sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Não é o fim, é apenas o começo”


Todos nós passamos por momentos difíceis, e em alguns desses momentos turbulentos surgem obstáculos os quais enfrentamos sozinhos.


Isso acontece para crescermos e nos tornamos fortes diante das adversidades da vida.


A sensação é de que estamos a viver os piores momentos, os quais não conseguiremos resolver. A angústia e a aflição nos fazem sentir incapazes, parecemos procrastinar a solução de determinados problemas.


O que precisamos compreender é que não é isso que acontece, mas a verdade é que necessitamos de um tempo para digerir o problema. Somente após esse tempo é que temos condições para buscar as soluções.


Durante esse tempo também nos fortalecemos, compreendendo que certas atitudes não são as melhores alternativas e determinadas palavras não servirão de justificativas.


Depois do deserto, superando a solidão, as pessoas mais próximas e os verdadeiros amigos aparecem, trazendo consigo uma palavra amiga que nos consola, transformando esse momento angustiante em paz. Então compreendemos a importância da solidariedade.

 

Aos poucos, nós nos reencontramos na vida e seguimos nosso caminho, mas é justamente nesse período de grandes tribulações é que descobrimos que a força que possuímos vem através das lições da vida, que nos tornam fortes.


Descobrimos que estamos prontos para viver um novo tempo, com novas oportunidades, uma nova vida com novos planos e sonhos.


Quanto ao que julgávamos ser o fim, descobrimos que é apenas o começo de uma nova vida.


*Renata Guimarães


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF/mariasavenko


“Cada próximo passo da sua vida vai exigir um novo você. E algumas vezes precisamos ser quebrados para nos tornarmos uma nova versão de nós mesmos”

Você já parou para pensar que as experiências que a gente vive, por mais turbulentas ou dolorosas que sejam, talvez tenham acontecido para n...