quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Amor e diferença de Idade

Quando o cupido flecha dois corações de forma avassaladora é difícil equilibrar razão e emoção. Encontrar casais com grande diferença de idade nos dias atuais já não é raro. Encarando a diferença de idade como um mero detalhe, muita gente vem construindo muitas histórias de amor superando o tempo e o preconceito.

Da ficção das telenovelas e do cinema onde atrizes e celebridades se envolvem com rapazes, na vida real também muitas mulheres estão assumindo romance com homens mais novos e asseguram que vale a pena enfrentar o preconceito da sociedade, sem se importar com o que falam por aí.

Este comportamento que antes era restrito aos homens, aos poucos, vem sendo assumido por muitas mulheres que dizem valer a pena lutar por um grande amor. Todo mundo sabe que ter a mesma idade não é sinônimo de sucesso no relacionamento.

Relacionamento entre pessoas com idades diferentes podem sim ser harmoniosas, desde que, ambos tenham um entendimento do que é uma relação amorosa. Da mesma maneira que pessoas de culturas, raças e credos diferentes também podem ter um relacionamento amoroso muito prazeroso.

Qualquer que seja uma relação amorosa bem-sucedida depende mais da capacidade de entender, dividir, respeitar e ceder do que da idade cronológica, da origem, das raças e credos dos envolvidos. Saber administrar semelhanças ou diferenças é essencial.

Em relação às diferenças de idades temos considerar que hoje as expectativas de vida aumentaram muito e o reflexo da idade podem ser bem diferentes uns dos outros em relação ao seu corpo e cabeça.

Se existem homens e mulheres que já se acomodaram não se cuidam, e que se entregaram física e emocionalmente, hoje encontramos aqueles que têm se cuidado mais, da saúde geral e do corpo, da cabeça e, portanto tem muito mais disposição, flexibilidade, criatividade, que se somam à experiência própria de quem já trilhou um caminho mais longo.

Estar de bem consigo e com a vida ao encontra um(a) companheiro(a) mais jovem tem muita chance de conseguir lidar de forma positiva, com as inevitáveis diferenças que podem surgir. Que diferenças? Uma mulher jovem está descobrindo a vida, sua sexualidade, lidando com as novidades das sensações e das possibilidades que seu corpo jovem, saudável e com os hormônios a toda lhe proporciona. É mais inexperiente e, portanto pode enxergar problemas e dificuldades onde o homem mais velho sabe que um pouco de tempo e paciência pode resolver muito bem a situação.

Além disso, olhando para a vida de modo geral, a jovem está começando a planejar sua vida e o homem está na fase da colheita dos frutos, o que pode trazer certo descompasso, se isso não for bem administrado. Conversar sobre essas diferenças é o melhor caminho para encurtar os descompassos.

As motivações para um homem buscar uma parceira mais jovem podem ser várias, desde o acaso, uma preferência pessoal até uma “cabeça” jovem num homem maduro.

Da mesma maneira se dá com a jovem que se liga a um homem maduro, pode ser o acaso, pode estar ligado à sensação de segurança, uma preferência pessoal, pelo “complexo de Electra” ou, por que não puro interesse econômico.

Com idades e experiências diferentes, para que o relacionamento seja harmonioso é importante encontrar uma linguagem comum, e que ambos entendam e procurem se colocar no lugar do outro. É mais fácil para a pessoa mais velha que já passou pela idade da mais nova e muito mais difícil para a mais jovem que tem que intuir como se sente a pessoa mais velha.

O homem maduro oferece com sua experiência uma qualidade maior na atividade sexual. Se o homem teve uma vida sexual saudável e ativa durante a vida, ele pode ter um conhecimento muito maior dos segredos e artimanhas do jogo sexual, se preocupa com o prazer da mulher, pois sabe que isso também contribuirá para um maior prazer para ele. Mas não dá para afirmar que todo homem mais velho é assim. Se a vida sexual foi pobre e limitada, ele continuará assim.

Aceitar que existe essa diferença e que ambos terão que lidar de forma compreensiva e positiva para superá-las é fundamental e importante para que a relação seja harmoniosa. Combinar a força criativa da juventude com a força da experiência pode dar bons resultados, mas realmente vai depender do empenho e interesse do casal.

Aceitar as mudanças do parceiro com o passar do tempo e estar consciente e predisposto a isso é que irá determinar a duração dessa relação

O novo sempre assusta. A diferença de idade no amor é um dos inúmeros preconceitos que as pessoas trazem vida a fora e que acabam limitando suas vidas.

Mas, o que importa mesmo é fazer e ser feliz, sem esquecer que nas questões do amor não existem garantias…

Só é possível saber se vai dar certo, tentando. E por que não?

Talvez você esteja exigindo demais

Querer é um direito seu, ter é um privilégio. Até que ponto vale a pena fazer a vida parar só para que ela aconteça exatamente do jeito que ...