sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Não se dê por vencido(a)! São nas grandes batalhas que se formam os grandes heróis.

Perguntei a Deus por estes dias o porque que a dor é inevitável em certas situações da nossa vida, o porque que temos que nos calar em outras  quando o nosso coração grita por uma resposta, o porque que temos que nos aquietar quando a nossa alma está tão aflita e precisa de socorro, e o porque Ele permite que algumas certezas nossas sejam confrontadas pelas circunstâncias a ponto de quase nos fazer desistir ou desacreditar que o impossível possa acontecer  e Ele me respondeu o seguinte: ninguém consegue vencer nada sem conhecer os seus próprios desertos, e sem entender as suas próprias limitações.

Davi era um simples pastor de ovelhas, não ficava no meio dos grandes guerreiros, porém, quando Deus rejeitou Saul (1 Samuel 16), foi a ele que escolheu para ser o grande Rei de Israel. Mas isto não foi da noite para o dia, ele teve que batalhar, estava com a unção, mas ainda precisava do ensinamento, da sabedoria, do conhecimento, da humildade e da confiança de um povo que precisava urgentemente de um líder que fizesse por eles exatamente o que o Senhor queria. 

São nas grandes batalhas que se formam os grandes heróis(fato), são nos seus maiores desafios que lhe são entregues oportunidades de mostrar a você, e a tudo que vem contra a sua vida quem você realmente é. O que tornou Davi conhecido por todos foi a sua coragem de enfrentar GOLIAS quando todos o temiam. 

Vencer o gigante o fez vencer a língua de muita gente que o desprezava com olhar pela sua estatura e pela sua simplicidade em ser exatamente quem ele era, sem escudos, sem armaduras, sem máscaras, sem aparências. O que eu quero que você entenda é que por trás de qualquer desafio tem um propósito do Senhor sendo construído na sua vida, e quanto maior ele for, mais honrado você será. 

Ainda que pareça difícil ou impossível, quanto mais você se dispõe a lutar seja lá pelo que for, ou por quem for, Deus será com você. A cabeça do Gigante está em suas mãos, e a bênção que você tanto espera também. Só creia… Haja o que houver. Apenas creia. 


 Cecilia Sfalsin

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Que Deus continue segurando minha mão e sustentando minha alma, o resto é somente gratidão

Sinto que as prateleiras estão vazias de sentimentos verdadeiros, que falta lugar para as pessoas se juntarem de verdade e se cuidarem com amor.

Não estou precisando de gente curiosa, de gente que me dê tapinha nas costas, que espere que eu caia na próxima esquina. Já não estou cabendo em muitos lugares, não estou entrando em sintonias ruins, não estou sendo egoísta nem me desfazendo de ninguém, na verdade, o que eu fiz foi alertar meu coração, meu espírito, minha saúde emocional.

Graças a Deus, estou menos egoísta comigo, e tirar um tempo para mim não é deixar ninguém para trás, é me colocar na frente para que eu possa me ver melhor.

Não estou aplaudindo futilidades, não estou de acordo com muita coisa, mas cada um sabe de si.

Encontrei um jeito mais honesto de lidar comigo, encontrei uma maneira mais suave de não me deixar sofrer nem de levar comigo os erros de outrora. Quem nunca errou que atire a primeira pedra e se manifeste diante da verdade de Deus!

Conheço pessoas que invertem situações, criam mentiras e acabam seduzidas por elas mesmas, como se fossem a única verdade do mundo. Não sou santa, não sou a perfeição em pessoa, não uso armadura, não sou amargura nem estou imune aos baques da vida, na verdade, eu só quero me permitir viver.

Fiz uma lista dos meus três maiores desejos, digo maiores porque são importantes para mim. Cada um escolhe o que quer, eu estou escolhendo a vida que preciso ter. Estou me permitindo. E se isso incomoda, nada posso fazer. Antes eu não reagia, eu me escondia, apenas me isolava.

O som dos meus pensamentos tem poder, o som da minha alma sente desejo de se perdoar e se comover!

Se está raso, tento o profundo. Se esfriou, mudo o trajeto. Quero calor humano, sensação de proteção e consciência tranquila. Quero o novo estampado feito outdoor bonito. Quero sentir os milagres que a vida me proporciona.

Há quem prefira seguir na contramão por conta própria. Tenho feito minha parte. Parto do seguinte princípio: vim para aprender, crescer e evoluir. É por isso que não preciso de gente estreita, sem visão de reciprocidade, sem visão de respeito.

Que Deus continue segurando minha mão e sustentando minha alma, o resto é somente gratidão.


*Por Sil Guidorizzi

Não tenha medo de abrir mão do que você quer para viver o que Deus quer para você

Deus só pode agir naquilo em que O deixamos trabalhar. Às vezes, saímos feridos de um relacionamento, tão machucados, que achamos que o “o a...