sexta-feira, 29 de julho de 2011

Pense em Novas Possibilidades, Pense no Futuro.

Quantas vezes as pessoas vêm lhe falar sobre mudanças, sobre os acontecimentos da vida e sobre como tudo o que lhe acontece é realmente para o seu bem, para o seu aprendizado. Falam que experiências que lhe acontecem têm de lhe acontecer: pois pensam que na transformação de quem você um dia foi em quem você hoje é, ou que no futuro será.

Nem preciso dizer quantas, mas sei que não são poucas por que eu sou uma dessas pessoas que vivem dizendo isso.

É nisso que acredito e é assim que justifico muitas, senão todas, das coisas que me acontecem.

Se entendermos que o que vivemos hoje vai, em algum momento se entrelaçar ao amanhã, pois, queiramos ou não, essas vivências passam a fazer parte das nossas vidas.

Tudo o que parece hoje fragmentado, sem sentido, devaneio, sonho, fantasia, loucura na verdade realmente o é. Só que cada fragmento é parte de um todo e que poderão no futuro irem se juntando, formando e tomando sentido do que antes nada se encaixava.

Assim um momento de dor ou sacrifício hoje pode amanhã se constituir num sorriso futuro, uma realização de um desejo.

Uma longa caminhada começa com o primeiro passo, mas não podemos esmorecer e só dar alguns passos senão não vamos chegar a lugar nenhum.

Quando iniciamos uma longa caminhada procuramos tomar cuidado e escolher calçados apropriados e mesmo assim muitas vezes vemos um calo se formar no pé. Ele vai estar ali incansável na sua tarefa de lhe machucar, incomodar, latejar, causar um incômodo tremendo. Você não consegue esquecer-se dele. A cada passo sente ele presente, em carne viva.

Por mais que faça colocando algum remédio ou proteção não consegue isolar a dor a cada passo.

O que fazer? Você com certeza vai seguir em frente convivendo com aquela dor da melhor forma que pode. Caminhando, passo a passo, às vezes pisando de lado, às vezes se apoiando mais no outro pé, mesmo que cada passo lhe machuque e lhe seja doído, pois tem que ir em frente. Afinal está determinado a concluir a longa caminhada.

Quando menos espera, sem que saiba ou perceba, sem que você racionalize, sem que você até se lembre de fazer novo curativo, você calça apressadamente seus calçados, e já bem longe no caminho percebe: o calo não lhe dói mais.

Somos assim. Sentimos a dor na sua chegada espalhafatosa, mas não percebemos quando ela se vai de mansinho, sorrateiramente.

Ter a consciência de que sua transformação vem ocorrendo e quanto já ocorreu nos dá a noção do tempo.

O tempo é o melhor conselheiro e mestre de qualquer um desde que se aceite ser seu aluno. O tempo tem como missão nos tornar mais sábio e melhor companheiro de nós mesmos.

Entender e aceitar que passado, presente e futuro fazem parte de um mesmo todo, é assumir-se ser contínuo, é entender que transformar-se é o primeiro e o último ato do ser humano.

Seja em nossa vida pessoal e profissional, seja na vida de uma comunidade ou país tem que se ter a ambição de ser mais, de ser melhor, de ter mais do que temos hoje.

Temos que ter a ambição de que tudo que conquistamos ainda é pouco perto do que queremos ainda conquistar. Se tivermos claro isso em nossas vidas com certeza estaremos dizendo sempre para nós mesmo é HORA DE MUDAR, o que necessariamente não quer dizer deixar de fazer o que vem dando certo, mas quer dizer ir ALÉM.

Talvez você esteja exigindo demais

Querer é um direito seu, ter é um privilégio. Até que ponto vale a pena fazer a vida parar só para que ela aconteça exatamente do jeito que ...