SEJA BEM VINDO AO NOSSO BLOG.

SEJA BEM VINDO AO NOSSO BLOG.

OBRIGADO POR SUA VISITA, SE POSSÍVEL COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS E VOLTE SEMPRE!!!

Cesar





FIQUE LIGADO!

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

O Último Mergulho

"Num instante você é rico, bonito, charmoso, bem-sucedido, admirado, protagonista de uma novela. Então, você dá um salto em um rio enquanto comemora a vida e não volta mais à superfície. Você vai embora dessa vida em uma viagem rumo ao desconhecido e não leva nada do que você tem ou de quem você é.

Certa vez Chico Anísio disse que não tinha medo de morrer, mas tinha dó. Essa ideia, para mim, é incrível! Afinal, ter medo de morrer é estranho, já que todos nós teremos que passar por essa experiência. O que temos não é realmente medo da morte, mas sim um dó de deixar tudo o que fizemos, as relações estabelecidas, o patrimônio conquistado, a identidade que arquitetamos e na qual acreditamos tão piamente.
.
A morte desse ator da Globo é uma grande oportunidade para que nós lembremos, vez após vez, que todos os dias nós podemos não voltar à superfície e continuar nossos projetos, nossas relações, nossas brigas infantis, nossas difamações ao trabalho alheio ou nossos comentários maldosos sobre as convicções políticas dessa ou daquela pessoa. Todos os dias nós podemos ser obrigados pelas circunstâncias a deixar tudo o que temos sem levar nenhuma trouxa de roupa, sem nenhum dinheiro, sem nenhum amigo a nos fazer companhia. Nós, que temos medo de ir sozinhos ao cinema numa quarta-feira, teremos que partir rumo ao fim de nós mesmos sem alguém que nos apoie. Nós morreremos sós. 
.
Esse é um bom momento para refletirmos sobre frases como "você sabe com quem está falando?", "você sabe quem é meu pai?", "você sabe quem é minha família?". A morte é muito democrática e mostra, mesmo que no último instante, que todos somos iguais e que todos temos o mesmo destino em comum. Nada do que temos, nada do que acreditamos que somos, nada do que experimentamos ou o status que possuímos. Nada disso pode comprar a nossa tentativa de não morrer. É por isso que todos nós devemos ter cuidado e humildade, mesmo que isso seja tão difícil. Afinal, nenhum de nós sabe se o próximo instante será o nosso último mergulho."

*Deyzivan Ferreira

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Amanhã pode ser tarde demais…

Ontem?…Isso faz tempo!…
Amanhã?…Não nos cabe saber…

Amanhã pode ser muito tarde
Para você dizer que ama,
Para você dizer que perdoa,
Para você dizer que desculpa,
Para você dizer que quer tentar de novo…

Amanhã pode ser muito tarde
Para você pedir perdão,
Para você dizer:
Desculpe-me, o erro foi meu!…

O seu amor, amanhã, pode já ser inútil;
O seu perdão, amanhã, pode já não ser preciso;
A sua volta, amanhã, pode já não ser esperada;
A sua carta, amanhã, pode já não ser lida;
O seu carinho, amanhã, pode já não ser mais necessário;
O seu abraço, amanhã, pode já não encontrar outros braços…
Porque amanhã pode ser muito…muito tarde!

Não deixe para amanhã para dizer:
Eu amo você!
Estou com saudades de você!
Perdoe-me!
Desculpe-me!
Esta flor é para você!
Você está tão bem!…

Não deixe para amanhã
O seu sorriso,
O seu abraço,
O seu carinho,
O seu trabalho,
O seu sonho,
A sua ajuda…

Não deixe para amanhã para perguntar:
Por que você está triste?
O que há com você?
Ei!…Venha cá, vamos conversar…
Cadê o seu sorriso?
Ainda tenho chance?…
Já percebeu que eu existo?
Por que não começamos de novo?
Estou com você. Sabe que pode contar comigo?
Cadê os seus sonhos? Onde está a sua garra?…

Lembre-se:
Amanhã pode ser tarde…muito tarde!

Procure. Vá atrás! Insista! Tente mais uma vez!
Só hoje é definitivo!
Amanhã pode ser tarde…muito tarde!..

Comece agora… HOJE… Neste instante… e não AMANHÃ…

Não se esqueça de lembrar de tudo que você vai fazer hoje, porque você jamais saberá se amanhã estará aqui… E como você consertará seus desacertos?

Esta mensagem trata justamente do que sempre achamos que não é necessário fazer agora. Deixamos, na maioria da vezes, para mais tarde. Sempre esquecemos que o que não nos pertence é justamente o “mais tarde”, o “amanhã”, “o minuto seguinte”.

Imaginamos que haverá um novo dia, um novo amanhecer para vivermos, e, todos as coisas que poderíamos ter feito ainda hoje, ficam para depois… Mas esse “depois” ou esse “amanha” pode nunca mais vir.

“Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará“. (Provérbios 27:1).

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Você é um ser especial

As pessoas esperam que as coisas aconteçam na vida delas, como um acaso... como um descuido...
Mal elas sabem que tudo já é como uma poesia escrita, embora indefinida, para que nós autores, nos encarreguemos de dar ao poema, trilha sonora, uma frase... um sentimento que aconteça em outra hora... As pessoas esperam para que os sentimentos sejam concretizados, mas esquecem que para isso ou aquilo, o necessário é que de principio haja um elo muito forte, no laço da amizade...

Você... você já sentiu como se tivesse vivido algo a muito tempo, conhecidos pessoas e lugares diferentes?
Afinidades... gostos e sentimentos... embora não concretos, mas que deixam vagar em seus pensamentos?
Assim simples assim... é que as coisas acontecem... gostos, momentos vividos... o tal do alicerce...

Quando estamos caminhando, pensando estarmos certos de nossas vidas, tudo muda... alias nada muda, são exatamente do seu jeito... apenas somos os autores da poesia... de uma certa forma gostamos do que ouvimos, e vemos... do que sentimos... das afinidades...

Você... você é assim... quando falo com você tudo parece ser de uma forma fácil.

Acho que quando as pessoas olham para você, elas querem levar alegria, aonde só existe tristeza...
elas querem amor incondicional, para afetar a quem jamais conheceu o amor... elas querem ouvir o barulhos dos pássaros...

Porque nunca tiveram tempo para prestar atenção nessa melodia... e sabe porque elas querem isso...
Porque quando falam com você... elas podem ver a transparência de sua alma, a magia do seu coração, a pureza da sua intuição...

Você é um ser especial, e felizes são as pessoas que estão ao seu redor, porque sabem que o tempo é algo indispensável, quando conhecem você e sabe que a afinidade e o momento valem mias que anos, meses... tempo.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Os momentos mágicos da vida

Se você ficar aí onde você está, parado, sem fazer nada, não vai conseguir realizar o seu objetivo. E ainda pior: vai deixar de viver toda uma vida que existe lá fora, esperando apenas que você abra a porta do seu coração e deixe este medo ou orgulho de lado. 

A vida é simples, alegre, fantástica, porém, muito curta. É por isso que temos que viver muito intensamente, para não nos arrependermos mais tarde daquilo que não fomos ou não fizemos.

A vida é constituída de momentos mágicos, e assim como a mágica, ela ocorre em um determinado momento, não para sempre. Muitas pessoas acham que podem deixar para serem felizes amanhã, que hoje é muito difícil. E sempre têm uma desculpa: ou são concursos, ou são provas, vestibulares, ou então é muito trabalho. 

Mas quando você decidir viver aquilo que tanto deseja, pode ser que seja tarde de mais. Dizem que nunca é tarde de mais quando se tem boas ações, mas existem momentos que simplesmente não voltam.

O que adianta você gostar de alguém e não dizer isso para essa pessoa? Ao invés de pensar que essa pessoa poderá vir-lhe atrapalhar, pense no grande apoio que ela pode lhe dar ou oferecer. Não devemos tirar conclusões precipitadas das coisas e muito menos querer adivinhar o que passa pela mente dos outros. 

Se você tem medo de uma reação negativa, fica a pergunta bem simples, o que é pior: a verdade que derrama uma lágrima, mas que faz você ir em busca de seus objetivos, ou a mentira, que simplesmente te para e que não deixa você ir atrás do que você sonha?

O que adianta você querer um trabalho com mais responsabilidade, sem fazer por merecer? Devemos acreditar que podemos conseguir, mas também agir para alcançar o nosso objetivo. Não adianta esperar uma força milagrosa, por que essa não vem sozinha. Ela vem de dentro de nós, de dentro da nossa mente, de dentro do nosso coração.

É preciso correr riscos na vida. E com isso, todos nós deparamos, sem exceção. Não adianta querer programar todo o nosso dia de tal maneira, porque sempre estará acontecendo algo de inesperado. Às vezes, o momento mágico está aí, mas só depende de você deixar que ele aconteça ou não. 

Felicidade é serenidade, e muitas vezes é a conquista dos nossos esforços. Você precisa ter um sonho, pois só assim é que a felicidade fará sentido. Você pode ter sofrimentos no meio do caminho – quem não tem? -, mas ao final, você se levanta, com muito mais força e coragem para viver e lutar por aquilo que almeja.

Quem tem medo de enfrentar essa realidade, sofre muito mais, mas quando criar essa coragem – por que todos nós em algum momento a criamos – sentirá que o tempo passou, e que talvez o que poderia ter sido feito no passado, hoje não adianta mais. 

O presente é vivido hoje e se sonhamos com o futuro, devemos começar a construí-lo agora, já, não no amanhã, pois senão, quando esse amanhã chegar, não terá nada reservado. Apenas um vazio, que muitas vezes é frio e silencioso.

Qual será o resultado ou a herança de tudo isso? Remorso, arrependimento, e a certeza de ter desperdiçado momentos mágicos que a vida deu. Os idosos não se arrependem daquilo que fizeram, mas daquilo que deixaram de fazer. 

Por isso, não espere acontecer para acreditar. Construa a base do seu futuro a partir de agora, e seja feliz para o resto da sua vida, sempre se orgulhando de ter feito tudo aquilo que você quis.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

25 Lições de Vida Preciosas que não Aprendi na Escola

Espero que, de algum modo, sejam úteis para você.

1.
De uma hora para outra, tudo muda. E quando tudo muda, não tem como voltar atrás.
2.
Todo ser humano precisa aumentar sua familiaridade com os próprios sentimentos e aprender a falar sobre eles.
Em contrapartida, todo ser humano precisa aprender a ‘escutar’ os sentimentos das outras pessoas.
É assim que nos tornamos… humanos.
3.
Se pretendemos amadurecer, precisamos reconhecer quando temos reações infantis para poder examiná-las à luz do que já vivemos e aprendemos desde que deixamos de ser crianças.
4.
Com frequência, não são os outros que rejeitam você; é você que tem dificuldade de enxergar valor em si mesmo/a.
Aí acaba provocando rejeição.
5.
Se você sente vergonha de quem é, isso não quer dizer que você não é bom/boa o bastante; é provável que, em algum período importante do começo da sua vida, você não tenha recebido a atenção e o cuidado de que precisava.
Quando viramos adultos, no entanto, já era: a gente precisa aprender a lamber as próprias feridas.
6.
Diferentes tipos de terapias, psicanálise, psiquiatria e caminhos espirituais podem ajudar muito pessoas em sofrimento.
Com frequência, porém, as pessoas que mais precisam de ajuda são as que acham que não precisam.
7.
Há mudanças na vida que talvez levem muito, muito tempo e exijam muita perseverança para acontecer.
As coisas podem não mudar tanto quanto você gostaria, nem na velocidade que você gostaria.
Mas, quando se trata de quem você é e da sua contribuição para o mundo, mesmo pequenas mudanças podem fazer toda a diferença.
8.
A relação mais íntima e importante que você pode ter é com você mesmo/a. Nem com seus pais, irmãos e filhos, nem com seu parceiro/a ou melhor amigo/a. Com mais ninguém.
Paradoxalmente, uma relação de intimidade consigo mesmo/a aproximará você do mundo e das pessoas mais que qualquer outra coisa.
9.
Se o seu navio naufragou à noite em meio a uma tempestade e você está sozinho/a com frio no mar escuro, flutue. Aguarde.
Se está tudo ruim na vida, foque apenas em continuar respirando.
10.
Se você, ou qualquer outra pessoa, é arrogante e se acha superior aos outros, isso é um lance inconsciente compensatório, que encobre os sentimentos verdadeiros.
Se você ou outra pessoa se diminui diante dos outros e se considera inferior, isso também é uma forma de arrogância. Ou de desespero.
Em qualquer caso, o melhor é uma atitude de genuína compaixão com quem precisa lidar com sentimentos amargos de insegurança e baixa auto-estima. Inclusive se essa pessoa for você.
11.
Tornar-se adulto/a é algo mais que completar 21 anos. Pode acontecer a qualquer tempo — ou nunca.
A porta de entrada para o mundo adulto é deixar de se comportar como vítima, chamar a responsa e tomar a vida nas próprias mãos.
12.
Com frequência, as coisas só vão fazer sentido muito tempo depois.
Deixe sua história de vida falar.
13.
Quando um ambiente ou uma relação só traz à tona o que você tem de pior, melhor sair fora.
Duas pessoas agarradas uma à outra em desespero juntas se afogam.
14.
Você não pode ajudar uma pessoa que não quer ser ajudada. Isso inclui você mesmo/a.
15.
Se você sente que o que está fazendo não tem nada a ver com você, pare. Vá fazer outra coisa.
Poucas coisas são tão desesperadoras quanto desistir de si mesmo/a.
16.
Com frequência, o modo como as pessoas te tratam não tem a ver com o que pensam a seu respeito, mas com a história de vida delas e com o que está acontecendo com elas naquele dia.
Para o bem ou para o mal, você não é o centro do mundo de mais ninguém.
17.
Com frequência, o que você acha que as pessoas pensam e sentem a seu respeito é o que você pensa e sente a seu respeito.
18.
Mesmo que só dê merda, melhor ser quem você é, fiel a seus sentimentos e necessidades, do que tentar agradar ou imitar os outros.
Quando deixamos de nos proteger por trás de máscaras, permitimos que o atrito com a realidade nos transforme. Ainda que a gente passe um tempo em carne viva.

19.
Se você estiver numa balada psicodélica, olhar para o lado e achar que todo mundo está olhando para você, aí de repente o rosto das pessoas começa a derreter e elas começam a se transformar em monstros, não saia correndo desesperado/a atrás da ambulância, certo de que ela é um portal entre dois mundos. Procure respirar lenta e profundamente.
Em algumas horas, o efeito passa.

20.
Se estiver se sentindo arrasado/a, você experimentará o lugar mais bonito como o inferno. Se estiver bem com você mesmo/a, qualquer cantinho sujo será o paraíso.
21.
Do mesmo jeito, você pode ter muito dinheiro e se sentir péssimo ou, ao contrário, ter pouco dinheiro e se sentir bem.
Mas não se engane: por mais que dinheiro, em si, não traga felicidade, uma sensação de segurança material e financeira, no nosso modelo de sociedade, costuma ser decisiva para que você respire em paz.
22.
Tem muita coisa na vida que não dá para mudar, por mais determinados que sejamos. Sempre é possível, porém, mudar o modo como vemos as coisas.
O passo decisivo é aprender a trocar de narrativa.
23.
Nosso corpo precisa de nutrição saudável, repouso e atividades físicas.
Do mesmo jeito, nossa mente necessita de atividade (treino da atenção), alimentação saudável (conteúdo e relações enriquecedoras), descanso (sono, meditação) e play (brincadeira, aventura, criação, jogo, fruição e faz de conta).
24.
Se você não aprende a lidar com as diferenças nem a investir nas relações mesmo quando mergulham em períodos sombrios, cedo ou tarde, vai começar a se sentir muito só.
25.
A porta de entrada para o caminho espiritual é compreender que essa pessoa que somos, com sua história de vida, com todos os seus sentimentos, desejos, medos, fantasias e sonhos de felicidade, também vai morrer.
E aprender a viver com isso.

*por André Camargo

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Que tal você ousar fazer

O passo a mais que, longe, muito longe, damos a cada caminhada é o que nos coloca mais próximos de tudo o que ainda podemos ser.

A tentativa além, um pouco mais além, de todas as que já fizemos é a que mais claramente revela do que somos capazes e até onde poderemos chegar.

Quantos de nós nos entregamos antes mesmo de tentar.

Pela simples dificuldade de perceber que é possível ultrapassar o limite do círculo que em torno de nós e ao longo da vida traçamos.

Quantas vezes estivemos na iminência de girar a maçaneta da porta que nos levaria da escuridão à claridade e não o fizemos, simplesmente por não aceitar o impulso livre, soberano e intuitivo que conduzia nossas mãos a girar.

Por não crer na liberdade, nos impulsos da alma e na própria intuição.

Quantas vezes hoje você ouviu seu coração?

Sem temer,
sem limitar,
sem pré-conceber,
sem pré-julgar,
sem se prender,
deixando-se levar pelo prazer de descobrir, correr riscos e realizar.

Pobre de quem põe a nuvem do medo diante dos olhos. Que prefere fugir a se dar o direito de praticar o sonho.

Tem aquele que, sem saber que era impossível, foi lá e fez. Esta é sua vez. O verdadeiro poder é de quem ousa.

Ouse fazer!

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

O que eu sei do amor…

Amor é desobedecer Newton e dois corpos ocuparem um mesmo espaço, um mesmo tempo, um mesmo abraço. Amor é receber o que não se pede, mas o que se espera, é ter vaga preferencial, é ser o número na chamada de emergência, é não se preocupar com o leito depois do meio dia. Amor é acreditar em horóscopos, é desistir dos infernos astrais e atrair os sorrisos mais bonitos para enfeitar os domingos. Amor é ter o que ser quer quando mais se precisa, é a promessa de andar de mãos dadas, é o silêncio que não incomoda, mas vira pretexto para encontros labiais. Amor é não deixar os sonhos do outro dormirem, e adiar nossos planos para complementar as buscas de quem amamos. Amor é não precisar marcar nada no calendário, é brigar com o relógio e abraçar forte para atrasar a segunda-feira. Amor que é amor, não é amor apenas no verão, é um sentimento que te faz tão feliz que a tristeza já nem lembra mais de existir. Amor é poesia dos suspiros alheios, é tudo que se encontra nos livros e nada que se compare a vida real, é tato que afeta, é olhar que traduz, é um sem querer querendo. Amor é tirar a roupa como quem tira os cabelos dos olhos, é fechar o vestido e guarda a camisa, é deixar o rastro do cheiro pelos travesseiros e confessar o desejo para os lençóis. Amor é amar sem precisar se preocupar com o tamanho da eternidade, e se ainda assim me perguntarem o que é amor eu direi que te amar é tudo que eu sei.