terça-feira, 22 de junho de 2010

Você sabe dar e respeitar os seus limites na relação?

Você não tem mais amigos só seus, não dá mais palpite, não vive, literalmente, sem a companhia do outro? Será que você é a pessoa do casal que cede o tempo inteiro?

Querer mudar essa situação já é um passo e tanto. Veja quais são suas prioridades a partir de então:

Identifique suas preferências e seus gostos. Se você não vê a menor graça em almoçar com a sogra, por que não sugere um programa mais interessante?

Reconheça e conquiste seu próprio limite. Nada mais estimulante para o outro do que uma pessoa que se gosta e que sabe das suas potencialidades. Aumenta o tesão.

Fale das suas vontades e do que incomoda você. Isso não quer dizer esperar que o outro realize todos os seus desejos da noite para o dia. Quer dizer, sim, para você dizer com todas as letras que tem desejos (ainda bem!).

Aceite o limite do outro, sem mágoas. Conquistar espaço é assim mesmo: um passo para frente e dois para trás. Afinal, vocês serão felizes na medida em que aceitarem as suas diferenças.

Invista nos momentos a dois, preparando-se para o encontro como se fosse sempre a primeira vez. Ai, que delícia! Isso dispensa explicações.

É certo que, para o homem, sempre foi mais fácil a busca e a conquista deste espaço; no entanto, hoje em dia, com o avanço cada vez maior da mulher no mercado de trabalho, a definição de sua vida própria já não parece algo surpreendente. Mesmo ainda sendo freqüentes os conflitos originados justamente por esta independência moral e financeira alcançada pela mulher, e o choque que esta realidade causa ao esteriótipo "mulher do lar".

A idéia que se deve ter em mente, é que delimitar o espaço não significa abandonar ou deixar o outro de lado. E nas palavras da psicóloga Alessandra Cassia L. Barbieri, "é preciso que as pessoas compreendam que só conseguirão sustentar uma relação, se forem capazes de sobreviver sozinhas. Também é importante saber que o seu relacionamento não pode ser a única fonte de prazer em sua vida”, diz ela.


Os Limites que Salvam ou...
Como lidar com os limites dele sem arrancar os cabelos
Seja esperto e abra espaço para os limites dela

Fonte: site vai dar certo

Não tenha medo de abrir mão do que você quer para viver o que Deus quer para você

Deus só pode agir naquilo em que O deixamos trabalhar. Às vezes, saímos feridos de um relacionamento, tão machucados, que achamos que o “o a...