única pessoa que o vê a olho nu e não o deixa sem graça.


A pessoa certa é aquela que liga quando os seus créditos acabam ou quando, por coincidência, você tenha acabado de pensar nela, aquela que aparece para vê-lo, quando você menos espera, aquela que o abraça até você soltar ar pela boca, aquela que o beija como se não tivessem se visto há anos, aquela que doa o peito pra você dormir e a vida para você acampar, que entrelaça os dedos em seu cabelo, que divide um banho com você, que enxerga nas mais simples coisas um motivo para continuar ao seu lado, porque gente que consegue enxergar as coisas mais simples não costuma complicar e problematizar a vida, e a pessoa certa é aquela que vai se apaixonar por você, principalmente, nos pequenos detalhes.


A pessoa certa é aquela que acredita em você, que torce para vê-lo em algum palco, palestrando, agradecendo ou falando de alguma coisa que você sempre sonhou fazer, mesmo quando ninguém acredita em você, mesmo quando, nem você acredita em si mesmo.


A pessoa certa é aquela que o olha com um sorriso de canto quando você está distraída, aquela que o observa dormir e se sente segura ao estar com você, e tem certeza que você se sente assim também. A pessoa certa é aquela que troca magia em um só olhar, aquela que se conecta a você, mesmo quando está tão distante, aquela que faz bem só em existir nas suas manhãs e na sua vida.


A pessoa certa é aquela que reconhece os próprios erros, que se desculpa e não machuca. A pessoa certa é madura, entende que em caso de brigas e desentendimentos, nem sempre estará certo, alguém vai precisar abrir mão do orgulho.


A pessoa certa é aquela que não faz do amor joguinhos banais, que não usa o sentimento como motivo para justificar um erro, que não faz provocações de ciúmes bobos e atitudes desnecessárias. A pessoa certa é aquela que o procura, cura e que jamais o deixará na mão. Aquela que guia para o melhor abraço, que o acolhe e decifra em um só palpitar do seu coração.


A pessoa certa é aquela que tira o seu sossego só para lhe fazer o bem, que lhe tira o sono por preocupação e não por decepção, que o irrita com cócegas na barriga e não com náusea por alguma frustração.


A pessoa certa não vai privá-lo das coisas que você sempre fez, não vai tirá-lo dos seus amigos e dos lugares que você sempre foi. A pessoa certa é aquela que lhe apresenta novas bandas, novos lugares e novas pessoas, que o inclui em um novo mundo e não lhe tira do teu universo. A pessoa certa é aquela que lhe dá a mão além do peito, a alma além do corpo e a mente além do coração. A pessoa certa é aquela que vai errar feio, vai irritá-lo te tirar do sério às vezes, mas jamais o fará duvidar de vocês, jamais fará você se arrepender de tê-la conhecido.


A pessoa certa é aquela que lhe permite ser, que não o tranca, aquela que escancara o peito porque sabe que não tem nada mais sensato e bonito que o amor sem pesos e cadeados. A pessoa certa é aquela que se torna o motivo para os seus dias melhores, o sentido para um domingo de frio, com edredom, Netflix e você.

A pessoa certa é aquela que lhe dá coragem ao invés de medo, que lhe dá certezas ao invés de dúvidas e flores ao invés de dívidas. Por fim, a pessoa certa é aquela que o atrai e não o trai, porque no final das contas, se for para ser igual a tantos por aí, se não for para fazer bem, melhor você nem encontrar.


*Iandê Albuquerque


Direitos autorais da imagem de capa: pressmaster / 123RF Imagens 

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Deixe para trás tudo aquilo que te impede de crescer.⁣


A força de vontade é cientificamente comprovada, um recurso finito. Cada vez que você se obriga a resistir uma tentação, você esgota um pouco da força de vontade, te deixando vulnerável ​​a influências que reforçam comportamentos impulsivos. ⁣

Por isso, deixe em 2020 tudo o que você não quer levar para 2021 que drenaria sua força de vontade. Priorize suas metas e se concentre no que quer. Pense em pequenas mudanças incrementais que substituam hábitos ruins por um comportamento que forneça uma recompensa semelhante, mas positiva. Dietas que são muito rígidas, por exemplo, requerem muita força de vontade para serem seguidas - e fazem com que você perca sua força de vontade para outras coisas.⁣

Abandone o que lhe faz retroceder, e te puxa para trás. Pessoas, sentimentos, coisas. Esqueça o peso do passado, do futuro ou de outras pessoas. Aprenda a impor limites. Tanto para você mesmo quanto para os outros. Na dúvida, faça uma lista, e depois incinere.⁣

Escolher evitar sentimentos desconfortáveis oferece alívio imediato, mas traz consequências de longo prazo. Carregar para o próximo ano o que drena sua força de vontade é desgastante e pode se espalhar por todas as áreas da sua vida, impedindo que a verdadeira felicidade seja alcançada.⁣

Se você não abandonar o que faz mal, ninguém fará por você!


*Thiago Sian Andriolo

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Entre o plantar e o colher existe a espera. Tenha paciência, sua semente florescerá na hora certa!


Tenha paciência com suas sementes, elas florescerão no tempo certo. Grande reflexão!

A vida é um eterno plantar e colher. Seja nos objetivos pessoais, profissionais ou em dos nossos relacionamentos, aquilo que recebemos é resultado direto do que plantamos e oferecemos.

Fazer um bom plantio, então, é fundamental para que a nossa colheita seja boa e farta, ajudando-nos a chegar a todos os lugares em que desejamos e a construir nosso futuro com segurança, sabedoria e sucesso.

No entanto, uma das partes mais importantes de todo esse processo, e que muitas vezes acabamos ignorando, e que pode nos levar a grandes problemas, é que existe um período de espera entre o plantio e a colheita.

Muitas vezes, jogamos nossas sementes às pressas na terra da vida e esperamos que os nossos desejos se tornem frutos do dia para a noite, frustrando-nos e até mesmo desistindo deles ao perceber que sua colheita levará mais tempo do que esperamos.

Nada na vida acontece do dia para a noite. Cada um de nossos objetivos, por menores que sejam, levam tempo para se materializar, porque a vida segue o próprio fluxo, não nos envia nossos desejos quando queremos, mas quando estamos preparados para eles.

Por isso é tão importante aprender e praticar a paciência. É ela que nos ajuda a manter a confiança, enquanto nos lembramos de que a vida não segue a nossa vontade.

A paciência é a chave para uma vida de sucesso, porque nos ensina a controlar nossos impulsos, a enxergar a vida como uma jornada, não uma competição, e a manter nossa mente calma e confiante em que aquilo que é destinado a nós nos alcançará no momento certo.
 
Quando cultivamos a paciência e plantamos as nossas sementes com a consciência de que elas precisam de tempo para se desenvolver e nos oferecer os melhores frutos, somos capazes de viver um dia de cada vez, concentrando-nos no presente ao mesmo tempo em que regamos e cuidamos de nosso futuro.

Ao abrir mão do imediatismo e da necessidade de controle, permitimos que a vida siga seu fluxo normalmente e nos surpreenda.

A paciência é responsável por tornar-nos merecedores de que os nossos desejos se tornem realidade. Quanto mais pacientes formos, mais tempo daremos para as sementes florescerem e nos trazerem exatamente aquilo que buscamos.

Portanto, aprenda que, entre o plantar e o colher, existe a espera, e permita que as coisas aconteçam. Na hora certa, tudo aquilo que deve ser seu chegará!

*Luiza FletcherLuiza 


Compartilhe esta reflexão em suas redes sociais!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2021

É preciso enxergar o lado positivo das coisas!


Enxergar o lado positivo da coisa quando algo não sai conforme o planejado, acaba sendo uma tarefa difícil, uma vez que saímos frustrados, e como consequência, ficamos cegos para visualizar as vantagens diante de tais fatos, entretanto, para cada acontecido, existe uma razão. Nada acontece por acaso. Tudo tem um porquê. No momento em que a vida nos fecha uma porta, ficamos decepcionados, e até chegamos a nos questionar. Queremos saber a qualquer custo onde foi que nós erramos. Tentamos encontrar possíveis falhas, e diante de tamanha decepção, não conseguimos encontrar um norte.


Calma, é aos poucos que a vida vai se ajeitando.


Se algum plano não saiu da forma como planejava, não quer dizer que sempre será assim. Uma hora as coisas vão acontecer, e você vai entender o porque delas não terem acontecido antes. Quando você menos esperar, seus projetos serão concretizados, e você agradecerá ao dono do universo pelo caminho percorrido.


Você notará que durante o trajeto, aprendeu lições grandiosas que farão de você um ser humano melhor.


Sabe aquele emprego que você tanto queria, mas não conseguiu? Espera. Virá um melhor. Sabe aquela pessoa que você achou que seria o amor se sua vida, mas acabou decepcionando-se? Alguém agradecerá em ter você por perto. Sabe aquele carro que tanto queria, porém, notou que precisa juntar mais dinheiro para compra-lo? Calma. Você vai conseguir. Continue guardando suas economias.


Funciona desta forma com qualquer objetivo.


É preciso enxergar o lado positivo das coisas. Tenha em mente que certas coisas não acontecem no momento em que queremos, porque sempre virá algo melhor.


Mantenha-se firme diante das dificuldades. Elas fazem parte do processo, no entanto, jamais deixe de acreditar que tudo é possível quando se tem fé.


*Larissa Dias


Imagem de capa: Max4e Photo, Shutterstock

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

Nem tudo precisa ser dito


Outro dia, postei uma frase no meu Instagram que dizia: “Há um silêncio contido em cada um de nós, que nos conversa, que nos fala. É desse silêncio que as coisas nascem e outras morrem…” Não achei o autor da frase, mas fiquei bastante pensativa a respeito. E, como tenho escolhido uma palavra como símbolo de cada novo ano, em 2021 escolhi “SILÊNCIO” como expressão do ano que desejo ter.


Tenho aprendido que muitas coisas são melhor expressas pelo silêncio. Muito recado é mais bem dado através do silêncio ou de poucas palavras. Às vezes, dizer o mínimo transmite tudo, enquanto fazer “textão” ou longos discursos acerca de um ponto de vista põe tudo a perder.


Já errei muito, me excedi demais, e não fui ouvida como gostaria quando me dediquei a escrever linhas e linhas acerca de meu ponto de vista. Hoje, olhando para trás, percebo que só gastei energia, me tornei desagradável e obtive justamente o efeito contrário. Aquele que fala demais, ou escreve demais para convencer alguém de seu ponto de vista, acaba se tornando enfadonho e perde totalmente a credibilidade. Falar pouco, mas ter segurança no que diz, sem precisar repetir inúmeras vezes o que pensa, é sinal de poder.


Embora pareça o contrário, quem se excede nas palavras, está cada vez mais diminuindo seu domínio ou fascínio.


Nem tudo precisa ser dito. Às vezes, a única coisa que você precisa fazer é ficar em silêncio, esperando que o tempo cure, que o tempo apare as arestas, que o tempo traga entendimento.


Quanto mais você tenta controlar, mais as coisas fogem de você. Quanto mais você deixa as palavras jorrarem indiscriminadamente de sua boca, mais você perde. Quanto mais você deixa a emoção conduzir, menos razão você tem. Quanto mais textão você envia, mais maçante você se torna.


É preciso silenciar para escutar a nós mesmos também. Para que no silêncio algumas respostas sejam encontradas, e para que, na quietude da nossa mente, algumas coisas nasçam e outras se despeçam.


Quanto mais você se explica, se justifica, tenta convencer alguém de algo ou busca se posicionar através do excesso de palavras, menos ouvido você é. Se algo te atinge, te afeta ou te desmerece, se posicione em poucas palavras e se afaste. O tempo e a ausência são excelentes peneiras do que deve ir e do que deve ficar.


Por mais que tentemos fugir ou negar, a vida é um jogo. E está cheia de regras invisíveis que poucos conhecem. Um dos segredos que torna alguém um jogador poderoso é saber silenciar na hora certa, ou evitar se desgastar e tornar-se patético através do excesso de palavras ou cobrança. De tanto errar, dar cabeçadas e fazer jogadas ruins, alguns de nós aprendem. Infelizmente, algumas partidas já foram encerradas quando isso acontece, mas certamente essa pessoa não errará novamente na partida seguinte.


Pare de cobrar atenção, atitudes e sentimentos. Quanto mais você cobra, mais distante o outro ficará, e menos você terá. Baixe a guarda das expectativas, deixe as cobranças em off, diminua o foco das carências. Solte, silencie, se afaste. Deixe de ser insistência e passe a ser abstinência.


Finalmente, cuide de você. Há um silêncio contido em cada um de nós, e de tempos em tempos é preciso visitar esse lugar de descanso e quietude que nos habita. Feche as persianas, acenda uma vela, respire fundo. Deixe o silêncio lhe falar. Deixe o silêncio lhe mostrar o que deve ficar e do que você precisa desapegar…


*Fabíola Simões 

quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Coisa gostosa…


“Coisa gostosa”. Essa é a maneira que encontramos para definir o que estamos vivendo.


Não temos uma aliança selada, mas temos o compromisso de nos curtirmos com leveza enquanto estivermos juntos.


Sem cobrança, sem peso e sem expectativa. Apenas vivendo um dia de cada vez.


É engraçado quando dizemos um ao outro que estamos nos “conhecendo”, até porque, te conheço muito bem. E sei que me conhece muito bem também, mas apesar dos anos terem passado, e nossas essências continuarem a mesma, é legal ouvir o que tem feito nos últimos meses, e saber o que aprendeu após o nosso término. Talvez tínhamos que passar pelo o que passamos para voltarmos mais fortes. O “fim” estava disfarçado de “até logo”, e o mundo girou e te trouxe de volta pra mim.


Não sei quando tempo vamos ficar juntos, mas prometo lhe fazer feliz enquanto estivermos juntos. Tenho orgulho de dizer que tivemos uma história, e que estamos escrevendo um novo capitulo. Nunca pensei que tiraria esse livro da estante do meu coração, mas a vida é cheia de reticências. Se ela nos deu a oportunidade de sermos protagonistas dessa história que não teve fim, vamos escrever um novo recomeço.


Que graça seria se a vida não nos surpreendesse? As melhores coisas acontecem quando estamos menos esperando.


Você é minha surpresa que estava guardada na caixinha da vida. Essa caixinha só estava esperando o momento certo para ser reaberta. Apesar da distância, nossos corações sempre estiveram ligados de alguma forma. Na amizade, ou na construção a dois, nossa relação sempre foi sólida. E o que é genuíno, e vida reserva um espacinho dentro de gente.


Eu não sei o que o dono do universo tem guardado pra nós, mas reencontros não acontecem por acaso.


Vamos viver o que estamos vivendo. O que vai acontecer, não sei. O que tinha que acontecer, está acontecendo. E o que acontecerá, só o destino sabe.


*Larissa Dias

terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Em 2020 você foi feliz ou o ano te fez mais forte para um dia encontrar felicidade?


Por motivos óbvios, todos, sem exceção, fomos afetados pela pandemia. Da morte de um ente querido a problemas psicológicos, todos sentiram o impacto que a doença causou a humanidade.

Despedidas, portas fechadas, falta de perspectiva e sentimentos ruins fizeram do mundo um verdadeiro caos. O brasil, que sempre foi um país de “pessoas calorosas”, deu lugar a um forçado isolamento social. Parques, igrejas, cinemas, teatros, shoppings, estádios, lugares que recebiam milhares de visitantes por ano, fecharam suas portas. Chefes de família tiveram seus contratos de trabalho suspensos ou cancelados de forma definitiva.

Faculdades, escolas e creches também suspenderam suas atividades por tempo indeterminado. E ainda, pessoas foram acometidas com doenças psicológicas como depressão, ansiedade e síndrome do pânico. O mundo virou de cabeça pra baixo, e dessa vez, todo mundo percebeu…

No entanto, diante de tamanha tristeza, prefiro enxergar o que aprendi com tudo isso. 2020 literalmente foi um ano difícil, mas nos ensinou tanta coisa….

O ano nos ensinou que devemos dar mais valor à vida, aos momentos, e as pessoas que estão ao nosso redor. Nos ensinou o verdadeiro significado da palavra gratidão. Não a #gratidão das legendas de fotos, mas a sensação de ser grato por não faltar alimento, teto e cama quentinha pra dormir. Também, nos ensinou a selecionar as pessoas que devem ou não permanecer em nossas vidas e nos fez questionar de forma clara e cristalina quais serão nossos próximos passos. E por fim, nos ensinou que somos mais fortes do que imaginávamos.

Cá entre nós, se você está lendo esse texto, é porque está vivo….

Não veja a felicidade como algo palpável, é utopia. Felicidade para mim são momentos que proporcionam alegria e bem-estar. E isso, dinheiro não compra. Não pense que um dia você será feliz, por que você já é…

Deus/vida permitem que você passe por momentos difíceis para te fortalecer. Momentos ruins não te fazem infeliz, mas te ensinam a valorizar os bons momentos que virão

Talvez, sua vida não esteja do jeito que quer. Eu ainda não cheguei onde quero, mas sei onde quero chegar e tenho saúde para isso.

Espero que 2020 tenha te mostrado coisas que não conseguiu enxergar em 2019.


*Larissa Dias

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Neste novo ano, entregue sua vida nas mãos de Deus. Ele não o abandonará!


Faça esta grande leitura e encha seu coração de fé neste ano novo, pois Deus está ao seu lado e fará grandes coisas em sua vida!


Estamos começando mais um novo ano, e depois de tantas dificuldades e desafios que enfrentamos nos meses passados, podemos estar com o coração e a mente cansados, sem grandes expectativas, apenas esperando as coisas acontecerem em nossas vidas.


Podemos sentir medo de fazer novos planos e sermos surpreendidos com graves imprevistos novamente, e nos sentirmos desanimados em recomeçar o nosso caminho, colocando em prática as lições aprendidas, e juntando força em nosso interior para seguir em frente.


No entanto, não é isso que Deus deseja para nós. Ele nos oferecerá um ano de renovação, em que poderemos curar todas as nossas feridas, liberar os medos e traumas que pesam em nosso coração e nos presentear com a leveza de uma vida tranquila, em paz com nós mesmos e com o mundo ao nosso redor.


Deus deseja nos oferecer um período de vitórias e bênçãos infinitas, em que seremos bem-sucedidos em todos os nossos passos e colheremos os frutos de toda a força e coragem que demonstramos nos momentos passados, quando éramos testados todos os dias.


Ele quer nos presentear com uma nova vida, na qual teremos muito para agradecer e pouco para lamentar. No entanto, precisamos estar dispostos a confiar em Seu poder.


Precisamos estar dispostos a entregar nossos corações e caminhos em Suas mãos, e permitir que Ele guie os nossos passos e conduza o nosso futuro de acordo com Sua vontade.


Nem sempre aquilo que esperamos corresponde aos planos de Deus para nossas vidas, mas o seu jeito de agir é sempre muito melhor do que o nosso, e quando nos desapegamos da necessidade de controle e colocamos a fé acima de qualquer desejo pessoal, somos surpreendidos com grandes milagres.

 

Neste novo ano, permita-se abrir seu coração para tudo aquilo que Deus tem a te oferecer. Ore a ele sempre que precisar de Seu apoio, confie a Ele os seus segredos mais íntimos e tenha viva em você a chama da esperança, pois as vitórias que chegarão em seu caminho serão grandes e poderosas.


Deus sempre esteve ao seu lado, e continuará a te cuidar e proteger pelo caminho à frente. Ele não te abandonará, e fará de 2021 o ano das transformações, onde você será muito mais feliz e abençoado do que pode imaginar.


Confie e receba!


*Luiza Fletcher 


Direitos autorais da imagem de capa: Depositphotos.

Não tenha medo de abrir mão do que você quer para viver o que Deus quer para você

Deus só pode agir naquilo em que O deixamos trabalhar. Às vezes, saímos feridos de um relacionamento, tão machucados, que achamos que o “o a...