sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

MEDO DE ARRISCAR…

Há muitos anos atrás, um rei ficou muito famoso por não matar imediatamente os prisioneiros que fazia nas batalhas.
Ele os levava para o seu castelo e os colocava em uma sala onde, de um lado havia um grupo de arqueiros e no outro canto,
uma enorme porta de ferro com caveiras cobertas com muito sangue.
Dizia, então aos prisioneiros:
– Agora vocês têm que escolher. Serão flechados pelos meus arqueiros ou entrarão por aquela porta e ficarão trancados lá dentro.
Invariavelmente, todos preferiam morrer pelas flechas a ter que enfrentar o que havia por trás daquela porta.
Um dia um soldado perguntou ao rei:
– O que há por trás desta porta tão assustadora?
– Abra e veja você mesmo – disse o rei.
O soldado abriu lentamente a porta e à medida que o fazia, raios de sol iam entrando e clareando o ambiente.
Quando ela estava totalmente aberta, ele notou que levava à liberdade, a um caminho para fora do castelo.
O soldado espantado ouviu o rei dizer:
– Dou a todos eles a possibilidade de escolha, mas todos preferem morrer em vez de arriscar abrir a porta.

Aprendizado:

Na vida quantas portas deixamos de abrir por medo de arriscar?
Quantas vezes nos encolhemos por sentirmos medo de abrir a porta que nos levaria a realização dos nossos sonhos?

Pense Nisso…

*Resiliência Humana

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

O que separa você de onde você está para onde você gostaria de estar é o medo.

Muitas vezes o que separa você de onde você está para onde você gostaria de estar é o medo. Por causa do medo, você não busca aquela promoção, não almeja objetivos maiores e deixa de agir em direção ao que você realmente gostaria de alcançar.

O MEDO FAZ VOCÊ PERDER OPORTUNIDADES E IMPEDE VOCÊ DE SER PLENAMENTE REALIZADO.

Herdado dos nossos ancestrais, o medo é um mecanismo biológico de proteção. Esse mecanismo garantiu a sobrevivência humana no passado. Mas mesmo que hoje nós não precisamos mais nos preocupar de seremos devorados por animais, ainda sentimos muito medo.

A PERGUNTA É: O QUE TANTO TEMEMOS?

1) Medo de falhar

Mas por que esse medo de falhar? Porque desde de criança você foi treinado a não falhar.

Nós aprendemos que falhar é ruim, traz consequências negativas, muitos inclusive chegam até receber castigos e punições quando falham.

Com isso, há uma associação neurológica de que falha = dor.

NÃO HÁ CERTEZAS QUE VOCÊ VAI CONSEGUIR ALCANÇAR O QUE VOCÊ QUER ALCANÇAR, MAS UMA COISA É CERTA, VOCÊ FALHA 100% DAS CHANCES QUE VOCÊ NÃO TENTA.

Comece a olhar a falha como uma forma de fazer diferente e não como algo negativo que representa o fracasso. Os maiores aprendizados que temos na vida vem justamente dos nossos erros.

Para superar o medo de falhar, você precisa começar a focar no que você tem a ganhar, ao invés de focar no que pode dar errado ou o que você pode perder. Foque sua atenção em direção ao que você quer.

2) Medo de críticas e julgamentos

O medo de críticas e julgamentos afeta a grande maioria das pessoas.

E por que temos tanto medo de críticas e julgamentos? Porque quando recebemos uma crítica, somos desaprovados. A aprovação e a aceitação social são dois dos valores mais importantes para qualquer ser humano. Quem não quer ser aceito, amado e aprovado?

Quando recebemos uma crítica, nos sentimos rejeitados. Não importa se a crítica é válida ou não, ninguém gosta de receber críticas.

Qual o grande problema?

Você deixa de realizar o que você realmente gostaria com medo do que os outros possam pensar. É por isso que Napoleon Hill (autor do clássico A lei do triunfo) disse que qualquer pessoa que quer alcançar o sucesso, tem que trabalhar o medo da crítica, caso contrário, na primeira crítica que receber desistirá.

Nesse aspecto, pessoas que se destacam estão mais sujeitas a julgamento, já que aparecem mais. Se cometem um erro, este será muito mais visível. E mesmo que não cometam erros, outras pessoas vão discordar dela.

O interessante é que, independentemente de você crescer ou não, você será criticado. Todo mundo é
criticado, não importa a posição que se encontra. É impossível agradar a todos.

Agora você tem dois caminhos:

Viver de acordo com seus ideais, projetos e sonhos, ou, viver de acordo com os ideais dos outros, mas não necessariamente isso fará você feliz.

Você tem que refletir o que você realmente quer.

Por Robson Hamuche

O livro “Um compromisso por dia”, escrito pelo terapeuta transpessoal e criador do Resiliência Humana, Robson Hamuche, com coautoria de Tadashi Kadomoto, do ITK, ajuda a desenvolver estes princípios.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

COISAS A GENTE COMPRA DE NOVO, PESSOAS A GENTE PERDE PARA SEMPRE

Como é difícil balancearmos com equilíbrio nossas prioridades, dando a devida atenção tanto ao que precisamos obter quanto ao que precisamos manter junto de nós. Embora a vida nos obrigue a despendermos a maior parte de nosso tempo trabalhando para conquistar qualidade e conforto, essa rotina pesada ao mesmo tempo nos distancia mais e mais dos contatos e interações com as pessoas.

Nessa toada, acabamos muitas vezes nos apegando demasiadamente aos bens que acumulamos, valorizando a materialidade que nos rodeia acima de qualquer coisa. E assim relegamos ao segundo plano nossas necessidades afetivas, nossos desejos sentimentais, tudo aquilo que não possui preço, o que não se compra nem se vende, apenas se vive.

Por mais que sejamos alertados para o perigo que reside nessa busca maçante pelos bens, pela riqueza, pelo status social, acabamos sendo atraídos quase que mecanicamente pelos apelos disso tudo. Vamos nos enchendo de objetos e nos esvaziando de sustância emocional, pois acabamos apenas enxergando o que os olhos veem, esquecendo-nos das carências de nossa essência humana.

Por isso é que muita gente se preocupa com os riscos na calota do carro, sem nunca perguntar como a esposa se sente. Por isso é que muitos pais olham o boletim escolar, mas se esquecem de olhar nos olhos dos filhos. Por isso é que muitos de nós percebemos quando o amigo engordou, porém jamais percebemos o quanto ele está precisando de nossa ajuda. Por isso é que muitas vezes temos tudo o que queremos, mas não temos ninguém de quem precisamos.

É necessário, pois, mantermos o foco nas escolhas que vimos fazendo, nas atitudes que tomamos, na importância que estamos dando àquilo que colocamos como prioridade em nossas vidas. Não podemos nos desconcentrar em relação ao que temos de mais precioso em termos de parceria, amizade, amor verdadeiro, ou acabaremos lotados de tralhas que não preencherão o nosso vazio existencial.

No mais, perca coisas e não pessoas. Coisas a gente compra de novo, pessoas a gente perde para sempre.

*Prof. Marcel Camargo

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Deixa eu te contar sobre o valor que você tem

É possível que as coisas não tenham dado certo pra você ultimamente. É provável que seus planos tenham sido frustrados ou estejam seriamente ameaçados. Talvez tenha faltado coragem, ou você queria ter tido um pouco mais de sorte. Imagino que não esteja sendo fácil.

E como eu sei disso?

Ora, sei disso porque acontece a todo o momento, com todo mundo. E por isso mesmo eu sei que tudo vai passar, ou pelo menos, se ajeitar da melhor forma. A vida é feita de fases (boas ou nem tão boas assim) que passam, dando lugar a outras.

A verdade é que os fracassos não expressam exatamente o que nós somos. Tem muito mais de nós, além desse horizonte de medo e decepção. E é além do horizonte, um pouco mais pro alto, que habita Deus, o nosso Criador. Acaso teria Ele nos gerado para o fracasso? Teria Deus designado nossos destinos para ficarmos caídos, prostrados, frustrados? Tenho absoluta certeza que não.

Um Deus que nos formou com tamanha perfeição, só poderia pretender o melhor para nós.

Ele quer que façamos de nossos dias, aprendizados constantes, que nos permitam crescer como pessoas. Quer que enxerguemos beleza nas unhas sem esmalte, nos pés descalços, na camisa amarrotada, porque somos mais que aparência.

Deus quer que nos vistamos de bondade e calcemos determinação; que nos alimentemos de boas expectativas e O incluamos em nossos planos. Ele quer que tenhamos consciência do quanto somos importantes e capazes. Afinal, fomos feitos à imagem e semelhança de um Deus que jamais poderá ser derrotado.

Então, pra que andar de cabeça baixa, lamentando o que não era pra ser? Tenha consciência de que você tem valor. Muito valor. Você ocupa um lugar todo especial no mundo, e no coração de Deus.

Saia pra suas lutas diárias, encare os desafios de frente e celebre suas conquistas. Deus estará sempre por perto, suavizando seu caminho e revertendo suas derrotas.

É Ele quem escreve sua história e nas linhas da sua vida Ele deixou anotado:

VOCÊ É UMA OBRA PRIMA, DE VALOR INESTIMÁVEL. ACREDITE NISSO.

Assuma a superioridade de quem já teve sua vitória decretada e aproveite, porque o decreto de Deus ninguém consegue revogar.

*Alessandra Piassarollo

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Não ignore a impermanência

Mais uma vez, não ignore a impermanência. O que quer que pareça ser prioritário em sua vida é, na realidade, bastante temporário. Vem e vai. Nada é confiável.

Nascemos sós e nus. Conforme a nossa vida se desenrola, passamos por todas as situações possíveis: necessitar, possuir, perder, sofrer, chorar, tentar… mas depois morremos, e morremos sós. Não fará a menor diferença se fomos ricos ou pobres, conhecidos ou desconhecidos. A morte é o grande nivelador. Em um cemitério, todos os corpos são semelhantes.

O nosso relacionamento com os outros é como o encontro casual de dois estranhos em um estacionamento. Olham um para o outro, sorriem e isso é tudo o que acontece entre eles. Vão embora e nunca mais se vêem. Assim é a vida – apenas um momento, um encontro, uma passagem, e depois acaba.

Se você compreender isso, não há tempo para brigas. Não há tempo para discussões. Não há tempo para mágoas mútuas. Quer pense nisso em termos de humanidade, nações, comunidades ou indivíduos, não sobre tempo para mais nada a não ser apreciar verdadeiramente a breve interação que temos uns com os outros.

*Por Resiliência Humana

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

A grandeza das pessoas está nos detalhes

A grandeza de uma pessoa está nos pequenos detalhes que, a princípio, podem não parecer importantes. Pequenos detalhes moldam as pessoas em aço inesquecível, tornando-as pessoas únicas e excepcionais.

Estas não são pessoas que não têm medo de nada ou que não cometeram erros, mas são pessoas que sempre têm uma palavra amável, uma mão pronta para ajudar a construir um pensamento bom, prontas para fazer uma boa ação. Ou seja, são os pequenos detalhes que fazem a diferença nessas pessoas.

Elas entendem o valor de viver e compartilhar e não se intimidam pelos absurdos da sociedade. Digamos que essas pessoas freiam na hora certa e percebem que vivemos muito rápido.

Elas não destroem umas às outras com críticas ou expectativas, pois um dos “pequenos detalhes” que praticam é aceitar incondicionalmente o outro. Elas não apenas amam o mundo, mas o respeitam, pois são parte dele.

O grande dom da sensibilidade
Existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis ​​e pessoas incomparáveis.

Aproveitando-se de sua alta sensibilidade, essas pessoas sentem e pensam não considerando apenas a si mesmas, mas também o ambiente que as circunda. Elas têm uma grande capacidade de empatia para lidar com as emoções dos outros, e são muito protetoras. É isto o que as faz grandes e belas.

Não é que elas se caracterizem por uma alegria infinita e contagiante, mas a natureza delas lhes permite observar como o mundo funciona e entendê-lo um pouco melhor. Então, sempre têm um momento para ouvir, entender e esperar. Algo que os simples mortais não fazem muito bem.

Nos empenhamos em acelerar e acelerar para chegarmos antes do tempo, mas do que nos adianta chegar alguns minutos antes se ficamos tão cansados e nos esquecemos de que são as pequenas coisas que trazem os grandes resultados?

Pessoas bonitas são raras e não são conhecidas pelos seus rostos, mas sim por suas almas. São pessoas corajosas, simples por dentro e por fora, que vivem seriamente seus sentimentos e valorizam todas as coisas.

Os pequenos detalhes que nos fazem grandes
Todos nós somos únicos. No entanto, ser grande não é tão comum. São os pequenos detalhes que fazem grandes momentos e grandes pessoas. Somos facilmente esquecidos, mas é fácil fazer alguém se sentir especial. Aqui, oferecemos algumas ideias:

•Sempre diga bom dia, boa tarde ou boa noite. Palavras muito simples que carregam um grande respeito por si mesmo e pelos outros. Alguém lhe desejar bom dia é um grande privilégio.

•Não exiba uma felicidade hipócrita. Ou seja, não esteja sempre alegre e feliz apenas porque tem que estar, mas aceite as emoções e sentimentos que prevalecem em cada momento.

•Não respeite apenas as suas emoções, mas também as emoções dos outros. Isso é muito importante. Pense em quantas vezes falamos algo de forma equivocada ou damos más notícias sem antes preparar a pessoa e medir as consequências. Nossas emoções não são tudo ou nada, elas devem ser cuidadosamente tratadas e devem seguir adequadamente o ritmo da música.

•Os sorrisos sinceros, o calor das palavras, as carícias e as demonstrações sussurradas fazem com que nos sintamos especiais. Assim como as pessoas tóxicas são especialistas em estragar o dia dos outros, as grandes pessoas tendem a desenhar sorrisos, tornando feliz um dia difícil. Porque, afinal, a capacidade de fazer alguém se sentir feliz é o que torna esse alguém inesquecível.

A grandeza das pessoas não se mede pelo dinheiro, pelos seus estudos ou pela beleza. A grandeza das pessoas é medida pela lealdade do coração e pela humildade da alma. E mesmo que a vida possa vir a separá-lo dessas pessoas, você certamente já se tornou alguém melhor desde que as conheceu, e isso será eterno.

Claro que o conta aqui são as coisas comuns, mas não tenha dúvida de que são pelos pequenos detalhes da vida que conhecemos as grandes pessoas.

*Por Resiliência Humana

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

O SENHOR ABENÇOOU O FINAL DA VIDA DE JÓ MAIS DO QUE O INÍCIO

O Senhor abençoou o final da vida de Jó mais do que o início.(…) Jó 42:12
Ser fiel mesmo perdendo tudo é um dos maiores exemplos de uma grande fé registrada na Bíblia Sagrada.

IMAGINA SÓ: UM HOMEM CORRETO, JUSTO, GENEROSO, AMIGO, ÍNTEGRO E TEMENTE A DEUS QUE PERDE TUDO E TODOS E MESMO ASSIM SEGUE CONFIANDO EM DEUS. UM HOMEM QUE PASSOU POR UM LONGO DESERTO DE DOR FÍSICA, EMOCIONAL E FINANCEIRA. UM HOMEM RICO QUE DO DIA PRA NOITE PERDE SEUS BENS, SEU CONFORTO, SUA FAMÍLIA E SEUS AMIGOS. VOCÊ CONSEGUE IMAGINAR O TAMANHO DO SOFRIMENTO DE JÓ?

O inimigo com a permissão de Deus fez cair sobre a vida de Jó todas as provações e mesmo assim sua esperança, sua fé, e sua paciência se manteve. 
Ao ler a história de Jó pela primeira vez eu pensei: Como ele trabalhou a sua raiva? Como ele não ficou irado com Deus? Como ele conseguiu lidar com todas as suas emoções ruins?

A circunstância triste, dolorosa e difícil não abalou a sua fé. Isso é incrível!
O SENHOR ABENÇOOU O FINAL DA VIDA DE JÓ MAIS DO QUE O INÍCIO

Jó é um exemplo para todos nós, filhos e filhas de Deus que temos a nossa fé balançada nas primeiras dificuldades e com os mais simples problemas.

JÓ É UM EXEMPLO QUE DEVEMOS SEGUIR: ESTÁ NA PROVA? ORE E AGRADEÇA. ESTÁ ENFRENTANDO BATALHAS NA ÁREA PROFISSIONAL E FINANCEIRA? ORE E ADORE EM NOME DE JESUS. E PRINCIPALMENTE, CONFIE NO SENHOR DE TODO O SEU CORAÇÃO.

Escolha agir como Jó: Creia que vai passar!

Eu quero te dizer que a sua luta hoje pode ser imensa, cansativa e você esteja se sentindo derrotado, mas espera no Senhor, pois ele vai te honrar.

Em um determinado momento a vida de Jó mudou e a sua vergonha se transformou em honra. O motivo: Jó foi fiel.

Ele é Deus! Ele age na hora certa! Confia!

Que a dor na sua alma não abale a sua fé a ponto de você virar as costas pra Deus. Jó não desistiu, não desista também.


* Su Cursino

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

CARTA AO GRANDE AMOR DA MINHA VIDA…

Sei o quanto doeu, e o quanto seus olhos perderam o brilho e a cor naquele instante.

Sei também que, em algum momento, você jurou, bem baixinho, que jamais entregaria novamente sua dedicação a alguém. Que jamais permitiria que brincassem com seus sentimentos.

Sei que, muitas vezes, sentiu como se não merecesse viver uma história de amor, dessas que tanto comentam nos livros e nos filmes da televisão.

Eu sei que você já perdeu o chão e a direção algumas vezes na sua vida.

Sei também que te fizeram perder a fé no mundo.

Mas hoje, eu venho te pedir que me deixe te mostrar que você é o meu mundo.

Que você é a razão pela qual eu sorrio. O brilho a mais nos meus olhos. A minha inspiração diária.

Deixe de lado essa sua insegurança, e me deixe te provar que há uma vida de certezas ao meu lado.

Deixe-me ser responsável pelo seu sorriso e pelos seus sonhos mais tranquilos.

Permita-se ser você, sem máscaras e sem amarras.

Aos poucos, você aprenderá que não precisa dessa armadura para se proteger de mim. E, se preciso for, eu farei questão de te provar isso todos os dias da minha vida.

Seja meu por inteiro, de corpo, alma e coração. E me deixe ser sua também. Me deixe enxergar mais do que os outros conseguem.

Me apresente sua alma. Me mostre seus medos, o que te faz perder o sentido. E deixe que eu mostre para você que também tenho minhas fraquezas.

Sejamos fortes juntos.

Eu te aceito na minha vida por inteiro. Venha com todos as suas manias, e deixe que elas se adequem as minhas. Deixe que nossas vidas se encaixem em uma combinação perfeita de amor e parceria.

Deixe que eu te faça acreditar no amor novamente.

Me deixa ser o seu refúgio.

Aquela para quem correrá quando o mundo te parecer estranho demais.

Me deixa ser o seu porto seguro.

A certeza de que jamais suas mãos ficarão vazias novamente.

Me permita tocar além do seu corpo. Me deixe alcançar a sua essência. Aquilo que te faz ser você e que tanto me encanta.

Sem medo de te pertencer, voltarei para você a cada fim de dia. E desejo que você tenha a mesma coragem comigo.

Que você encontre em meu abraço o conforto de um lar, a pausa que tanto anseia.

Hoje, quero te dizer que você é a melhor parte do meu dia, e que o seu beijo preencheu o vazio que minha vida se encontrava antes de te conhecer.


*Keissy Kelly

terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

E SE TIVER QUE DAR CERTO, VAI DAR

E se tiver que dar CERTO, vai dar! E se tiver que trilhar o caminho difícil, vai trilhar. E se tiver que cair, vai cair.

Mas uma coisa é certa: O caminho com Cristo é um caminho de alegrias, vitórias, aprendizados e superação.

Mesmo que um exercito se levante para atrapalhar a realização dos planos abençoados de Deus não terão êxito, pois a decisão da sua felicidade já foi selada nos céus em nome de Jesus.

Mesmo que alguém tente fazer de tudo pra atrapalhar sua vida não vai conseguir, pois o plano de Deus é proteger você de todo tipo de dano, ataque e perigo. 

E SE TIVER QUE DAR CERTO, VAI DAR

Uma coisa é certa: O que tiver que dar certo vai dar certo em nome de Jesus e ninguém vai conseguir atrapalhar o plano de Deus. Amém.

Nenhum plano ruim, nenhuma palavra cruel e cheia de ódio tem mais poder que a unção do amor divino do Senhor. Por isso, acalma o seu coração e siga confiando na proteção divina do pai em todas as situações e circunstâncias da sua vida.

DEUS TEM PLANOS MELHORES E MAIORES QUE OS SEUS, POR ESSE MOTIVO VALE DEPOSITAR O SEU SONHO MAIS ESPECIAL EM SUAS MÃOS. 

A espera vale quando o nosso coração está cheio de esperança e amor. Quando caminhamos com o Senhor todos os melhores atalhos surgem.
Nada vem fácil, mas as melhores coisas vem de Deus. 

Você se esforça, estuda e trabalha, mas as melhores respostas e os resultados mais incríveis vem de Deus também.

Continue seguindo o seu caminho com Deus cuidando de tudo. Continue confiando e acreditando que o melhor acontece quando aceitamos o Senhor como nosso salvador.

Que a sua semana seja de florescer todas as boas coisas que Deus já plantou dentro de você em nome de Jesus. 


*Su Cursino

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Muitas vezes, haverá apenas você e Deus e, acredite, nada faltará!

Nem sempre é simples suportar vazios, ouvir o barulho do silêncio de dentro ecoar, revistar nossas gavetas internas abarrotadas de tudo.

Durante a vida, juntamos muitos trajes, vestimos diferentes figurinos, trocamos muitas peças para estar sempre na moda, sempre nos conformes para o momento a seguir.

Passamos muito tempo projetando o futuro, tirando medidas, arquitetando com elegância o dia de amanhã e acabamos por nos esquecer do que de fato precisamos no momento presente.

É importante fazer planos, mas desde que não nos tirem o sossego de uma bela noite de sono. É quase impossível não sonhar e imaginar o que ainda não chegou, mas desde que isso não nos roube a plenitude de estar com o corpo e a mente descansados.

Nem sempre precisaremos buscar muito ou nos conectar com tantos para estar em paz. Às vezes, encontraremos felicidade deitados no sofá, sem pensar em nada, ouvindo o tintilar dos últimos pingos da chuva que já foi embora, respirando lentamente enquanto o café está sendo coado. Permanecer inalterado, apesar do silêncio do outro, do mundo e principalmente do nosso, é tarefa que aprendemos a destrinchar com o tempo, com as circunstâncias.

Nossas inconstâncias acontecem porque necessitamos estar sempre fazendo, indo de encontro, buscando, realizando e não nos atemos ao que é imprescindível agora, neste instante. E, muitas vezes, tudo de que precisamos é apreciar o nada que diz tudo dentro de nós, é ouvir a voz que nos tranquiliza e nos faz acreditar que cada coisa tem a sua vez.

Os dias podem ser traiçoeiros em suas longas horas, podem ser intermináveis, quando não conseguimos viver com sabedoria todos os seus minutos. Inúmeras vezes, valerão mais as anotações num caderno do que o dia da formatura, sorriremos mais com as conversas descontraídas numa roda de amigos do que numa ocasião solene e marcada por comemorações.

O que é capaz de nos abraçar com verdade e nos acomodar trazendo para o centro é tudo de que precisamos. Nunca haverá solidão, se estivermos envolvidos pela paz da nossa boa companhia.

Muitas vezes, será apenas você e Deus e, acredite, nada faltará!


*Flavia Bataglia


sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Confie em Deus mesmo nos momentos de dor e Ele o honrará com o melhor desta Terra!

A confiança é algo que muitos de nós podem ter uma grande dificuldade em desenvolver. Estamos tão acostumados a lidar com a falsidade e a maldade que o abrir o coração a um novo alguém se torna um grande desafio, um risco que muitas vezes preferimos não correr.

Felizmente, podemos contar com um grande amigo ao longo da vida, que está sempre pronto para nos receber com amor e carinho, e que honra a nossa confiança e fidelidade com as melhores coisas que podemos esperar: Deus.

Quando estabelecemos um relacionamento saudável com Deus, percebemos que nossa confiança pode ser sim valorizada. Pessoas são falhas e podem agir por puro interesse, mas Deus jamais nos decepciona nem desvaloriza a nossa bondade.

Deus sabe recompensar aqueles que confiam Nele. A ingratidão não existe, quando escolhemos entregar nossa vida em Suas mãos. Desde o primeiro dia, Deus mostra a sua lealdade e nos passa a confiança de que sempre estará conosco, apoiando-nos e honrando-nos.

As pessoas que escolhem confiar em Deus, mesmo nos momentos de dor e desesperança, recebem como recompensa a vida plena, em que a alegria e o sucesso são realidades diárias. Para elas, nenhum desafio é grande demais, porque são cercadas do amor e da proteção divinos.

Se é essa a realidade que deseja para sua vida, pare de desperdiçar sua confiança em relacionamentos errados.

Pare de entregar o seu coração a pessoas que sempre o decepcionam, em vez disso, escolha confiar em Deus e ser fiel a Ele em todos os momentos, e Ele o honrará com o melhor desta Terra!

Deus lhe dará uma vida tão boa e próspera, que você nem se lembrará de todas as dores que um dia povoaram sua mente e afligiram seu coração. Ele lhe dará a carreira com que sempre sonhou, a família que merece e a felicidade mais pura, que surge do amor-próprio.

Ele colocará pessoas boas em seu caminho e abrirá todas as portas que o levarão à vida dos seus sonhos. Deus será o seu guia e fará com que cada passo seu seja uma oportunidade de aprendizado e fortalecimento de sua fé.

Se você depositar sua confiança em Deus, Ele curará o seu coração, honrará você de maneira inimaginável e o presenteará com as melhores coisas que existem nesta Terra.

Faça essa escolha, permita que Ele o guie, essa será a melhor coisa que fará por si mesmo!

 *Luiza Fletcher


Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: Kevin Carden/123RF Imagens.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

A dor emocional é pior do que a dor física

Nós, seres humanos, somos agraciados com o poder de raciocinar, de refletir, de guardar na memória, de planejar e de sentir o mundo, as pessoas, a vida. Temos os pensamentos, onde cabe tudo o que quisermos. Talvez venha daí uma complexidade que nos acompanha: a de saber discernir o que deve ser retido e o que deve ser jogado fora.

Infelizmente, temos uma facilidade imensa em guardar dentro de nós tudo de negativo que nos acontece, todas as palavras desagradáveis que nos lançam, todas as falhas que pontuam a nossa jornada. Por outro lado, costumamos esquecer os elogios recebidos, os sorrisos compartilhados, o que dá certo.

Se, ao final do dia, perguntarem a nós sobre o que foi ruim, prontamente listaremos fatos e mais fatos, porém, se quiserem saber o que foi bom, provavelmente demoraremos para responder e conseguiremos nos lembrar de poucas coisas. É que aquilo que machuca vem forte, magoa fundo, dói demais.

A gente se cobra muito e qualquer erro se transforma em algo imenso. Já os acertos a gente parece achar que nada mais são do que obrigação de nossa parte. Se tiramos nota alta na prova, se cumprimos as metas do dia no trabalho, pensamos ter feito o que deveria ter sido feito mesmo, nada de anormal. Já quando não conseguimos, vem a dor e vem a culpa.

É incrível como nós mesmos somos capazes de nos colocar para baixo, de ferrar com a nossa autoestima, de nos sabotar. O sentido contrário disso somente é conseguido quando nos forçamos a agir diferente, quando nos exercitamos no sentido de amar mais quem somos, o que fazemos, o que conquistamos.

Deveria ser natural a gente se valorizar, mas não é. Infelizmente, o mais frequente é se enxergar menor, diminuto, menos do que se é. E essa é uma das razões que causam as dores emocionais e as elevam à enésima potência. Focamos no que foi ruim e alimentamos esse sentimento de derrota, de erro e, consequentemente, de culpa. E a dor só aumenta, porque a gente fica fraco e reluta em enxergar que também houve o que foi bom, que há quem goste da gente, que recomeços existem e são possíveis.

Temos que enfrentar a nossa escuridão, aceitando os erros e corrigindo nosso comportamento, para que a gente supere, avance e abrace novas chances. Entender que a dor vai passar e que ela é útil ao nosso aprimoramento como pessoa ajuda nesse processo de cura emocional. Não podemos é achar que acabou de vez, que nada mais importa, que nada mais vai dar certo.

Caso seja necessário, a gente tem que procurar ajuda profissional. Pedir ajuda não é feio, faz parte da humanidade que todos temos aqui dentro. Dor no corpo a gente ameniza com medicação. Dor emocional é mais difícil, porque vem de dentro, vem de onde poucos ousam entrar. Mas também passa, também tem cura. E o sol nascerá de novo, junto com cada um de nós.


*Marcel Camargo

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

SEMPRE EXISTIRÁ QUEM QUEIRA O QUE O OUTRO DESPREZA!

“Se você não cuidar, outro vai. Se você não valorizar, outro vai. Entenda, sempre vai ter uma pessoa disposta a fazer o que você não faz.” (Caio Fernando Abreu)

As opções que se descortinam à nossa frente, todos os dias, são muitas, o que nos leva a nem sempre escolhermos o mais acertado no momento e, consequentemente, a nos arrependermos mais tarde. Outras vezes, não nos damos conta de que o que possuímos já nos basta e nos enriquece, ao ponto de mantermos os olhos lá longe, ignorando o que está aqui bem juntinho, bem ao lado.

Os apelos midiáticos nos mostram uma gama de estilos de vida tamanha, que muitas vezes nos deixam confusos quanto ao que realmente queremos e, principalmente, ao que efetivamente necessitamos em nossas vidas. Tornamo-nos, por isso, inquietos, impossibilitados de nos contentarmos com o que já é nosso, seduzidos que somos pelo glamour e pelas tentações mundanas que nos cercam.

Nesse ritmo, mesmo que não deixemos as pessoas para trás, vamos perdendo cada uma delas a pouco e pouco, uma vez que estamos por perto, mas, na verdade, nunca estamos com elas de fato. Ninguém suporta por muito tempo ficar perto de quem não se volta, não se acomoda, não permanece inteiro, em nenhum momento dos dias, como se tudo fosse mais importante do que as pessoas ao lado.

Cabe, portanto, à outra ponta dessa relação perceber que nada mais ali faz sentido, que permanecer junto de quem não se esforça a reconhecer um nada do que foi dedicado e feito por ele é suicídio lento e gradual da própria essência. Amar alguém sem ter amor-próprio nunca dá certo, pois assim sempre haverá alguém dando sem receber, sendo menos, sentindo-se pouco, esvaziando-se enfim.

É preciso ter a certeza de que sempre poderemos recomeçar, inclusive longe de quem tanto nos parecia vital, longe daquele ambiente sufocante que achávamos insubstituível, longe da solidão afetiva a que nos acostumáramos. Não se trata de ser bobo nem ingênuo, trata-se de sobrevivência.

Acreditar que seremos o bastante para alguém, que merecemos retorno emocional na mesma medida, que existe felicidade possível, que amar e ser amado é algo a que temos direito, tudo isso nos acordará por dentro, para que possamos trazer para junto de nossas vidas coisas e pessoas que acrescentarão sonhos e verdades ao que temos de mais especial dentro de nós.


*Marcel Camargo

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Tome distância de quem faz você se odiar

Não é incrível como existem pessoas prontas a nos diminuir, a nos criticar, a nos desvalorizar? Parece que, quando chegamos ao lado delas, tudo vira nuvem, tudo anoitece e nos sentimos a pior pessoa da vida. Quando estamos com elas, nada do que fazemos é certo. Não podemos aceitar isso.

E o pior, sabe-se lá por que muitos de nós não conseguimos cortar relações com essas pessoas.

Infelizmente, temos a tendência de relevar, deixar para lá, e mantemos por perto gente que deveria estar bem longe.

Algumas situações nos obrigarão a permanecer, por um período, ao lado de pessoas desagradáveis, como empregos, por exemplo. Porém teremos de dar um basta tão logo percebamos que a pessoa nos faz mal.

Não raramente, dentro de nossa família, existirão pessoas com esse tipo de comportamento, cobrando-nos e comparando-nos à exaustão. Questionarão o porquê de não termos filho, marido, namorado, de não termos terminado a faculdade, de não termos um emprego, de não termos uma casa… Farão comparações entre nossa vida e com a vida de quem elas acham ser modelo de alguma coisa. Um porre.

E isso acontece também no trabalho, nas rodas sociais, onde estivermos. Trata-se de pessoas que não se importam nem um pouco com os sentimentos dos outros, são os donos da razão, incapazes de enxergar o mundo além da órbita do próprio umbigo. Enquanto atropelam as autoestimas alheias, muitos de nós ainda não conseguimos nos colocar em toda nossa contrariedade, poupando essa gente enxerida que não poupa ninguém.

Um conselho: não tem essa de que a pessoa é da família, é amiga de infância. Não tem essa de que a pessoa é assim mesmo e não vai mudar. Não tem essa de que a pessoa não fala por mal. Não interessa, ela faz mal a você, sim. É maldade criticar a vida, as decisões e as escolhas do outro.

Afaste-se, tome distância, muita distância, de quem faz você se odiar. Você tem o direito e o dever de se amar sempre e apesar de tudo. Nunca esqueça isso.


*Marcel Camargo

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Nos dias mais difíceis de nossa vida, Deus nos carrega no colo

Deus não está em tijolos e cimento, não está acomodado em templos luxuosos, Deus está no coração de cada um, em nossa oração, da mais humilde, de palavras simples, até a mais sofisticada.

Muitos de nós oramos somente nas horas em que necessitamos, não lembramos de Deus no nosso cotidiano, mas recorremos a Ele quando precisamos de algo.

Deus não está em tijolos e cimento, Ele não está acomodado em templos luxuosos, Deus está no coração de cada um, na fé e capacidade de crer de cada um de nós, portanto Ele está presente na nossa oração, da mais humilde, de palavras simples, até a mais sofisticada. Deus entende a todos, compreende cada palavra e anseio que carregamos em nosso coração.

Portanto, suas intenções serão seu advogado, em qualquer lugar que for. Suas atitudes falarão a seu favor, em qualquer momento da sua vida.
Ouço muito aqueles que prometem: “Deus, se eu alcançar tal graça, prometo que…” pois eu lhe digo, não barganhe com Deus, não negocie, não faça trocas, primeiro por que não é justo; segundo por que não temos nada que Deus possa querer pois Ele tudo tem, tudo é Dele, inclusive nós.

Deus deve ser o primeiro a provar a nossa humildade, o quanto somos frágeis, necessitados e imperfeitos, mas o quanto podemos ser fortes, corajosos e bravos com a força do Espírito Santo agindo em nossas vidas. Devemos ser humildes baixando nossa cabeça para Deus e pedindo que ele acalme nossa alma nos dias de tempestade, devemos baixar a cabeça para nossos pais que são os enviados Dele na Terra para nos direcionar e impulsionar.

Honre pai e mãe, por que como tratar seus pais, assim Deus o tratará.
Deus não é somente paz e amor, Deus também é atitude, ação, movimento, caridade, Ele está presente na boa ação, na solidariedade, na empatia, no desapego, inclusive nas vezes que sofremos, Deus está lá, muitas vezes não somente para enxugar nossas lágrimas mas para dizer “eu te avisei”, nada em nossa vida acontece em vão sem que Ele permita, pois Ele quer nos ensinar algo. Ele sabe que podemos mais, portanto, como Pai que é, Ele nos afaga, mas também ensina. Ele nos deu o livre-arbítrio para que possamos fazer nossas escolhas e assim evoluir dentro no nosso aprendizado.

Portanto, peça, mas também agradeça, saiba agradecer a Deus pelo seu dia, pela sua comida, pelo teto que o abriga, filhos, pais, amigos, pelo trabalho.
Agradeça por sua saúde, sua família, pela chuva que rega as plantas, o sol que nos ilumina. Se você acredita não ter nada para agradecer, peça a Deus a força necessária para prosseguir, peça serenidade, paz de espírito, peça sabedoria para ajudar os que necessitam.

E quando você for falar com Deus e reclamar sobre as suas dificuldades, sobre onde Ele estava nos momentos em que você mais precisou, tenho certeza de que Ele responderá:

Nos momentos em que percebi que você não tinha mais forças para lutar sozinho, foi nesse dia que abandonei tudo e todos e o carreguei no meu colo, por que você é meu filho.


 *Michelle Silveira

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Ninguém segura uma mulher que descobriu o próprio valor

Ela é a tradução da palavra renascimento. Ela é a prova viva de que o passado de uma pessoa não define o futuro.

Ela já se sentiu um zero à esquerda porque o seu valor era medido pela régua das piores.

Ela não tinha imunidade emocional, então, internalizava toda a perversidade com que era tratada; ela se percebia merecedora de todo o desrespeito e crueldade; ela se comportava como um saco de pancadas.

O fundo do poço foi seu endereço por muitos anos; mas um dia, ela olhou para cima e percebeu um céu estrelado convidando-a a tentar algo novo, como ela não tinha nada a perder, decidiu tentar.

Sem dar satisfações a ninguém, ela começou a dar pequenos passos.

Nesse novo caminhar, ela foi agraciada por pessoas e oportunidades que lhe mostraram aspectos positivos dela, até então, ignorados.


Foi uma viagem para dentro de si, um caminho sem volta rumo à descoberta do seu próprio valor.

HOJE, ELA É JULGADA COMO ANTISSOCIAL, MAS NA REALIDADE, ELA TORNOU-SE SELETIVA.

Ela está interessada em qualidade, não em quantidade de vínculos.

O sexto sentido dela é aguçadíssimo, e ela nunca ousa ignorá-lo.

Ela já não se ilude com tapinhas nas costas e bajulações, no fundo, ela sabe quem é quem.

ELA FALA COM TODOS, MAS É AMIGA DE POUCOS; ELA APRENDEU A DIZER “NÃO” SEM TER QUE SE EXPLICAR.


Ela olha nos olhos e enxerga a essência, é perda de tempo tentar ludibriá-la.

Ela é desconfiada, sim, pois já levou rasteiras demais.

Ela aprendeu a se retirar de onde não se sente confortável, porque, hoje, o seu maior compromisso é com o autocuidado.

Ela tornou-se preguiçosa para gente rasa, e dissimulada; mas está sempre disposta para pessoas que queiram acrescentar.

COM ELA, GENTE SONSA NÃO SE CRIA.

Sobre o amor, sorte de quem a encontrar agora, dona de si, cheia de intensidade e segura do que merece.



*Por Ivonete Rosa

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

O que você já aprendeu observando a vida das pessoas ao seu redor?

Quantas vezes você se sentiu inspirado pela vida das pessoas ao seu redor?

Quantas vezes você compartilhou o arrependimento com alguém próximo por uma decisão errada que causou um grande revés ou arruinou suas carreiras e negócios? Mais importante, quantas vezes você aprendeu com as decisões certas e erradas de seus amigos e conhecidos?

Você realmente acredita que tudo o que fazemos e todos que encontramos em nosso caminho nos ensinam uma coisa ou outra, se estivermos dispostos a prestar atenção?

Precisamos querer aprender, porque há uma lição a aprender em cada curva da nossa vida. Aprenda com a alegria – aprenda com a tristeza e com todos os tons da vida.

Embora seja verdade que a vida é uma luta constante, também não é correto negar o fato de estarmos todos os dias diante de inúmeras situações que nos proporcionam a oportunidade de aprender com a experiência de outras pessoas.

Se tentarmos adaptar parte de nosso aprendizado a nossas vidas, certamente desfrutaremos de um estilo de vida melhor e mais feliz, cheio de satisfação e paz.

Se olharmos em volta, podemos aprender muito com cada pessoa que conhecemos, desde uma criança até o avô que encontramos todos os dias. A chave é saber quais são as lições, o que elas têm e que precisamos cultivar em nossa própria personalidade para garantir uma vida melhor.

Agora você pode perguntar: “Como desenvolvo a habilidade de aprender com os outros”. Bem, como qualquer outra habilidade, o aprendizado não é uma tarefa de um dia. Você precisa observar constantemente as pessoas ao seu redor e tentar entender seus melhores aspectos.

Por exemplo, observar uma criança tentando aprender a andar pode lhe ensinar a importância de permanecer persistente nos seus esforços para alcançar seus objetivos. Da mesma forma, um varredor de rua pode ensinar a dar 100% do que você faz, mesmo quando você sabe que deve fazer tudo de novo no dia seguinte.

O aprendizado é um processo constante e não se limita apenas às orientações obtidas em livros e revistas, mas também aos incidentes extremamente insignificantes da vida.

Na maioria das vezes, ignoramos o que aprendemos com os outros simplesmente porque isso prejudica nosso ego. Muitas vezes sentimos que nosso julgamento e percepção das coisas são melhores do que a outra pessoa, o que geralmente nos faz repetir os erros que tantas vezes as vimos cometer e se arrepender.

Em vez de aspirarmos à perfeição, precisamos aprender a arte de aprender com as boas e más experiências de outras pessoas e usá-las para melhorar a qualidade de nossas próprias vidas.

Isso pode nos ajudar a evitar muitas circunstâncias desagradáveis ​​e enriquecer nossas vidas com satisfação e felicidade, além de nos ajudar a alcançar um sucesso fenomenal.

Somente pessoas com uma atitude positiva e uma mentalidade aberta podem reconhecer que estão seguindo o mesmo caminho que outros seguiram antes deles.

Todas as pessoas tocam nossas vidas de alguma maneira e se aprendemos ou não desse encontro, não importa quão breve, depende apenas de nós.

Precisamos entender que todos nós temos nossos pontos fortes e fracos, mas o que nos torna verdadeiramente grandes é a capacidade de se adaptar aos pontos fortes dos outros.

*Resiliência Humana

*Tradução e adaptação REDAÇÃO RH
*Com Informações de Journey From Race

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

Só podia ser amor

Ela se olhou no espelho, então ela olhou para ele que estava sentado na cama, ela perguntou a ele, você ainda gosta?

Ele respondeu, como o primeiro dia.

Ela colocou as mãos em torno de sua cintura e perguntou-lhe, você percebeu que meu corpo não é o mesmo de quando nos conhecemos?

Ele respondeu. Não.

Ela colocou as mãos em seu busto e perguntou a ele, você percebeu que meu busto já estava baixo, ele respondeu. Não.
Ela ergueu o vestido e olhou para as pernas e perguntou:

Você notou que minhas pernas não são duras e lisas como antes? Ele respondeu outra vez não.

Então ela se aproximou dele e, com lágrimas nos olhos, perguntou a ele.
Então, o que você faz ao meu lado se você não me vê mais, se você não percebe o quanto meu corpo mudou, dormimos juntos e você não percebeu que eu não sou a mesma que ontem?

Ele sorriu e disse.

Muito antes de ver seu corpo, olhei para o seu modo de ser, muito antes de tocar seu corpo, senti sua maneira de amar,
Muito antes de ver o seu busto levantado, olhei para o seu coração um coração cheio de bondade,

Muito antes de ver sua figura sensual, senti que você era o molde perfeito para semear minha semente, senti um solo fértil, senti você como mãe e uma mulher para perpetuar minha família.

Meu amor... Não fique triste com a sua aparência, fique feliz por saber como eu ainda sinto você.

Eu me apaixonei pela sensualidade e pela bondade de sua alma, não apenas pela beleza do seu corpo... E, através das lágrimas, ela desenhou um sorriso que fez o rosto resplandecer novamente...

O homem quando valoriza a mulher que tem em casa não procura perfeição em seu corpo, beleza se acaba com o tempo mas o amor se vive até o último suspiro.


*Autor desconhecido

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Livre-se de tudo que te faz mal e sinta- se livre de verdade!

Livre-se de tudo que te faz mal e sinta- se livre de verdade!Tenha isso como uma filosofia de vida.

Não estou falando em virar as costas para os problemas. Problemas existem para serem resolvidos. Os nossos problemas, claro!

Mas sabe aquela pessoa que não te faz bem? E aquele local que está consumindo a sua alegria? Ou aquele objeto que você não gosta da sua casa?

LIVRE-SE DE TUDO ISSO! COISAS BOAS E NOVAS SÓ CHEGAM ATÉ A GENTE QUANDO ABRIMOS ESPAÇO PARA ELAS!

A vida deve ser lida como um livro, se não estamos gostando do conteúdo de uma folha, viremos a página!

Se não está bom, mude! Mude a forma de pensar, mude o jeito de fazer, mude o horário de ir, mude de emprego, de cidade, de amor, de vida! Só você tem o poder de fazer as mudanças necessárias para que sua vida fique cada vez melhor!

Temos apenas uma vida e se não dedicarmos cada minuto de tempo que temos para vivê-la da melhor maneira possível, mais a frente sentiremos falta do que não vivemos ou protelamos em viver.

Tem gente que não vive, sobrevive!

Tem gente que anda se arrastando, reclamando da vida, de mal humor, e não possui motivação para nada. Essas pessoas sobrevivem a chatice que impuseram a própria vida. Não fazem as mudanças necessárias para que possam viver ao invés de apenas sobreviver. Parece até que se viciaram na tristeza e na reclamação e não conseguem se livrar dessas atitudes negativas.

Elas andam desperdiçando os dias porque acreditam que são eternas, que o amanhã sempre chegará, mas um suspiro errado e tudo se esvai.

Por isso, precisamos abrir os olhos e entender que a vida é um presente, e que temos que aproveitá-la da melhor maneira possível. Sabendo fazer as melhores escolhas, e mantendo a lucidez para bancar as consequências de cada escolha.

A cada virada de página do livro da vida, um capítulo se encerra. E quando o livro termina, cabe a nos apenas fechá-lo e guardá-lo de volta à estante.

SABER QUE NOSSO PERCURSO É FINITO, TRAZ À NÓS MAIS RESPONSABILIDADE.

Escolher viver de forma mais equilibrada e portanto saudável, faz-se necessário.

Livre-se do que te faz mal, tanto as pessoas, quanto os sentimentos que você guarda aí dentro.

Livra-se de hábitos que te sabotam, situações estressantes e coisas que te trazem lembranças ruins.

Muitos vão dizer: “Bem que eu queria, mas não posso, tenho filhos, e preciso manter meu emprego”. Ou então: !Se fosse fácil todo mundo faria”.

NINGUÉM DISSE AQUI QUE SERIA FÁCIL!

Tudo que é bom e gera melhoria em nossas vidas exige esforço redobrado.

Estamos sempre a interagir com gente. Gente de todos os tipos. Gente que nos inspiram e arrancam de nós o melhor. Mas também gente que nos contamina e adoece. Saber escolher o melhor pra nós, é o ponto crucial para a nossa felicidade.

OPTE SEMPRE POR AGIR A SEU FAVOR E NÃO CONTRA O OUTRO.

Se afaste de quem e do que for, se for preciso.

Relações tóxicas e abusivas são formadas aos poucos e numa engrenagem que precisa da participação de pelo menos duas peças básicas: você e o outro!

SE APROPRIE DE SI E DA SUA VONTADE. BANQUE O SEU DESEJO! VIVA COM AS SUAS ESCOLHAS E LIVRE-SE DAS IMPOSIÇÕES DO OUTRO SOBRE VOCÊ.

E se sinta livre de verdade!

*Fabiano de Abreu

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Se você decide ir para um lado, automaticamente você abandona o outro!

Um dia você decide ir, sai e encontra uma estrada ruim pela frente. Mas é o caminho que você necessita percorrer para chegar ao seu objetivo. Mesmo com toda dificuldade, você precisa passar por ele. Seu sonho está lá no final da jornada. E você não consegue ver o que está adiante. Você não pode mais retornar.

Algumas vezes, você passa por essa estrada errada solitário, essa estrada é sua, é sua cruz. Mas se no fim existe luz, vale a pena todo o sacrifício, vale acreditar.

É como um nó que você deu e só você pode desatar. De alguma forma, você sente que consegue chegar ao fim e que é lá que você irá se encontrar.

Quando andar por uma estrada ruim for a única alternativa, que ela seja passageira, que seja estreita, apertada, complicada, mas que te leve aonde deseja chegar.


Quando você se vê envelhecendo e pensa nas mil portas que já abriu e nos mil caminhos que já percorreu, aprende que é melhor estar numa estrada ruim, do que pegar novamente uma estrada errada.

DECIDIR POR UM CAMINHO É DESISTIR DO OUTRO CAMINHO.

Saiba qual escolher.

Você se lembra de todas as vezes que precisou desviar por trajetos piores e desconhecidos. Algumas vezes, parece que isso foi ontem. Outras vezes, parece que foi há um milhão de anos. E essa persistência em conseguir, te torna mais forte, mais rápido, mais preciso.

Você já sabe aproveitar quando surge um caminho novo, em que você não precise sentir medo de andar. Para se chegar aonde se deseja é preciso ir, ficar parado não te leva a nenhum lugar. O único jeito de vencer, é jogar.

O ÚNICO JEITO DE CHEGAR, É PARTIR.

Esse caminho ruim passa, acaba.

Passe por ele confiante.

Prefira os passos pequenos, esqueça essa ganância de só querer dar passos grandes e corridas loucas.

Vai na calma.

Passe pelos buracos, pelas pedras, invejas, descrédito, dúvidas e tormentas.

SÓ PASSE. VOCÊ VAI SORRIR.

Uma hora, depois daquela subida mais difícil, a vista se abre, tudo fica bem e essa estrada ruim chega ao fim. Não vai ser fácil, vai ser cansativo, vai levar tempo, mas vai valer a pena, você vai ver.

A felicidade mora ali, no ponto final de toda jornada difícil que a gente manteve a esperança e a fé em percorrer.

Boa semana! Avante!


*Por Cleonio Dourado

“Graças a Deus algumas coisas não deram certo, para que tantas outras melhores viessem”.

E assim começamos o nosso artigo de hoje, lembrando-nos de todas as vezes que algo em nossas vidas não fluiu. Podemos trazer para o momento,...