segunda-feira, 23 de agosto de 2021

O problema por trás do Problema


Lara, 35 anos, limite estourado. Juros do cheque especial, dívida de 30 mil reais e uma frase: “30 mil reais resolveriam minha vida”. Só que é a terceira vez, em três anos, que Lara visita o cheque especial.⁣

Marco, 27 anos, sozinho no sábado à noite. Uma taça, uma cadeira e uma frase, todas vazias. A frase? “Uma boa companhia resolveria minha vida”. Só que Marco não encontra boas companhias desde os 12 anos.⁣

Caio, 38 anos, quase tudo em tudo. Quase diretor, mas a crise não deixa. Quase maratonista, mas o frio não deixa. Quase casado, mas a noiva mora em outra ci-dade e a distância não deixa. Caio dirá: “quando a crise, o frio e a distância passa-rem, eu serei”. Mentira. ⁣

O que Lara, Marco e Caio têm em comum? Todos focam em problemas circuns-tanciais. Nenhum olha para problemas existenciais. Ninguém enxerga o problema por trás do problema.⁣

Não é a falta de renda que compromete Lara. É a falta de equilíbrio. A pergunta não é “onde encontrarei dinheiro?”. A pergunta é: quem sou eu que nunca consigo viver com o que ganho?⁣

Marco não é prejudicado pela falta de companhia, mas pela falta de capacidade de construir relações. A pergunta: quem sou eu que não consigo fazer amigos?⁣

A distância, o frio e a crise não são problemas estruturais. O problema essencial de Caio é o não comprometimento. A questão é: quem sou eu que nunca cumpro um plano? ⁣

O que fazemos? Vemos o problema circunstancial. E esquecemos da essência. Mas se vivemos igual situação, o problema é existencial. Psicólogos dirão que você não aprendeu com a experiência prévia. Leigos falarão do seu “dedo podre”. Mas não é o seu dedo que é podre. É o seu gosto que é podre. Você gosta de agir dessa forma mesmo sabendo do sofrimento final. Sofrimento porque seu desejo não se cumprirá. É “o desejo pela não realização do desejo”. E isso é grave. Há pessoas com 50 anos vivendo os dramas que viviam aos 20.⁣

Se a circunstância se repete, mude a pergunta. Não questione qual é o problema. Pergunte qual é o problema por trás desse problema. Isso fará com que ele não se repita. E mudará o seu nível de vida.


* Sumer Agi

Tem gente que está na pior e quer te ver pior que ela

A pessoa achou que sabia de tudo. Bateu no peito e gritou. Disse ser a dona da verdade. Taxou suas palavras como ofensivas, pois não se alin...