quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Está em você...

Um psiquiatra recebeu em seu consultório um paciente com depressão aguda. Segundo a família, ele estava naquele estado há mais de 5 anos . Agora estava ali, diante do médico, em busca de um remédio que o curasse de forma instantânea.
O médico, acostumado a todo tipo de paciente, olhou-o no rosto e falou com firmeza: "Tenho duas notícias para lhe dar. Uma delas é que ainda não existe um remédio para a sua doença."
O paciente contorceu-se na cadeira, e perguntou um tanto irritado: "e a outra notícia?" "Bem, a outra notícia é que a sua cura depende da sua vontade". "Como assim, Doutor? Eu não tenho vontade para nada. Não tenho vontade de trabalhar, nem de falar com pessoas, nem de sair. A vida não tem mais sentido para mim."
O psiquiatra, que o observava com atenção, lhe falou com voz muito firme: "você está cheio de vontade." Aí o paciente não se conteve, deu um murro sobre a mesa e retrucou nervoso: "o senhor está brincando comigo? Eu já lhe disse que não tenho vontade, Doutor." Sem se alterar, o médico voltou a afirmar: "o senhor tem muita vontade, sim. Tem vontade de não trabalhar, de dormir, de não falar com ninguém, e vontade de se isolar do mundo."
"Mas a vida não tem sentido para mim". Tornou a dizer o paciente. O médico, conhecedor das causas que levam a pessoa a esse estado de ânimo, disse-lhe: "você está é com raiva do mundo e por isso fica dessa forma, para punir aqueles que o infelicitaram e que não consegue perdoar." Nesse momento o homem quase teve um surto. Levantou-se e gritou, enlouquecido: "Eu nunca vou perdoá-los! Meu patrão me despediu, acabou com a minha vida, meus irmãos me roubaram a herança e..."
E desfilou uma lista de nomes de pessoas que odiava com toda força de seu ser. Então o psiquiatra voltou a dizer: "somente quando você perdoar conseguirá se livrar desse ácido que o corrói e o está matando, dia após dia." E aquele homem enorme, falou entre dentes: "eu nunca vou perdoá-los". O médico aproveitou a oportunidade para reafirmar ao seu paciente que ele estava cheio de vontade, mas dirigida para a própria infelicidade. ......
Vale a pena meditar sobre a direção que estamos dando a nossa vontade. Até quando dizemos que não temos vontade, estamos usando nossa vontade para não sentir vontade. Se você ainda não havia pensado por esse ângulo, pense agora.
Lembre-se de que a vontade é uma força neutra que existe em nós, capaz de definir nossas ações. Basta que saibamos dirigir essa força de acordo com nossa escolha. Se escolhemos ter vontade firme de não perdoar, de manter o desejo de vingança, podemos dirigir essa força para a indulgência, para o perdão. O que geralmente acontece, é que sentimos prazer mantendo esse estado de coisas. Sentimos prazer em chamar a atenção dos outros, fazendo-nos de vítimas.
Essa autopiedade é extremamente perigosa, pois pode nos levar a situações de maior infelicidade ainda. Por todas essas razões, vale a pena direcionar a nossa vontade com lucidez. Com o desejo sincero de construir a nossa felicidade efetiva, sem o prazer mórbido de infelicitar aqueles que nos infelicitam. Pense nisso, mas pense agora. Tenha força pra sair desse sofrimento. Deus jamais vai te abandonar!!!

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Me Perdeu

"É estranho, meu sentimento está esfriando, eu não esperava por isso, nunca imaginei. Acho que foi por que você me magoou tanto que não dói mais, você está tão distante de mim que eu já me acostumei com a sua ausência.

Eu estou finalmente seguindo em frente, e isso não é normal meu. Eu estou finalmente conseguindo te esquecer, eu encontrei outro alguém, que está me fazendo bem, que está me ajudando à te esquecer.

Eu queria que fosse eterno, que nossa história nunca tivesse fim, mas agora, eu não me importo mais. Sinceramente, eu acho melhor cada um seguir a sua vida, acho melhor terminar com isso tudo, para sempre. É que eu simplesmente cansei de amar por dois, cansei de só eu correr atrás. Eu sempre te avisei que um dia eu iria embora, o seu problema é que você nunca acreditou, ou nunca se importou.

E agora eu estou indo, eu estou feliz, com outra pessoa. Ele me faz bem, sabe? Nós conversamos bastante, desabafamos um com o outro, somos bem amigos, ele realmente se importa comigo! Não é como você que só fingia. Se lembra quando brigávamos e eu que tinha que pedir desculpas, mesmo estando certa? Então, com ele é diferente, não sou só eu quem corro atrás, mas ele também.

Um dia você talvez se pergunte: "O que eu fiz para ela desistir de mim?" ou "Ela realmente foi embora?", então, você vai ler as centenas de textos que escrevi para ti, e vai perceber que depois desse, os textos serão para outro.

Aí você vai perceber que realmente me perdeu, aí você vai saber que ele fez uma coisa que você nunca fez: Me deu valor. E a culpa é toda sua, sim, sua, por que eu lutei, lutei no antes do começo, no começo, no meio, no fim e até depois, mas foi em vão, e eu cansei, e eu me virei, e doeu em mim, mas passou, passou e nunca mais vai voltar.

E eu agradeço muito por isso, sabe por quê? Por que eu não precisei congelar o coração para te esquecer, por que, mesmo depois da decepção, eu não fugia de todo mundo que tentava me fazer feliz, como você faz, por quê, eu encontrei alguém que me faz bem, que se importa comigo, alguém que é só meu.
Eu sei que agora você está achando que eu só estou falando isso por que eu quero que você pense que me perdeu, mas no futuro você vai ver que cada palavra que estou escrevendo é real, e que você não pode fazer nada para mudar isso.

Essa é só uma carta de despedida, da menina que mais te amou, mas você perdeu."

Não sei explicar o que sinto por você, ás vezes é dó, ás vezes é raiva, mas a maior parte das vezes é pena, sim, é pena por você não ter me dado o devido valor e agora que percebeu que me perdeu mesmo fica ai, correndo atrás. Coloca na sua cabeça que E-U-N-Ã-O-T-E-Q-U-E-R-O-M-A-I-S. Compreendeu ?

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Não pare, continue

OS CAMINHOS QUE TROUXERAM VOCÊ ATÉ AQUI, NÃO SERÃO OS MESMOS QUE TE LEVARÃO DAQUI PRA FRENTE

Muitas vezes não temos muito a oferecer, ou repartir, mas enquanto existirem palavras que tragam de volta a esperança perdida na longa noite das dificuldades da vida, elas valerão mais do que do qualquer dinheiro ou bem material, porque renovam a vontade de lutar até encontrar soluções para nossos problemas.
Algumas palavras, nos momentos certos trazem de volta a vontade de viver e tem o poder de transformar quem está quase desistindo. Palavras que podem transformar um desiludido em alguém que volte a amar a vida com intensidade bastante para lutar quantas vezes for necessário, até vencer. Palavras que despertam a emoção, fazem amar e ter a esperança inabalável de que podemos mudar o manhã de nossas vidas, para sempre. Não temos muito a oferecer, senão palavras que façam continuar, continuar, continuar, sem desistir.
Não desista diante da crise. Desistir é muito fácil e qualquer um sabe fazê-lo. Use toda sua determinação e coragem para tornar-se alguém especial. Use toda sua criatividade para construir novas armas e inventar novos meios para eficientemente superá-la. Porque ao vencermos a crise teremos crescido e apreendido tanto, que nada mais na vida poderá deter-nos.
Somente as derrotas podem proporcionar meios de calibrar nossos instrumentos e ideais para a conquista dos nossos objetivos... a vitória. O melhor seria dizer que uma vitória não é nada mais do que o resultado inevitável de uma seqüência de fracassos devidamente reavaliados e corrigidos.
Porque o verdadeiro vencedor, não é aquele que vence todas as tentativas, mas quem apesar de sucessivas derrotas, jamais deixou de tentar. Assim concluímos que não existem verdadeiros perdedores, mas sim, pessoas que deixaram de tentar muito cedo e por isso nunca chegam a vencer. Porque a vitória é somente o resultado de inúmeras derrotas somadas, devidamente reavaliadas e corrigidas. Por este é o motivo, não existe um só homem que tenha vencido, sem antes passar por inúmeras derrotas.
Concluímos assim, que a pior de todas as tentativas é aquela que não foi feita. Por pior que seja este momento, por maior que seja sua dor, ou por mais cruéis que sejam suas dúvidas de que um dia viveremos tempos melhores, tenha sempre a esperança viva no seu coração. Aprenda com a natureza uma magnífica lição, quando depois de alguns dias de chuva nos presenteia com uma linda manhã de Sol.
Ao enfrentar este momento difícil ou iniciar uma nova empreitada confie sempre nas palavras de Cristo, quando prometeu que "O bom e justo, jamais há de estender sua mão à mendicância". Portanto se você se considera Bom e Justo, não há o que temer, porque mesmo nos momentos mais difíceis, você sempre encontrará soluções que oferecerão o suficiente para sua sobrevivência.
Os maiores fracassos, residem sempre na falta de esperança, porque é mais fácil acreditar que não vamos conseguir, do que lutar até vencer os desafios que a vida nos impõe. É mais fácil responsabilizar outras pessoas ou acontecimentos pelo fracasso das nossas investidas, do que assumir as limitações e o vazio de esperança em que vivemos.
O NÃO POSSO, assim como o NÃO CONSIGO são afirmações que exprimem a incapacidade de reagir em que vivemos, como se fossemos a imagem e semelhança da falta de perseverança e obstinação.
"LUTAR E VENCER INFALIVELMENTE ONDE QUER QUE EU VÁ, OU EM TUDO QUE EU FAÇA" Este deve sempre o nosso lema.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Olhe para trás

Está vendo o caminho percorrido? Entre quedas e tropeços, subidas e descidas, momentos bons e ruins, chegamos até aqui.

Vivemos histórias que não pertencem a ninguém mais. Guardamos na memória fatos que máquina nenhuma no mundo conseguirá revelar: fazem parte das nossas lembranças, nossos passos e da pessoa única que somos.

Mas, infelizmente, temos o hábito de guardar cicatrizes do que nos fez infelizes e olharmos como uma lembrança distante e apagada o que nos deu alegria. É possível ressentir uma grande dor com grande intensidade, trazendo à tona as mesmas emoções vividas, mas como é difícil ressentir do mesmo jeito uma felicidade que um dia nos fez vibrar!

O ideal seria inverter as situações. Guardar na pele e na alma cicatrizes do que nos fez bem e nos lembrar do mal sem muita nitidez. Guardar das pessoas o lado bom, o bem que nos fizeram e o que de bom vivemos juntos. Talvez devesse constar com mais freqüência as palavras "perdão" e "compreensão" no nosso dicionário.

De vez em quando, digo, olhe para trás! Mas não se volte completamente. Olhe apenas o bastante para se lembrar das suas lições para que estas te sirvam no presente. Não lamente o que ficou, o que fez ou deixou de fazer. O que é importante seu coração carrega.

Olhe diante de si! Há esse véu encobrindo o que virá, deixando entrever apenas o que seus sonhos permitem. Mas existe dentro de você uma sabedoria de alguém que desbravou alguns anos da história. Existe dentro de você uma força que te torna capaz!

O dia chega insistente como as marés do oceano. Às vezes calmo, outras turbulento, mas presente sempre. Vivo sempre. Cada noite dormida é uma vitória, cada manhã, um novo desafio. E você nunca está sozinho, mesmo quando se sente solitário. Todo o seu passado está gravado em você, como gravadas estão as pessoas que você amou.

Levante esse véu pouquinho a pouquinho a cada amanhecer; sem pressa, saboreando a vida como uma aventura, nem sempre como um mar calmo e tranqüilo, mas possível, muito possivelmente vitoriosa. Construa hoje as suas marcas de amanhã.

Letícia Thompson


7  - Modos de Enfrentar as Dificuldades Vida
1 - TENHA A CONVICÇÃO DE QUE DEUS ESTÁ NO CONTROLE DE TUDO

2- NÃO TENHA MEDO DE SITUAÇÕES NOVAS

3 - TIRE PROVEITO DAS DIFICULDADES

4 - NÃO ESCUTE PALAVRAS DE DESÂNIMO E DÚVIDA

5 - LEMBRE-SE DE QUE VOCE PRÓPRIO É UMA SOLU&CÃO

6 - ESTEJA SE FORTALECENDO INTERIORMENTE CADA MANHÃ

7 - AGRADEÇA A DEUS PELA OPORTUNIDADE DE LUTAR E VENCER

"A NOSSA VISÃO DA VIDA DETERMINARÁ O NOSSO SUCESSO OU FRACASSO.

SEJA ENTÃO DOS QUE ACREDITAM, SE ESFORÇAM E VENCEM.

DEUS GOSTA DOS QUE NÃO RECUAM."

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Menosprezo

Não critique as pessoas pouco dotadas fisicamente.
Se aos olhos da maioria alguém parece extremamente feio,
não use isto como meio de depreciar esta pessoa.
Procure, ao invés disto, descobrir o que existe dentro dela.
A aparência não é tudo.
Verifique os valores íntimos das pessoas.
Quem sabe você poderá descobrir belezas ocultas?
A beleza física é transitória.
Não se apegue apenas à aparência externa.
Não viva de ilusões para não sofrer mais tarde.

Um príncipe, orgulhoso da sua realeza, foi certo dia caçar em lugar montanhoso e afastado. A certa altura de seu caminho, viu um velho eremita, sentado diante de sua gruta, e muito atento a considerar uma caveira que tinha nas mãos. Indignado por não lhe ter o velho dado a menor atenção, nem sequer levantando os olhos para a luzida companhia de caçadores, o príncipe aproximou-se dele, e disse-lhe, entre rude e zombeteiro: - Levanta-te quando por ti passa o teu senhor! Que podes ver de tão interessante nessa pobre caveira, que chegas a te abstrair da passagem de um príncipe e tantos poderosos fidalgos?

O eremita erguendo para ele os olhos mansos, respondeu em voz singularmente clara e sonora. - Perdoa, senhor. Eu estava procurando descobrir se esta caveira tinha pertencido a um mendigo ou a um príncipe, mas não consigo distinguir de quem seja. Nestes ossos nada há que me diga se a carne que os revestiu, repousou em travesseiros de plumas ou nas pedras das estradas. Eu não saberia dizer se devia levantar-me ou conservar-me sentado diante daquele que em vida foi o dono deste crânio anônimo.

O príncipe, cabeça baixa, prosseguiu, mas a caçada não teve, naquele dia, qualquer encanto para ele. A lição da caveira abatera-lhe o orgulho.
Não menospreze a inteligência das pessoas.
Não se julgue o dono da verdade e da sabedoria.
Só Deus assim o é.
Ele nos criou a partir de sua inteligência e amor,
doando a todos os seus filhos a graça de pensar e amar.
Ninguém é mais do que ninguém.
Nunca critique, portanto, a capacidade de outra pessoa,
pois ela é infinita assim como a sua.
Se você fosse sábio,
jamais menosprezaria a inteligência das outras pessoas.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Uma declaração

Hoje quero dizer-te algo, quero que saiba que te amo do fundo do coração e que esse amor não é algo simples que se sente por qualquer pessoa, é um sentimento especial de natureza pura e Divina, um calor que inflama o peito e nos faz sentir ainda mais forte a veracidade desse amor. Amor meu, não duvides de mim.

Conhecer-te, foi descobrir o que significa a palavra felicidade! Tu és a minha alegria de viver, a razão da minha vida, tu fazes-me sentir o maior dos prazeres, trouxeste-me a paz, a segurança. Quero-te para mim se possível até ao meu último suspiro, mas se não for possível, irás sempre nos meus pensamentos... quero-te mais que tudo... tu és um sonho para mim. Aos poucos passamos a conhecer melhor e descobrimos, sim é amor, mútuo. Porque então não estamos juntos? Engano, estamos juntos, um no coração do outro, pois a distância que separa os nossos corpos não é maior que o amor que une as nossas almas.

Um dia, os nossos corpos também estarão juntos e a nossa felicidade será completa, ao estarmos entregues de corpo e alma e esse amor não morrerá, visto que durou até agora, ultrapassando as barreiras do tempo e da distância para se concretizar num único objectivo: Um amor celestial, para toda a eternidade.

Não sei se haveria no mundo alguém a quem eu pudesse dedicar tanto amor quanto eu dedico a ti. Não! Não haveria mesmo, és única capaz de me fazer tão bem e de preencher o meu coração com tanta alegria. És um anjo de amor que invadiu a minha alma para me fazer feliz e, assim, eu só posso concluir que todo o afecto que eu tenho só pode ser dirigido a ti. Em todos os minutos de cada um dos meus dias, o meu pensamento está em ti. Em todos os instantes da minha existência eu penso no teu conforto e no teu bem-estar. Em todas as passagens dos meus melhores sonhos tu estás presente. Realmente, invadiste o meu coração e fizeste-me uma pessoa melhor. Transformas-te a minha vida em algo muito mais bonito e prazeroso, fizeste com que tudo à minha volta ganhasse mais brilho e cor.

Eu amo-te por tudo de bom que me dás, até´por me evitar. Eu amo-te com todas as minhas forças, e pretendo continuar dedicando a ti todos os meus melhores esforços, toda a minha afeição e carinho, tudo o que eu puder fazer para que vivas cada vez mais feliz, pois a tua felicidade é a minha também. Espero que gostes das palavras que escrevi, fiz  pensando em ti, Minha amada. Como te amei no passado, amo-te agora e para sempre, pois amor que é real não morre, mas dura eternamente.

Soprei aos ventos um beijo de amor que chega a ti . Não sou o tipo de pessoa que se apaixona e desapaixona facilmente por isso muitas vezes sofro, por isso muitas vezes temo e em ti pus a minha esperança e a ti confio o meu coração, só a ti desejo realmente e a ti amarei eternamente. Prometo que estarei sempre a teu lado seja em que circunstância for, nunca duvides disso.
                                                                                                                                                                                                                                     Por: As palavras que nunca direi

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Milho de Pipoca

 
"Milho de pipoca que não passa pelo fogo Continua a ser milho para sempre."
Assim acontece com a gente.
As grandes transformações acontecem Quando passamos pelo fogo.

Quem não passa pelo fogo, fica do
Mesmo jeito a vida inteira.
São pessoas de uma mesmice e uma Dureza assombrosa.
Só que elas não percebem e acham que
Seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo.

O fogo é quando a vida nos lança numa Situação que nunca imaginamos: a dor.

Pode ser fogo de fora:
Perder um amor, perder um filho, o pai, a Mãe, perder o emprego ou ficar pobre.

Pode ser fogo de dentro:
Pânico, medo, ansiedade, depressão ou Sofrimento, cujas causas ignoramos.

Há sempre o recurso do remédio:
Apagar o fogo! Sem fogo o sofrimento Diminui. Com isso, a possibilidade da Grande transformação também.

Imagino que a pobre pipoca, fechada Dentro da panela, lá dentro cada vez
Mais quente, pensa que sua hora chegou: Vai morrer. Dentro de sua casca dura, Fechada em si mesma, ela não pode Imaginar um destino diferente para si.

Não pode imaginar a transformação que Está sendo preparada para ela.
A Pipoca não imagina aquilo de que ela é Capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder
Do fogo a grande transformação acontece:
BUM!

E ela aparece como uma outra coisa Completamente diferente, algo que ela Mesma nunca havia sonhado.
Bom, mas ainda temos o piruá, que é o Milho de Pipoca que se recusa a estourar.

São como aquelas pessoas que, por mais Que o fogo esquente, se recusam a mudar. Elas acham que não pode existir
Coisa mais maravilhosa do que o jeito Delas serem.
A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura.
No entanto, o destino delas é triste, já
Que ficarão duras a vida Inteira.
Não vão se transformar na flor branca, Macia e nutritiva.
Não vão Dar alegria para ninguém.

(Extraído do livro: O Amor que Acende a Lua de Rubem Alves.)

O Caminho dos vencedores
é sempre traçado passo-a-passo
com muito esforço, suor e,
muitas vezes, com lágrimas.
Disse o Senhor: O que Eu faço hoje só entenderás amanhã.
Sabemos que a alegria da vitória
compensa qualquer sacrifício.
Somente pessoas corajosas,
constantes e decididas chegam ao fim.
"A perseverança conquista a vitória“.
É enfrentando as dificuldades que você fica forte.
É superando seus limites que você cresce.
É resolvendo problemas que você desenvolve a maturidade.
É desafiando o perigo que você descobre a coragem,
arrisque e descobrirá como as pessoas crescem,
quando exigem mais de si próprias e assim conseguem
alcançar os seus objetivos...!!!
Se você não venceu ontem, não se preocupe.
Vencerá hoje!!!

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

O bem maior

Não existe maior bem do que fazer a felicidade de alguém. Nem nada menos caro, nem mais fácil, pois que a felicidade é algo que se pode oferecer em gestos, e atenções.
Se olhamos à nossa volta, percebemos que a carência humana está no fato das pessoas terem perdido os valores imateriais a favor dos materiais.
 
Compra-se quase tudo em nossos dias...mas o bem ninguém compra. Compra-se até companhia, mas não a sinceridade. Compra-se conforto, mas não a paz de espírito, não a tranqüilidade, menos ainda a felicidade. Esta a gente oferece.

Há uma grande diferença entre o dar e o oferecer.
Quando damos, estendemos a mão, mas quando oferecemos... é nosso coração que entregamos junto, é um pedacinho de nós que vai caminhando na direção do outro
e o bem que ele provoca retorna ao nosso interior.
Tornamos pessoas felizes quando damos de nós mesmos.

E damos de nós quando oferecemos o que quer que seja de coração escancarado. O grande mal do mundo consiste no fato das pessoas guardarem coisas para si.
Guardam bens, guardam sentimentos, guardam declarações, guardam ressentimentos, falam ou calam na hora errada.
 
Vivem de aparências com as gavetas da alma repletas de coisas inúteis. E quando morrem, tornam-se pó, como todo mundo, sem ter aproveitado o tempo para compartilhar, com honestidade, o bem que a vida lhes ofereceu.

A maior herança que podemos deixar à humanidade é o amor que oferecemos de várias formas, são as pequenas felicidades do dia-a-dia que vamos distribuindo aqui e acolá, a compreensão que acalma as almas inquietas e a ternura que abranda os desenganos da vida.

E o que representa a felicidade hoje pode não representar amanhã. Por isso ela é tão múltipla, tão incompreendida e tão necessária. Por isso é tão importante distribuir sorrisos, plantar flores, fazer visitas, dar bom dia e boa noite,
não se esquecer dos abraços e dos te amo imprescindíveis ao coração.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Pré-julgamento


Toda vez que você julga alguém é a partir de uma atitude de arrogância, de uma ilusão de superioridade. Você pretende estar em um pedestal que o coloca acima dos outros. Você estará medindo os outros por sua própria régua, por sua própria escala de valores.

E que divindade o nomeou de “a pessoa certa?”

Não seja tão pretensioso! Quando você julga os outros, você não os define, você define a si mesmo. Julgar atitudes alheias é quase sempre uma forma de se revelar ou expor as próprias tendências, boas ou más. Aproveite o tempo que você desperdiça em julgar os outros para melhorar a si mesmo.

Por exemplo: toda vez que você se perceber irritado ou zangado com alguém, não contemple a pessoa, mas a si mesmo. A pergunta a fazer não é:

“Que há de errado com esta pessoa?”

e sim

“O que esta irritação revela a meu respeito?”

E diga para si mesmo:

“A causa de minha irritação não está nesta pessoa mas em mim”.

Logo você compreenderá que sua frustração e irritação em relação à outra pessoa são sentimentos auto-infligidos. Lembre-se que quando a outra pessoa está errada, o erro é relativo, é apenas em relação às suas expectativas.

Quando você se irrita com alguém é porque ela não corresponde às suas expectativas. E por que deveria? Quanta tolice e arrogância existem ao exigir que a outra pessoa veja as situações pelo seu ponto de vista? Se os outros apenas pensassem, dissessem e fizessem aquilo que você lhes manda pensar, dizer e fazer, sua insatisfação acabaria num instante. E a deles também.

Deve ser muito frustrante quando os outros se negam a reconhecer que você tem sempre razão!

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Voe mais alto...

Logo após a 2ª Guerra Mundial, um jovem piloto inglês experimentava o seu frágil avião monomotor numa arrojada aventura ao redor do mundo.

Pouco depois de levantar vôo de um dos pequenos e improvisados aeródromos da Índia, ouviu um estranho ruído que vinha de trás do seu assento.

Percebeu logo que havia um rato à bordo e que poderia, roendo a cobertura de lona, destruir o seu frágil avião.

Poderia voltar ao aeroporto para se livrar de seu incômodo, perigoso e inesperado passageiro. Lembrou-se, contudo, de que os ratos não resistem a grandes alturas.

Voando cada vez mais alto, pouco a pouco cessaram os ruídos que quase colocaram em perigo a sua viagem. Moral da estória:

Se o ameaçarem destruir por inveja, calúnia,
maledicência, diz que diz. voe mais alto.

Se o criticarem, voe mais alto...

Se fizerem injustiças a você, voe mais alto!!!

Lembre-se sempre que eles não resistem

às grandes alturas ...

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Alma de minha alma

" Há certas horas, em que não precisamos de um amor... não precisamos da paixão desmedida... há certas horas, que só queremos a mão no ombro, o abraço apertado ou mesmo o estar ali, quietinho, ao lado... sem nada dizer...
 
há certas horas, quando sentimos que estamos pra chorar, que desejamos uma presença amiga, a nos ouvir paciente, a brincar com a gente, a nos fazer sorrir... alguém que ria de nossas piadas sem graça... que ache nossas tristezas as maiores do mundo... que nos teça elogios sem fim...
 
e que apesar de todas essas mentiras úteis, nos seja de uma sinceridade inquestionável... que nos mande calar a boca ou nos evite um gesto impensado... alguém que nos possa dizer: Acho que você está errado, mas estou do seu lado... "
Quando cheguei aqui, sentia-me só, faltava algo em mim. Não sabia o que poderia ser; Um vazio enorme, que nenhuma loucura poderia preencher!

Sempre me achei incompleto, sempre faltou algo em meu coração, um pedaço que procurei pelas esquinas da vida.

Me iludi, enganando meu coração ao procurar em outros rostos aquilo que nem eu mesmo sabia, até que o espelho me disse para desistir.

Apesar de inconformado, aceitei e não persisti nesta procura, talvez meu pedaço não existisse. Seria fruto de minhas ânsias, de meus sonhos!...

Mas eis que aparece o destino, intrépido e moleque como ele só. Sem me dizer nada, no seu silêncio eterno, me trouxe você, tão carente e imperfeita como eu.

Aos poucos, aprendemos com nossos erros, aprendemos a ver o belo nas nossas imperfeições. Somos duas almas imperfeitas, somos almas de nossas almas, nossas imperfeições se completam.

Compreendi que o amor é ilógico, não tem idade, não tem tempo para acontecer. Não tem lugar, nem se submete a nenhuma regra. Sua única regra é ser, custe o que custar

Ah! o amor! Esta energia sem fronteiras! Nos acalenta e nos transforma o modo de viver. Esta agonia dentro de minha alma, somente termina quando você está ao meu lado! Somente ao teu lado meu coração se acalma. Somente ao teu lado eu me completo...
 
 

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

O que Deus espera de mim

Todas as vezes que vemos alguém celebrar sua formatura em um curso universitário, sabemos que ali está a conclusão de uma etapa de sua vida.
E comemora-se porque é o resultado de muito esforço, dedicação, estudo, renúncia em prol de um objetivo nobre.
Quando ouvimos a apresentação de um grande músico, virtuose em seu instrumento,  percebemos a síntese de anos de dedicação, ensaios, estudos. Tudo para desenvolver sua técnica e sensibilidade musical.
Quando admiramos a apresentação de um bailarino pela sua técnica irrepreensível, ou quando nos entusiasmamos com um atleta pela sua habilidade incomparável, vemos o resultado de quem usou o tempo para se dedicar à arte, ao esporte.
Assim também se dá nos mais variados campos do conhecimento humano. Seja o atleta ou bailarino, o professor ou o arquiteto, sempre alcançam seus objetivos e concluem sua formação, graças ao esforço e renúncia.
Para uns, serão horas infindáveis sobre os livros. Para outros, serão longos momentos de ensaio ou treinamentos a lhes exigir tempo e perseverança.
*   *   *
Em nossa vida interior não é diferente. Nenhum de nós terá dons ou virtudes gratuitas ou ofertadas como presentes injustificáveis da Bondade Divina.
O que Deus nos oferece é a oportunidade de desenvolver dons e virtudes que ainda adormecem em nossa alma, esperando o esforço de cada um de nós.
A vida é, pois, a oportunidade de desenvolver virtudes morais e dons intelectuais.
Por isso mesmo, ela nos oferece embates, dores, dificuldades e desafios. Serão sempre as oportunidades de aprendizado e progresso.
Pensemos em quantos de nós, após um processo doloroso e difícil em determinado momento da vida, saímos dele mais fortalecidos e amadurecidos. É o aprendizado que se concretizou.
A vida não é só feita dos aprendizados intelectuais ou físicos. Também é de conquistas morais.
O nosso progresso se dará no desenvolvermos mente e coração, um sintetizando as conquistas intelectuais, enquanto o outro, as de ordem moral.
A lição da humildade nos chegará quando aprendermos a nos calar. A paciência se desenvolverá quando aprendermos a esperar. E o perdão ganhará espaço em nós quando aprendermos a compreender.
Assim são as lições do coração. Enquanto o desenvolvimento intelectual se dá através dos livros, nas escolas, no estudo, nosso desenvolvimento moral se dá nos embates da vida.
Por tudo isso Deus escolheu, com esmerado cuidado, a melhor família para nosso aprendizado, a melhor cidade para nosso progresso e as melhores condições de vida para as lições que precisamos.
E Ele apenas espera que possamos, cada um de nós, bem aproveitarmos essas oportunidades que a vida nos oferece.
Tomemos cuidado para que não sejam lições perdidas, como o estudante que frequenta a escola sem estudar e, ao final do ano, terá o resultado infeliz da reprovação, cabendo tudo começar novamente.
Sejamos bons alunos na escola da vida para que, ao final desta existência, possamos ter a mente e coração enriquecidos de experiências bem sucedidas. Que nossa bagagem intelectual e moral seja muito maior do que quando adentramos os portais da nossa atual vida física.
Pensemos nisso. Trabalhemos para isso.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

Esforça - te e eu te ajudarei

Sabe aquele momento que a gente pensa
que chegou no limite das próprias forças
e que não vai mais conseguir avançar?
Quando não contemos as lágrimas (e nem devemos!)
e tudo parece um grande vazio...
Esse momento que, não importa a nossa idade,
pensamos que já é o fim...
e um desânimo enorme toma conta da gente...
Esse momento, ao contrário do que parece,
é justamente o ponto de partida!!!

Quando chegamos a esse ponto de tal insatisfação
é sinal de que alguma coisa deve ser feita.
Não espere que os outros construam pra você,
planeje e faça!

Você é responsável pelos próprios sonhos
e pela realização destes.
É humano se sentir fragilizado às vezes
e mesmo necessário para que tenhamos consciência
que não somos infalíveis, não somos super-heróis,
mas seria desumano parar por aí.

Recomeçar é a palavra!
Recomeçar cada vez, a cada queda,
a cada fim de uma estrada! Insistir!...
Se alguém te feriu, cure-se!
Se te derrubaram, levante-se!
Se te odeiam, ame!
Erga-se! Erga a cabeça!
Olhando pra baixo só podemos ver os próprios pés.
É preciso olhar pra frente.
Plante uma árvore, faça um gesto gentil,
tenha um atitude positiva.
É sempre possível fazer alguma coisa!

Não culpe os outros pelas próprias desilusões,
pelos próprios fracassos.
Se somos nossos próprios donos
para as nossas vitórias,
por que não seríamos para as nossas derrotas?
Onde errou, não erre mais!
Onde caiu, não caia mais!
Se você já passou por determinado caminho,
deve ter aprendido a evitar certas armadilhas.
Então, siga!

Não se esqueça de uma grande promessa feita na Bíblia:
"Esforça-te e eu te ajudarei."
Dê o primeiro passo... depois caminhe!!!
Tenho certeza que a felicidade não mora ao seu lado,
nem à sua frente, ela está junto de você!

Descubra-se, faça-se feliz e tenha um lindo dia!

(Letícia Thompson)

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Antes de...

Um jovem de 24 anos, olhando pela janela de um trem, gritou:


- Pai, olhe as árvores andando para trás!

O pai sorriu e um casal que estava sentado próximo a eles olhou para o comportamento infantil do rapaz de 24 anos com piedade. De repente, o rapaz novamente exclamou empolgadíssimo:

- Pai, veja as nuvens correndo com a gente!

O casal não resistiu, e pensando que o rapaz era mentalmente deficiente, viraram para o velho homem (pai do rapaz) e disseram:

- Porque você não o leva a um bom médico?

O velho sorriu, olhou para o filho que estava olhando pela janela do trem, e ao voltar o olhar para o casal respondeu:

- Eu fiz isto… E acabamos de sair do hospital… Meu filho era cego de nascença e acabou de ganhar estes olhos hoje…


Cada pessoa no planeta tem uma história, a sua verdade. Não julgue as pessoas antes de realmente conhecê-las. A verdade pode te surpreender.

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

A espera



Um pingo de saudade que sentimos parece maior que o oceano e um feixe de luz de amor é quase um clarão ofuscante. Um só pensamento sobre você preenche a minha mente e uma lembrança já é suficiente para me fazer sorrir o dia inteiro.

Um dia sem você parece a vida inteira. Sei que o tempo que passaremos juntos será maior do que o tempo em que ficamos separados mas ninguém entende como me sinto, distante de você. Parece que fica escuro demais para caminhar, porém sinto que meu coração me guia em meio a escuridão e sei que um dia vou chegar até você.

Todos os obstáculos dessa caminhada serão apenas lembranças para relembrarmos como foi bom esperar um pelo outro. Cada estação que passamos sozinhos, os luares e noites estreladas que não vimos juntos serão nossas testemunhas de nunca deixarmos a companhia um do outro nos deleitando no ordinário e no comum, que se torna sempre único e extraordinário, quando vivemos a vida juntos.

Sei que fomos feito um para o outro, o molde é perfeito mas as falhas do material são muitas. Portanto, tudo que for preciso acontecer irá acontecer até nos encontrarmos de vez. Não preciso ter medo pois estamos mais perto do que estávamos ontem. O nosso dia vai chegar e não haverá mais esperas, dúvidas e questionamentos. Tudo será exatamente melhor do que o nosso mais alto sonho. Querida, agüente um pouco mais se puder!



segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Abandone

Há momentos na vida em que nos sentimos numa encruzilhada e, por mais que desejemos, não conseguimos vislumbrar qual o melhor caminho a seguir, ou a escolha mais acertada.

Permanecemos paralisados, à espera de que um milagre aconteça, ou que alguém nos indique a solução ideal, aquela que nos livrará de qualquer conseqüência ruim.

É essencial entender que qualquer escolha terá algum preço a ser pago. Muitas vezes, ele é bem suave, mas em outras, será mais elevado. Resta saber se estamos dispostos a pagá-lo, sem qualquer restrição.

Este é, aliás, o principal atributo da maturidade, escolher o caminho apontado por nosso coração, e se dispor a arcar com as conseqüências, sejam elas quais forem.

E de nada adianta querermos transferir para outra pessoa a responsabilidade de nossas decisões, pois elas são individuais e intransferíveis.

Nestas horas, é útil lembrar que nenhuma escolha é definitiva, pois a vida é mudança permanente e, certamente, nos dará a chance de mudar a rota se assim o desejarmos.

Por mais que ansiemos por uma resposta totalmente segura, ela só virá a partir de nossa própria experiência. E certamente nos ensinará lições definitivas, que serão válidas para toda a vida.

Confiar, antes de tudo, em nossa intuição, e abandonar qualquer forma de medo, é o caminho mais seguro para que façamos escolhas maduras e conscientes.

" Eu gostaria que você largasse seus problemas, renunciasse aos seus problemas.

… E se você puder desistir de seus problemas, aí o caminho para a alegria poderá ser aberto. E se você conseguir abandonar os seus problemas, você irá perceber que aquilo que você pensava ser problema nada mais era que ilusão. E os seus problemas não o estavam segurando; você é que os estava segurando. Mas uma vez que você os deixe ir, você irá saber então quem estava segurando quem.
Compreenda uma coisa mais: foi de fora que você pegou as dores e as trouxe para dentro de si. Por favor, volte com elas para o lado de fora. A dor não é interna; todas as dores são trazidas do lado de fora.

Quando você nasceu, qual era a natureza do seu ser? Não havia dor: a dor foi trazida de fora. Se um homem o maltratou e fez você ficar infeliz, o maltrato foi trazido de fora. Agora, você irá acumular essa dor do lado de dentro, deixará que ela cresça, irá reprimi-la, assim ela se expandirá e envenenará toda e qualquer célula do seu corpo.

… Você traz a dor de fora. Ela não está em sua natureza. É por isso que eu lhe digo que você pode livrar-se da dor. Você não consegue se livrar da natureza, daquilo que é a fonte do sentir. Você pode livrar-se apenas daquilo que não é seu. Não há jeito de você livrar-se daquilo que é seu.

A alegria está dentro. Ninguém a traz de fora. Ela não vem de fora, ela é a sua natureza, ela é você. Ela está escondida dentro, ela é a sua alma. Se for jogado fora esse lixo que veio de fora e que tem sido acumulado, então, a alma interna começará a expandir, começará a crescer. Você começa a ver a sua luz e a ouvir a sua dança, você começa a mergulhar na música mais interna.

Mas isso só acontece se você liberar o lixo de modo que o céu interior possa se estabelecer, algum espaço criado. Então, aquele espaço que está escondido dentro pode expandir-se.

Um pouco de coragem é requerida e você poderá abandonar o seu inferno – exatamente como um homem que se sujou na rua e volta para casa para tomar um banho e a sujeira é lavada. Da mesma maneira, a meditação é o banho e a dor é a sujeira. Assim como, depois do banho, a sujeira foi lavada e você se sente fresco, da mesma forma você terá um vislumbre, sentindo dentro de si a felicidade e alegria que é a sua natureza".

Se for para somar, fique. Se não for, boa sorte…

Hoje a minha despensa emocional está arrumada e limpa, já não guardo mais rancores, nem amores que já passaram do prazo de validade. Não t...