terça-feira, 24 de novembro de 2020

Acalma o meu coração


Senhor, sei que, acima de tudo, mesmo na maior das adversidades ou na maior das incompreensões, o Senhor estará comigo. Por isso, quando ouvir meu clamor, por favor meu Mestre, acalma o meu coração!

 

Senhor, ando angustiado (a) e sem direção. A vida já não tem o mesmo esplendor de antigamente.


Sinto minhas mãos fracas, sem alento, os meus olhos sem brilho e o coração sem expectativa.


Eu me perdi nos recomeços, não me acho nas tramas do avesso; é como se eu fosse um tecido sem vida, preste a rasgar-se a qualquer momento.


Já não sei mais o que é sonhar, já não tenho mais esperança.


A sensação é de que minha vida, de uma forma geral, caiu na mesmice, os amigos sumiram. O trabalho que antes eu fazia por amor, tornou-se fardo.


Não consigo viver como antes, sinto-me incompleto (a).

 

Não sei mais o que é ser feliz, às vezes pressuponho que parei no passado e não contemplo o presente, a tal ponto que me sinto debilitado (a) para planejar o futuro.


Tenho medo dos meus próprios sentimentos.


Não vejo uma mera luz na brecha da “janela da vida”, uma porta aberta para recomeçar.


Desacreditei nas pessoas, no amor e na vida.


Sinto que o Senhor esqueceu de mim. Olho para minha realidade e só vejo obstáculos e mais obstáculos.


Por que o Senhor silenciou? Por que esconde de mim sua face, Senhor?


O que nos separa? Ou o que poderia nos separar?


Sinta o pulsar fraco das minhas veias. Ouça os gemidos de angústia do meu pobre coração.


Por que não está comigo, Senhor?


Veja as lágrimas de solidão que molham o meu travesseiro.


Leia meus pensamentos, e responda as perguntas duvidosas que martelam minha mente.


Entenda o meu silêncio. Já errei tanto, já mudei tantos percursos, já entrei em tantos atalhos.


Eu o questionei tanto, pequei tanto, duvidei tanto do Senhor.


Duvidei tanto do seu amor.


Mas o Senhor, nunca… nunca ficou tanto tempo longe de mim.

Eu não vou conseguir atravessar o mar das tribulações, vencer as ondas das dificuldades, muitomenos, acertar o caminho da paz, da vitória, do arrependimento, do perdão, do recomeço, do acerto, da esperança e da fé, se não estiver comigo Senhor.


Ouça-me! Perdoe-me!


Senhor, minhas mãos estão cada vez mais frias, meu coração está cada vez mais lento, minha mente cada vez mais confusa, minha respiração cada vez mais lenta e fraca, e eu totalmente carente do Senhor.


Estou desesperada pela sua presença!


Quero me achar no Senhor novamente. Quero seu amor em mim. Quero a oportunidade do recomeço.  Quero de volta a esperança. Quero voltar a ter fé.  Quero sonhar de novo.


Quero fazer planos para o futuro. Quero amar novamente. Quero acreditar nas pessoas outra vez.


Senhor, como viverei sem a sua presença?  Não me abandone! Para onde irei?


Só o Senhor tem as palavras de vida eterna!


Seu amor me constrange, Mestre! Volte a habitar em meu coração!


Embora eu não consiga explicar Deus no próprio Filho Jesus Cristo, mas eu sei que me ama!


E sabe também que o amo!


E quando ouvir, meu clamor, por favor meu Mestre, Senhor, Salvador e Amigo, acalma o meu coração! Porque acima de tudo mesmo na maior das adversidades ou na maior das incompreensões, sei que estará comigo.


*Renata Guimarães 


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: yacobchuk / 123RF Imagens

Sobre os ciclos e recomeços da vida…

Nossa vida é uma eterna construção, mesmo quando erramos, algo está sendo construído. Toda construção requer tempo e mais do que qualquer ou...