segunda-feira, 30 de junho de 2014

Você É Capaz!

Não é o mundo que deve acreditar na sua capacidade. Você tem que ter a capacidade de acreditar em si mesmo.

Nada na vida pode ser realizado sem a determinação inicial dos seus objetivos. Acredite nos seus próprios objetivos e saiba que eles necessitam de empenho e dedicação, mesmo que seus sonhos sejam estranhos para o mundo. O importante é acreditar sempre. As pedras que aparecem no seu caminho, na verdade, vão aumentar o sabor da sua vitória. O importante é não desistir. Que venham os obstáculos, que venham os invejosos. Nada pode separar você da sua caminhada. Quando surgirem obstáculos em sua vida, não dê a eles o direito de tirarem sua determinação de obter o sucesso.

Desistir do seu objetivo será o maior erro, porque ele não vai desistir de você até que o tenha apagado de vez do seu coração. Não há idade para realizar seus objetivos, como também não há idade para sair de uma encruzilhada e dar um novo rumo à sua vida. Nunca é tarde para realizar os seus sonhos.

Então, viva até quando Deus quiser que você viva, mas acredite em si mesmo e faça realizarem-se os seus objetivos. Acreditar é ter fé, ter fé é ter confiança e ter confiança é ter certeza. Esta certeza está dentro de você. Tudo você pode fazer para orquestrar a sua vida. A força, a coragem, o empenho, a dedicação e a seriedade de buscar seus objetivos não estão do lado de fora. Dentro de você mora o seu castelo com toda a sua riqueza e toda a magia que seu Universo interior pode lhe proporcionar para superar, com apenas um toque de dedicação, de vontade, de equilíbrio, os seus problemas.

Você olha para o céu procurando Deus e Ele, na verdade, está dentro de você. Acreditando no amor de Deus, ele se abre como uma flor, e este amor começa a fluir de forma natural. Todos vão sentir o aroma do amor saindo do seu corpo, transmitindo harmonia aos corações, paz aos espíritos. Aí estará pronto para acreditar que poderá vencer. Se você pode vencer na própria vida, nada mais pode atrapalhar seus sonhos e seus desejos. Acredite, tenha disciplina, tenha equilíbrio e ande no trilho que você traçou para o seu dia a dia e conseguirá caminhar com segurança em busca do seu ideal.

Harmonia, compaixão, gratidão, fraternidade e sabedoria para lidar com a vida sem se abalar com nada e acreditando sempre na sua vitória. Você deve prestar atenção a tudo o que acontece à sua volta. Nada pode pegá-lo de surpresa, fique atento e confie na intuição. Quando estamos morando no coração de Deus nossa intuição fica aflorada e nada escapa da nossa visão. Começamos a enxergar além, começamos a enxergar pelo coração.

Não podemos esquecer de que tudo na vida é um tipo de venda e, para isso, o seu poder de acreditar no seu produto, você mesmo, vai fazer a diferença. Suas palavras têm que estar afinadas com a sua personalidade, do contrário, ninguém acreditará em você. 

*Por Bernardino Nilton Nascimento
(Somos Todos Um)

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Oração

Vejo a vida como uma grande escola. Todas as situações que passamos nos servem de aprendizado numa maior ou menor escala. 

Mesmo que não compreendamos os acontecimentos tão logo ocorram, sempre chega o dia em que os porquês se fazem claros, e, geralmente, é quando algo já não tem a importância de outrora.

Como se a vida cuidasse para não soframos mais do que o necessário no momento de uma decepção, por exemplo.

A vida pode não parecer justa muitas vezes. E muitas vezes ela não é. Mas o tempo é sábio, e acaba por nos trazer os esclarecimentos necessários. Muitos eu ainda não encontrei, mas sigo com fé de que nada terá sido em vão.

O negócio é deixar a vida fluir e trazer surpresas agradáveis. Elas ocorrem, acreditem em mim. Muitas vezes sequer as percebemos de cara, pois estamos demasiadamente preocupados, apegados a coisas que se foram tentando entender os porquês. É preciso ter cuidado para não acabar deixando algo de incrivelmente bom escapar.

E assim vou seguindo com parcimônia, observando, refletindo, absorvendo aos poucos, tentando não criar expectativas em demasia, procurando me centrar, tentando ser paciente, cuidando de mim, relaxando, e abrindo o coração para receber de braços abertos as coisas lindas que estão por vir.

E que a fé me guie. E que meu anjo da guarda me proteja. Amém.

*Cyn Cardoso

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Você se respeita?

Tanto se fala hoje em dia sobre amor próprio e autoestima. Mas sabemos efetivamente o que é isto? Me parece ser mais fácil falar do que agir de acordo. Acredito que amor próprio tem a ver primeiramente com respeito. Respeitar a si mesmo. Pois só respeitando a si mesmo é possível respeitar verdadeiramente o seu próximo. Amar envolve respeito.

Mas… Você se respeita? Respeitar-se, para mim, significa não se violentar. Saber dizer não quando necessário e deixar o sim vir quando se tem vontade verdadeiramente.

Para não parecermos egoístas tendemos a dizer sim e a fazer coisas contra a vontade só para agradar o próximo. Pois parece que alguém inventou que para sermos aceitos e amados precisamos sempre dizer sim. E, com nossas inseguranças, é o que acabamos fazendo.

O que não sabemos (ou nos esquecemos) é que não é necessário nos violentarmos para sermos legais. Os melhores atos de afeto são aqueles espontâneos que surpreendem o outro e nos deixa de coração leve.

Você não precisa ir naquela festa que você sabe que só vai tocar funk (se você odeia funk) só porque seu amigo pediu. Ele pode ir com outra pessoa. Você não precisa se submeter a uma situação que te parece desagradável, na qual você sabe que não vai se sentir bem, só para agradar alguém, para não perder seu afeto.

Você pode dizer que não gostou de alguma coisa. Isto não te faz imperfeito, isto não te faz uma pessoa ruim. E se alguém se afastar de você porque você disse não a um capricho, ou a uma situação que te desagradou, ou um combinado desfeito, ou a uma clara falta de consideração, então esta pessoa não respeita você. E quem não te respeita não merece estar na sua vida.

Então, pelo amor de Deus, jamais se anule por quem quer que seja. Seja você mesmo. Se respeite. Todos somos dignos de amor. A começar pelo próprio. Quem ama, respeita. Quem se ama, se respeita.

*Cyn Cardoso

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Orgulho

Vivemos numa constante batalha para provar quem é o “mais forte”, quem se entregar primeiro perde, essas são as regras, nenhum dos dois pode demonstrar se importar com o outro, se mandar mensagem perde ponto, se sumir ganha ponto, se disser que gosta perde ponto… Em meio a esse duelo deixamos subentendido gostar um do outro, mas nunca vamos admitir isso.

Isso que eu chamo de suprassumo da inteligência…

Ninguém quer ferir o seu próprio ego, e assim criamos uma linha imaginária de submissão totalmente desnecessária. Por que me sinto “menor” por falar contigo antes de você vir falar comigo? Não dá para ser recíproco?

Esse sentimento vai crescendo e cada pequena desavença se torna o maior motivo do mundo para não responder uma mensagem, deixar o telefone tocar 6 vezes antes de atender para dizer que estava de “bobeira” e assim não assumir saudades nem por um milhão de reais em barras de ouro.

Nisso você deita na sua cama, fica rente à parede gelada para amenizar o calor, coloca a perna esticada para fora do cobertor e fica ensaiando alguns diálogos que nunca serão ditos.

Inquieto(a) e com o celular na mão você vai lá e tenta remediar a situação, liga e fica ouvindo o telefone tocar com o coração na mão, onde cada toque não atendido só faz o arrependimento aumentar, se expõe e acaba sendo mais rejeitado(a) do que um operador de telemarketing. E assim mais uma vez atrasamos o inevitável. Realmente somos geniais.

Às vezes o orgulho nos torna idiota, mas às vezes ele nos faz não passar por idiota.

Sei o quão genioso(a) você possa ser e como é difícil fazer um simples e sincero pedido de desculpa, mas tudo isso necessita de equilíbrio e bom senso, ninguém quer sair rebaixado e saber ceder é o segredo para um relacionamento emocionalmente estável.

Sem mais, só quero que tu entendas que se o teu orgulho for maior que o teu sentimento realmente fica difícil dar certo.

*por Frederico Elboni

terça-feira, 24 de junho de 2014

Aprendendo a Viver com a Dúvida

A dúvida é uma realidade na vida de muitas pessoas: empreendedores, funcionários, pais de famílias e muito provavelmente, de todas as pessoas que estejam vivas nesse momento.

Muitas vezes nos sentimos como fraudes de nós mesmos, vivendo com o peso da incerteza e com isso temos uma (falsa) crença geral de que a chave para ser bem sucedido na vida exige a superação de todos os vestígios de dúvida.

Mas, essa não é uma crença verdadeira.

Ela é jogada sobre nós por palestrantes motivacionais que giram a roda do empreendedorismo como uma simples questão de sentir-se bem e autoestima, afim de vender seus produtos.

A grande maioria dos empreendedores nunca vai superar a sua dúvida

Na verdade, o dia em que superarmos todas as nossas dúvidas será provavelmente o dia em que iremos nos tornar cegos pelos nossos delírios de natureza e controle.

O que os empreendedores realmente precisam fazer é aprender a conviver com a dúvida. Aprender a viver com a dúvida, ser capaz de aceitar a dúvida é uma coisa muito poderosa pois permite que continuemos a questionar suposições e ainda avançar em face às incertezas.

Um dos efeitos colaterais negativos de esmagar a cultura que cada um tem em si é que, normalmente, isso vem acompanhado de uma forte dose de falsa confiança.

As pessoas que pensam assim vão dizer que você deveria acordar todos os dias como uma espécie de força da natureza pronto para enfrentar o mundo. Só que, muitas vezes, essas são as pessoas mais fracas.

Eles bravejam esse projeto como um disfarce e quando o mundo gira, o que acontece diariamente, eles são geralmente os primeiros a voltarem correndo pra casa, quando a sua falsa auto confiança é atingida por uma realidade de que o que eles fazem pode não dar certo.

Isso causa uma dissonância cognitiva em sua cabeça que só pode ser explicada por inventar falsas desculpas falsas ou abraçando uma auto imagem ilusória de sucesso que não é suportada na sociedade.

Por outro lado, aquelas pessoas que aprendem a conviver com a dúvida estão certas apenas de que o futuro virá. E que esse futuro é maleável.

Ninguém é 100% auto confiante

E é esta a capacidade de lidar com a dúvida que não só permite um empreendedor de experimentar, mas permite também que ele se adapte às novas circunstâncias.

Como empreendedor é bem lógico que a dúvida assole o seu comportamento. Você não sabe para onde está indo ou o que o futuro lhe reserva. Você optou por navegar em águas desconhecidas…

Mas, mesmo com essas incertezas batendo à sua porta você ainda está rumando para a frente, enquanto grande maioria das pessoas que parecem tão seguras de si estão de volta em terra firme.

Muitas pessoas pensam que a dúvida torna as pessoas fracas. Mas é o contrário, é a capacidade de viver com a dúvida que faz as pessoas serem fortes.

Aqueles que precisam da segurança de um futuro previsível, ou não podem deixar a sua auto imagem inflexível de quem são, ou o que supostamente acha que estão presos pela certeza daquilo que buscam.

Estas são as pessoas que você vê subindo escadas corporativas, ou sentadas em conferências procurando garantias e pílulas mágicas nos oradores dos palcos.

Estas são as pessoas que você vê colocando a palavra empreendedor, mas que sempre têm uma desculpa para isso de que não podem parar de trabalhar todos os dias e se arriscarem.

Pior de tudo, estas são as pessoas quem enganaram a si mesmas em acreditar que elas têm todas as respostas e as anunciam tão alto que os outros acabam sendo cegados por eles.
Não se engane, a dúvida sempre vai existir. Portanto, aprenda a dribá-la

Considere que o que Bruce Lee disse sobre artistas de segunda mão que cegamente seguem ou aceitam o outro como padrão.

Como resultado, a sua ação e, mais importante do que isso, o seu pensamento, se tornam mecânico.

Suas respostas se tornam automáticas, de acordo com os padrões estabelecidos, tornando as pessoas estreitas e limitadas.

Este é o destino daqueles que exigem a certeza de respostas claras e regras estabelecidas. Este é o destino daqueles que não querem ou não podem viver com a dúvida.

(Enrico Cardoso)
(Jornal do Empreendedor)

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Cure a Tristeza com Otimismo

Muitas vezes achamos que a tristeza invadiu a nossa vida como se nunca mais tivesse a pretensão de sair, mas se não lutarmos contra isso, ela realmente tem o poder de permanecer por muito tempo. Nós temos a decisão de como enfrentaremos nossos medos, nossas angústias e por quanto tempo esses sentimentos estarão ativos.

Não há mal em ficar triste quando passamos por algum problema, é até muito importante liberarmos aqueles sentimentos que ficam escondidos lá dentro, mas para diminuir a estadia da tristeza, a primeira ação que deve ser feita é pelo menos tentar ser otimista com relação ao problema. Por mais que a solução esperada não aconteça tão rápido quanto imaginava, o tempo que ficou pensando positivamente no mínimo levará para longe aquela tristeza.

Não se martirize pelo que ficou no passado, já aconteceu e não há como voltar atrás, a única solução está em arranjar formas de ultrapassá-lo, e não permanecendo no sofrimento. Não acontecerá nada de positivo se continuar pensando através do pessimismo e da negatividade. Deixe a fraqueza de lado e seja otimista, pois o mínimo que pode acontecer são os bons sentimentos começarem a fazer parte da sua vida.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Persistência é tudo

Muita gente acha que é difícil começar uma caminhada. Pessoalmente penso diferente.

Para mim, mas difícil que iniciar é continuar... De começos o mundo está cheio: os que começam um casamento, os que começam a abandonar um vício, os que iniciam o aprendizado de uma língua e por ai vai.

Ir em frente é mais complicado. Exige persistência e muita força de vontade.

Requer que nós olhemos para trás com sentimento de satisfação pela experiência adquirida e não com remorso ou sensação de arrependimento. Que nós tenhamos sonhos, mas que não vivamos de sonhos. Que choremos, mas não deixemos as lágrimas turvarem nossa visão.

Que escutemos os outros, mas que não desistamos de fazer o que julguemos certo, por causa deles.

Tudo isso de tão simples parece coisa de criança. E é mesmo!

Antes de aprendermos a andar precisamos: cair muitas vezes, nos machucar, chorar, ser motivo de riso, e nem por isso tudo desistimos ou deixamos de levantar.

Nisso temos muito que aprender com as crianças. Elas "sabem" que antes de dar os primeiros passos, é preciso ficar de pé, e antes disso é preciso engatinhar.

Que precisamos das pessoas para servir de apoio, mas, que elas não são bengalas e nós não somos aleijados. Se todas as pessoas soubessem disso teríamos bem menos fracassados no mundo.

Gente que poderia atingir grandes coisas, mas que desiste no meio do caminho.

Diante disso só temos a agradecer a predisposição para certos aprendizados na infância.

Se fosse o contrário, muita gente hoje estaria numa cadeira de rodas.

(Marcos Lima e Ronaldo Oliveira)

quarta-feira, 18 de junho de 2014

O Que É o Amor Verdadeiro?

Mais um dia vai começar, repleto de luz, com um sol espargindo luz sobre todas as coisas e sobre você em especial, para que continue sendo a luz da minha vida com seu amor e sua presença tão forte.

Afinal, este é o despertar da pessoa que eu amo e, portanto, é motivo para meu sorriso, para que eu sinta a vida maior e mais grandiosa, e assim possa curtir a delicia que é estar com você.

Às vezes sinto que até o próprio dia, assim como eu.
Espera-lhe acordar para ser mais autêntico, para ser mais dia e eu para que possa ser mais e mais feliz.

A cada dia que se soma ao tempo deste nosso relacionamento, sinto como se tudo fosse apenas a concretização de todos os meus sonhos, a possibilidade de se realizar uma nova jornada que tem um sabor especial, só porque está sendo vivida e realizada junto a você.

Gostaria de estar sempre bem pertinho de você como estou agora, acompanhada com o olhar esse seu despertar tão especial e assim poder estar com você em todos os alvoreceres de todos os novos dias de nossa existência para lhe cobrir de abraços e beijos.
Bom dia, meu amor, hoje, amanhã e sempre.

Algumas pessoas pensam que encontrar um amor verdadeiro é encontrar uma pessoa perfeita, que saiu dos seus sonhos e encaixa perfeitamente em todas as áreas da sua vida. Esse é um grande erro e a principal explicação para o fim da maior parte dos relacionamentos.

Um amor verdadeiro é aquele que resiste ao teste do tempo. É ter ao lado uma pessoa que conhece todas as nossas imperfeições e continua nos amando do mesmo jeito.

É verificar que existem algumas incompatibilidades e alguns gostos completamente diferentes, mas estar disposto a fazer alguns sacrifícios para agradar a outra pessoa.

É enfrentar os desafios e as dificuldades de mãos dadas, porque quem ama de verdade sabe que os dois juntos são muito mais fortes do que se estiverem separados.

E que Deus nos conserve juntos nos amando cada vez mais...

“Eu te amo”

terça-feira, 17 de junho de 2014

Presente de Um Pai

Filhinha do meu coração, 
No momento em que lê minha carta já deverás ter 15 anos 
E um coração forte batendo em seu peito. 
Esta foi a promessa que me fizeram os médicos 
Que te operaram. 
Não podes imaginar nem remotamente 
Quando lamento não estar ao seu lado. 
Quando soube que morrerias, 
Decidi dar-te a resposta da pergunta que fizeste 
Quando tinha 7 aninhos a qual não pude responder, 
Decidi dar-te o presente mais bonito 
Que ninguém jamais faria por minha filha, 
Te dou de presente minha vida inteira 
Sem nenhuma condição, para que faça com ela 
O que queiras, viva filha, te amo com todo meu coração, 
Quando ela chorou todo dia e toda noite. 
No dia seguinte ela foi ao cemitério 
E sentou-se ao lado do túmulo de seu pai, 
Chorou tanto como ninguém poderia chorar e sussurrou:
Papai agora posso compreender o quanto me amavas, 
Eu também te amava ainda que nunca tenha dito, 
Agora compreendo a importância de dizer te amo, 
Te amo, te amo!
E quero te pedir perdão por haver guardado silêncio 
Tantas vezes. 
E nesse instantes as copas das árvores 
Balançavam suavemente caíram 
Algumas folhas e florzinhas e uma suave brisa 
Roçou a face da menina que olhou para o céu 
Tentou enxugar as lágrimas do seu rosto 
Mas se levantou deu um sorriso sentiu o beijo de seu pai, 
E naquele dia em diante saiu pelo mundo a fora, 
Pra pedir a você que diga as pessoas 
Eu te amo, para você que está chorando nesse momento,
Pra você que esteja emocionado, 
Também possa dizer e abrir o seu coração.
Diga ao mundo que você o ama, diga a sua família, 
Diga à sua esposa a seu filho a sua filha, 
Diga a seus irmãos, diga dentro do seu coração 
Ao seus inimigos, eu também te amo! diga à deus, 
Diga a nossa senhora, diga à vida eu também te amo!.....

* Marco Brasil

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Seus talentos

Os homens são diferentes em talentos e habilidades.

Um gênio em matemática talvez tenha dificuldade com língua portuguesa.

Um financista brilhante pode ser um administrador de recursos humanos medíocre.

A grande empresária quiçá falhe como mãe.

Alguém dança maravilhosamente, mas não sabe cantar.

Outrem escreve com elegância, mas não consegue falar em público.

A força de uma sociedade reside na diferença existente entre seus membros.

É preciso aprender a respeitar e a apreciar as opiniões alheias.

Da divergência bem administrada surgem a reflexão e o aprimoramento.

Tantas diferenças entre os homens resultam das opções que fizeram ao longo de suas existências.

Sendo todos dotados de livre-arbítrio pela Divindade, cada qual escolheu um caminho.

Entre erros e acertos, experiências foram acumuladas e talentos, desenvolvidos.

Deus criou os Espíritos perfectíveis, mas não perfeitos.

Assim, é natural que eles, por vezes, errem.

Constitui tolice imaginar que alguém aprende sem nunca errar.

É como esperar que uma criança ande sem jamais tropeçar e cair.

Então, o erro não é exatamente um escândalo perante as Leis Divinas.

Apenas é necessário ser humilde para reconhecer o equívoco.

E ter coragem para assumir a responsabilidade e reparar os danos.

Mas de todo embate, mesmo permeado de equívocos, surge a experiência.

Sempre se está amadurecendo e aprendendo.

Evidentemente, os equívocos devem ser reparados.

Mas a criatura sempre vê acrescidos seus recursos.

Muitos Espíritos atravessam séculos entre equívocos e  desatinos.

As violações da Lei Divina registram-se na consciência de cada ser.

Enquanto a reparação não ocorre, o Espírito permanece em desequilíbrio.

Por mais que aparente tranquilidade, experimenta desconforto íntimo, fobias e bloqueios psicológicos.

Mas sempre soa o instante em que, cansado de fingir e sofrer, ele resolve encarar a própria realidade íntima.

Então, decide trabalhar no bem.

Dá um basta no egoísmo e se interessa pelo próximo.

Vislumbra a beleza existente no adágio bíblico:

O amor cobre a multidão de pecados.

Ansioso de paz, enamora-se da prática das mais sublimes virtudes.

Dotado de todos os talentos que desenvolveu ao longo do tempo, torna-se um dedicado agente do progresso.

Assim agindo, repara os erros do passado e se prepara para as etapas superiores da vida imortal.

Se você deseja paz, reflita sobre o que está fazendo com seus talentos.

Tudo o que você possui pode e deve ser utilizado na construção de um mundo melhor.

A fortuna pode gerar empregos, amparar a miséria e secar muitas lágrimas.

A inteligência possui o condão de melhorar as condições físicas e morais do planeta.

Se você dispõe do dom da palavra, utilize-o para disseminar ideias de solidariedade e pureza.

Nos círculos em que se movimenta, enalteça o trabalho, a honestidade e a compaixão.

Dê exemplos de conduta reta e digna.

Seja um pai responsável e amoroso, um esposo dedicado e fiel, um patrão justo e bom.

Quaisquer que sejam os seus talentos, utilize-os para promover o bem.

Eles são o resultado das experiências que você viveu.

E constituem os recursos de que dispõe para se tornar um homem pleno de paz e bem-estar.

Pense nisso.

sexta-feira, 13 de junho de 2014

O Arrependimento Como Um Hábito

Pensar que algo do passado poderia ter sido feito de outra forma ou mudar de opinião sobre o que já havia decidido anteriormente, não deveriam ser tratados como fracasso. Nossas vidas estão se tornando cada vez mais dinâmicas e olhar determinado assunto por outro lado não é nada de incomum muito menos errado.

Sentir arrependimento não pode ser tomado como um sentimento negativo ou que deve ser sempre censurado. Imaginar que alguns momentos da sua vida poderiam ser diferentes pode ser até transformado em algo positivo se for pensado como pode evitar tal fato futuramente. 

O problema está em arrepender-se frequentemente, o que pode desencadear um intenso sofrimento por não estar satisfeito com a vida que está vivendo. O arrependimento deve surgir de forma esporádica, e quando aparecer que seja utilizado como incentivo para nunca mais ser repetido.

Arrepender-se de alguns poucos momentos pode mudar positivamente a forma como enxerga sua vida, mas viver achando que tudo deveria ter sido diferente, pode mostrar que existe uma grande dificuldade para conseguir realmente mudar de vida.

Sofro por um perdão,
Um perdão que parece impossível,
Será?
Será que você é capaz de me perdoar?
Será que atingi mesmo foi o seu coração?
Ou aquele, aquele, seu ego masculino?
Só você pode devolver a minha vida,
Devolver a minha felicidade,
Será que você pode mesmo?
Me dar uma última, que seja última chance?
Tente.
Por favor, faça isso.
E devolva a minha vida e ao meu coração tudo o que perdi.

quinta-feira, 12 de junho de 2014

E se Deus quiser, será para sempre!

E se Deus quiser, será para sempre! 
Quero afundar no teu olhar,
quero sentir o sabor da tua boca,sentir o que eu sempre quis,
quero saber mais sobre você, quero navegar nos teus sonhos,
quero acreditar no verdadeiro amor,
quero sentir meu coração respirar novamente,
quero ter você só para mim,
quero sentir o cheiro do teu perfume,
quero olhar para você e sorrir,
quero contar meus segredos e compartilhar minha vida com você,
quero tocar na tua pele e encontrar teu brilho,
quero viver com você para sempre....É maravilhoso sentir que o nosso amor está presente em todos os momentos. 
Em cada coisa que fazemos, a qualquer hora.
Sei que esse sentimento me estimula
Para enfrentar qualquer barreira, qualquer obstáculo.
Nosso amor vai além das fronteiras do pensamento
E acontece em cada ato que fazemos, em cada gesto.
Sou feliz por isso e vejo que você também é.
A felicidade é isso, pequenos momentos, pequenos gestos,
A certeza da parceria, do companheirismo, do carinho e do afeto.
Saber que existimos um para o outro a todo momento. 
É a coisa mais linda que alguém pode sentir.
A vontade de estar juntos, de planejar a vida,
De fazer todas as coisas bem simples, porém repletas de amor.
Eu gostaria que cada dia tivesse 25 horas,
Só para curtir mais um pouquinho
Tudo aquilo que venho curtindo ao seu lado.
Como é gostoso estar com você: ouvir a sua voz
E curtir esse seu olhar tão especial, tão diferente.
Somos duas metades que se completam, 
Que se abraçam e se amam e que ficaram unidas 25 horas por dia
E se Deus quiser para sempre.
Você é minha alma gêmea. 
Te amo!!!!

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Desculpe por eu ter te conhecido

Desculpe por eu ter te conhecido
e ficado feliz ao ouvir a sua voz
pela primeira vez ...
Desculpe por ter me identificado com você
e por te entender ...
Desculpe por querer estar sempre
presente em sua vida e
querer participar do seu dia-a-dia ...
Desculpe por querer impor meus
pensamentos para te incentivar ...

Desculpe querer te dar o meu carinho
por me sentir bem ao teu lado ...
Desculpe por querer te dar o meu ombro amigo
e não perceber que te sufocava
com minhas preocupações ...
Desculpe por sofrer junto com você ...
Desculpe por te telefonar,
sem imaginar que te acordaria ...

Desculpe por gostar dos teus beijos ...
Desculpe por me sentir feliz ao teu lado
e achar que também estava
te fazendo feliz ...
Desculpe por não corresponder
as suas expectativas ...

Desculpe se de alguma forma
te fiz ou faço sofrer ...
Desculpe por sonhar um sonho
que era só meu ...
Me Desculpe mais ainda ...
Por Te Amar Demais!!!

terça-feira, 10 de junho de 2014

A Sabedoria do Silêncio Interno

Pense no que vai dizer antes de abrir a boca.

Seja breve e preciso, já que cada vez que deixa sair uma palavra, deixa sair uma parte do seu Chi (energia).

Assim, aprenderá a desenvolver a arte de falar sem perder energia.

Nunca faça promessas que não possa cumprir.

Não se queixe, nem utilize palavras que projetem imagens negativas, porque se reproduzirá ao seu redor tudo o que tenha fabricado com as suas palavras carregadas de Chi.

Se não tem nada de bom, verdadeiro e útil a dizer, é melhor não dizer nada.

Aprenda a ser como um espelho: observe e reflita a energia.

O Universo é o melhor exemplo de um espelho que a natureza nos deu, porque aceita, sem condições, os nossos pensamentos, emoções, palavras e ações, e envia-nos o reflexo da nossa própria energia através das diferentes circunstâncias que se apresentam nas nossas vidas.

Se se identifica com o êxito, terá êxito.

Se se identifica com o fracasso, terá fracasso.

Assim, podemos observar que as circunstâncias que vivemos são simplesmente manifestações externas do conteúdo da nossa conversa interna.

Aprenda a ser como o universo, escutando e refletindo a energia sem emoções densas e sem preconceitos.

Porque, sendo como um espelho, com o poder mental tranquilo e em silêncio, sem lhe dar oportunidade de se impor com as suas opiniões pessoais, e evitando reações emocionais excessivas, tem oportunidade de uma comunicação sincera e fluida.

Não se dê demasiada importância, e seja humilde, pois quanto mais se mostra superior, inteligente e prepotente, mais se torna prisioneiro da sua própria imagem e vive num mundo de tensão e ilusões.

Seja discreto, preserve a sua vida íntima. 
Desta forma libertar-se-á da opinião dos outros e terá uma vida tranquila e benevolente, invisível, misteriosa, indefinível, insondável como o TAO.

Não entre em competição com os demais, a terra que nos nutre e dá o necessário.

Ajude o próximo a perceber as suas próprias virtudes e qualidades, a brilhar.

O espírito competitivo faz com que o ego cresça e, inevitavelmente, crie conflitos.

Tenha confiança em si mesmo.

Preserve a sua paz interior, evitando entrar na provação e nas trapaças dos outros.

Não se comprometa facilmente, agindo de maneira precipitada, sem ter consciência profunda da situação.

Tenha um momento de silêncio interno para considerar tudo que se apresenta e só então tome uma decisão.

Assim desenvolverá a confiança em si mesmo e a Sabedoria. 

Se realmente há algo que não sabe, ou para que não tenha resposta, aceite o fato.

Não saber é muito incômodo para o ego, porque ele gosta de saber tudo, ter sempre razão e dar a sua opinião muito pessoal.

Mas, na realidade, o ego nada sabe, simplesmente faz acreditar que sabe.

Evite julgar ou criticar. 
O Tao é imparcial nos seus juízos: não critica ninguém, tem uma compaixão infinita e não conhece a dualidade.

Cada vez que julga alguém, a única coisa que faz é expressar a sua opinião pessoal, e isso é uma perda de energia, é puro ruído.

Julgar é uma maneira de esconder as nossas próprias fraquezas.

O Sábio tolera tudo sem dizer uma palavra.

Tudo o que o incomoda nos outros é uma projeção do que não venceu em si mesmo.

Deixe que cada um resolva os seus problemas e concentre a sua energia na sua própria vida.

Ocupe-se de si mesmo, não se defenda.

Quando tenta se defender, está dando importância demais às palavras dos outros, a dar mais força à agressão deles.

Se aceita não se defender, mostra que as opiniões dos demais não o afetam, que são simplesmente opiniões, e que não necessita de os convencer para ser feliz.

O seu silêncio interno torna-o impassível. 
Faça uso regular do silêncio para educar o seu ego, que tem o mau costume de falar o tempo todo.

Pratique a arte de não falar. 
Tome algumas horas para se abster de falar.

Este é um exercício excelente para conhecer e aprender o universo do Tao ilimitado, em vez de tentar explicar o que é o Tao.

Progressivamente desenvolverá a arte de falar sem falar, e a sua verdadeira natureza interna substituirá a sua personalidade artificial, deixando aparecer a luz do seu coração e o poder da sabedoria do silêncio.

Graças a essa força, atrairá para você tudo o que necessita para a sua própria realização e completa libertação.

Porém, tem que ter cuidado para que o ego não se infiltre… 
O Poder permanece quando o ego se mantém tranquilo e em silêncio.

Se o ego se impõe e abusa desse Poder, este se converterá em um veneno, que o envenenará rapidamente.

Fique em silêncio, cultive o seu próprio poder interno.

Respeite a vida de tudo o que existe no mundo.

Não force, manipule ou controle o próximo.

Converta-se no seu próprio Mestre e deixe os demais serem o que têm a capacidade de ser.

Por outras palavras, viva seguindo a via sagrada do Tao.( A SABEDORIA DO SILÊNCIO INTERNO)

(O Sol Interno)

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Olhar Para Cima

Certa vez um jovem marinheiro teve que subir ao 
Mastro durante uma tempestade. 
As ondas levantavam o barco para alturas 
Estonteantes e logo em seguida 
Jogavam-no para profundezas abismais 

O jovem marujo começou a sentir vertigem e 
Estava quase caindo o capitão gritou: 
"moço, olhe para cima". 

De maneira decidida, o marinheiro desviou o olhar 
Seu olhar das ondas ameaçadoras 
E olhou para cima. Ele conseguiu subir com 
Segurança e executar a sua tarefa 

Quando os dias de tribulação revolvem a nossa 
Vida, quando as tempestades da vida 
Nos confundem, perdemos o equilibrio e somos 
Ameaçados de despencar. 

Entretanto se desviar-mos nosso olhar dos 
Perigos e olharmos para o ajudador, 
Se buscarmos a face do senhor em oração e 
Agarramos a sua poderosa mão, nosso 
Coraçâo se aquietará, receberemos força e paz 
Para podermos executar as nossas 
Tarefas em meio as tempestades e finalmente 
Seremos vitoriosos.

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Valorize

O dono de um pequeno comércio, amigo do grande poeta Olavo Bilac, abordou-o na rua:

- Sr. Bilac, estou precisando vender o meu sítio, que o Senhor tão bem conhece. Poderá redigir o anúncio para o jornal?

Olavo Bilac apanhou o papel e escreveu:

"Vende-se encantadora propriedade, onde cantam os pássaros ao amanhecer no extenso arvoredo, cortada por cristalinas e marejantes águas de um ribeiro. A casa banhada pelo sol nascente oferece a sombra tranqüila das tardes, na varanda".

Meses depois, topa o poeta com o homem e pergunta-lhe se havia vendido o sítio:

- Nem pense nisso, disse o homem. Quando li o anúncio é que percebi a maravilha que tinha!

Às vezes não descobrimos as coisas boas que temos conosco e vamos longe atrás da miragem de falsos tesouros.

Valorize o que tem, as pessoas, os momentos.


quinta-feira, 5 de junho de 2014

Sinto Vergonha de Mim

Sinto vergonha de mim
por ter sido educadora de parte desse povo,
por ter batalhado sempre pela justiça,
por compactuar com a honestidade,
por primar pela verdade
e por ver este povo já chamado varonil
enveredar pelo caminho da desonra.

Sinto vergonha de mim
por ter feito parte de uma era
que lutou pela democracia,
pela liberdade de ser
e ter que entregar aos meus filhos,
simples e abominavelmente, 
a derrota das virtudes pelos vícios,
a ausência da sensatez
no julgamento da verdade,
a negligência com a família,
célula-mater da sociedade,
a demasiada preocupação
com o "eu" feliz a qualquer custo,
buscando a tal "felicidade"
em caminhos eivados de desrespeito
para com o seu próximo.

Tenho vergonha de mim
pela passividade em ouvir,
sem despejar meu verbo,
a tantas desculpas ditadas
pelo orgulho e vaidade,
a tanta falta de humildade
para reconhecer um erro cometido,
a tantos "floreios" para justificar
atos criminosos,
a tanta relutância
em esquecer a antiga posição
de sempre "contestar",
voltar atrás
e mudar o futuro.

Tenho vergonha de mim
pois faço parte de um povo que não reconheço,
enveredando por caminhos
que não quero percorrer...

Tenho vergonha da minha impotência,
da minha falta de garra,
das minhas desilusões
e do meu cansaço.
Não tenho para onde ir
pois amo este meu chão,
vibro ao ouvir meu Hino
e jamais usei a minha Bandeira
para enxugar o meu suor
ou enrolar  meu corpo
na pecaminosa manifestação de nacionalidade.

Ao lado da vergonha de mim,
tenho tanta pena de ti,
povo brasileiro!


* Por Cleide Canton - SP - 03/09/2006.

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Amor ou Paixão?


Paixão é algo altamente perecível.
Dilui como açúcar em água, evapora como álcool, não dá para colocar no freezer e nem salgar para conservar. Sendo algo perecível que tem data de validade assim que aberta a embalagem deve se viver a paixão de imediato e total.
Paixões são intensas e urgentes e se pensar demais ela azeda, acaba.
Como não podemos comprar paixões no supermercado 24 horas o jeito é viver logo que aparece.
O duro é que para manter as propriedades excitantes do início é preciso manter a embalagem lacrada. Assim que consumida a paixão se acaba, uma fatalidade, mas quem se importa?
Paixão é gostoso e vicia, mas cada paixão é única, diferente e por isso enjoamos nunca. E queremos sempre mais.
E quando uma paixão se torna amor?
Quando o que existe é só paixão, só vemos no outro um rosto bonito, um corpo bem feito, um andar atraente, um papo gostoso, não importando se depois de meia hora percebemos que ele é vazio no seu interior, se é descrente.
Já o verdadeiro amor não vê o rosto, não vê o corpo, mas vê o interior, sua autenticidade, sinceridade e integridade. Claro que existe atração, mas isso é apenas um detalhe.
Na paixão não se vê a alma, mas apenas o físico, se “apaixona” pelo andar, pelo sorriso, pela maneira de falar, sem conseguir enxergar o que realmente a pessoa é.
No amor verdadeiro enxergamos a alma do outro. Amamos pelo o que a pessoa realmente é pelo seu caráter, atitudes, opiniões, a maneira autêntica de serem, como trata você, seus pais, as crianças, os amigos, os animais.
Não é “amor” à primeira vista é “paixão” à primeira vista. A paixão começa muitas vezes logo no primeiro encontro e o verdadeiro amor surge com o tempo
O amor leva tempo para amadurecer. Pode começar com uma amizade, sem namoro, sem compromisso. O tempo passa e os dois descobrem que se amam e que não podem viver um sem o outro. O tempo ajuda a se conhecerem, saber das boas e más características que cada um possuí.
A paixão é como uma gangorra que sobe e desce. Um dia o interesse pode estar em alta e se viver momentos maravilhosos, mas no outro pode estar em baixa e ser um inferno. Na paixão, a relação é superficial, não tem firmeza, não há firmeza no interesse entre os apaixonados.
Já no verdadeiro amor os sentimentos são firmes e sinceros que aos poucos vão criando um clima de confiança, cumplicidade, segurança e raízes profundas.
Os apaixonados vivem sonhando, no mundo da fantasia e se tornam menos responsáveis e eficientes, não enxergam os defeitos do outro e só pensam “naquilo” e só acreditamos em alguém que mal conhecemos.
O verdadeiro amor não é egoísta, enxerga a pessoa amada como a pessoa mais importante de sua vida, mas o seu relacionamento com os familiares e amigos continua o mesmo.
Mas existe uma “prova de fogo” para saber se é amor ou paixão. . . a distância.
Com a distância, se havia só interesse físico era paixão e o relacionamento logo acabará.
No verdadeiro amor com a distância ele só aumentará.
Se quando longe a pessoa sente falta do outro, do seu cheiro, da sua voz, da sua conversa, da sua presença, da sua risada… então, realmente é amor.
Como diria Arnaldo Jabor: Amor é prosa, sexo (paixão) é poesia.
*por http://www.horademudar.com.br/

terça-feira, 3 de junho de 2014

Precisava dividir isso com Você - Mensagens do Papa Francisco


 
 

Real Significado do Aprendizado

Nunca perca a oportunidade de aprender com uma dificuldade. Aprender geralmente é destruir uma visão e construir uma nova perspectiva

Quando alguém pára e se questiona sobre os motivos de estar enfrentando um problema, infelizmente, a maioria encontra a resposta do modo errado: culpando o outro. A culpa é do chefe, do companheiro, dos pais, do empregado. 

O outro nunca é a resposta para os seus problemas. Se você não aprender com a dificuldade, vai repeti-la ao infinito. Vai trocar de emprego, de companheiro, de empregados... mas, quando perceber, trocou as pessoas e o problema continua o mesmo, e se repete.

As dificuldades são oportunidades de aprendizado, e quando perdemos essa lição a dor se torna inútil.

Para todo problema existe solução. Aliás, essa é uma definição: problema é um acontecimento sempre acompanhado de solução. Quando você não tiver uma solução, será necessário definir qual é o problema.

Você descobre que não tem dinheiro para pagar as contas. Está bem, não ter dinheiro é um problema, principalmente se os credores estão lhe cobrando e os juros aumentando. A solução certamente se inicia pelo corte de gastos, continua com uma negociação com os credores e alguma ação para ganhar mais dinheiro. No final, houve aprendizado nessa situação que parecia ter apenas um lado negativo. Você:

- Aprendeu a gastar de acordo com os seus rendimentos
- Aprendeu a ser humilde para negociar com os credores
- Aprendeu a ganhar mais

A solução sempre existe! E, na maior parte das vezes, a pessoa sabe qual é. O difícil é ter a coragem de realizá-la. Nunca perca a oportunidade de aprender com uma dificuldade. Aprender geralmente é destruir uma visão e construir uma nova perspectiva.
E, principalmente, tenha certeza de que o problema será resolvido. Se você tiver alguma dúvida, pense desta maneira: se morresse agora, qual seria a evolução do problema? Percebeu? Ele será resolvido de alguma maneira.

A única coisa que não funciona é jogar no outro a responsabilidade de suas dificuldades. O ódio bloqueia a criatividade e só piora as coisas. As pessoas que alguém chama de inimigos são os melhores mestres que a vida nos oferta por ajudar-nos a aprender as lições de crescimento. Eles nos mantêm acordados para poder evoluir. Depois que você resolve uma dificuldade, agradece a essa pessoa por ensinar-lhe uma lição. Por isso, Luís Gasparetto já falou: "Perdoar é descobrir que você não tem razão nenhuma para perdoar; é apenas viver o aprendizado. Isso só acontece quando você aproveita a oportunidade para crescer". Se carrega ódio de alguém, pense na lição que você tem a aprender e sua vida será muito melhor.

(Roberto Shinyashiki)

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Você é mais forte

Você é mais forte do que suas aparentes limitações
e a prova disso é que sente quando algo está limitando sua vida.
Se não fosse mais forte, nem notaria.
Você é mais forte do que seus ferimentos,
razão pela qual busca curar-se o mais rapidamente possível para voltar ao combate na vida,
na família, na empresa, na escola ou onde quer que seja necessário o seu retorno.
Você é mais forte do que a tristeza porque, no fundo,
deseja que ela se vá para dar lugar à alegria e felicidade.
Você é mais forte, Bem mais forte do que pensam os outros,
por melhor que conheçam você. Mais forte do que pensa você,
por mais que acredite conhecer-se.
Mais forte do que qualquer um sobre a Terra possa achar que você é.
Sua força não pode ser medida em aparelhos,
não pode ser guardada nem vendida.
Ela está ai dentro e só você pode usá-la, quando achar que deve,
quando achar que pode, quando achar que é preciso.

Essa mensagem eu fiz para todas as pessoas que pensam que suas vidas não tem graça, que tudo o que e dos outros e melhor. Talvez nem seja inveja,seja apenas insegurança, culpa por alguma coisa que poderia ter feito e não fez ou algo que poderia ter evitado e não evitou.Olha, eu gostaria de dizer o que o meu coração me disse,e ele me disse que, Aqui na Terra não existe perfeição,precisamos aprender a amar as pessoas com suas qualidades e defeitos.A falsa impressão de que os outros são mais felizes nos leva a pensar que os filhos dos outros são melhores,mais inteligentes e mais dedicados que os nossos, os pais de nossos amigos são mais legais,mais extrovertidos que os nossos, o carro,a casa, os moveis,as roupas dos outros são mais bonitas e mais da mada do que as nossas.Isso e uma grande mentira.Os filhos são parte de nos e de nossos ensinamentos, portanto, se eles não são os melhores do mundo e porque são exatamente como nos os conduzimos.Os melhores pais do mundo são os nossos e eles são bons o tanto que merecemos e as nossas coisas são do jeitinho que gostamos,enfim,as coisas dos outros não combinam,nao nos servem, o jardim do vizinho pode ate ter a grama mais verde, mas não tem as minhas flores preferidas.Cada um tem o que merece e o que consegue conquistar com muito esforço e dedicação e Deus recompensa todos dias o valor que damos as nossas coisas,a nossa vida e a nossa família.

*silvana scheffer

Aprendi a não bater de frente com quem só entende o que lhe convém

Uma das coisas mais desagradáveis que ocorrem é sermos mal entendidos, quando o outro deturpa nossas palavras ou nossas atitudes, desconte...