quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Aprendendo a navegar nos rios de nossas vidas…

A vida está sempre nos surpreendendo. Cada segundo, cada instante, cada momento é único em nossas vidas, como a água do rio que passou.
O rio nunca é o mesmo pois ele está em constante mudança, o tempo todo. A água que passou, passou e a renovação é obrigatória.
Assim é em nossas vidas. Por isso, precisamos estar atentos a todos os momentos e aprender que a única coisa permanente é a mudança.
Nossa vida é como um rio, onde temos dias de águas limpas e calmas, mas também temos os dias de chuva onde o barro da terra se mistura à água, junto a galhos, troncos e outros detritos.
Porém, em constante movimento e em sentido único. Um rio não retrocede, ele segue em frente, adaptando-se ao terreno e moldando a sua passagem.
É importante usar este exemplo da natureza comparando a correnteza do rio com os acontecimentos cotidianos.
Em nossas vidas temos os altos e baixos, as calmarias, as quedas e os momentos de realizações concretas e desejadas. Tudo faz parte do percurso que o rio da vida tomará.
Importante é adaptar-se à mudança e ser flexível, sabendo que as águas da vida estão sempre em movimento e o que um momento desagradável é um aprendizado de amor e tolerância aliada à paciência, e que, logo em seguida, um bom momento estará chegando.

Navegando em águas turbulentas, nos remansos dos grandes lagos ou enfrentando corredeiras e cachoeiras é importante manter a mente ativa, observadora e saber que aprender a navegar neste rio da vida fará de você um mestre de si mesmo.
A vida é um aprendizado constante e requer atenção, porque ensinamos, de vez em quando, mas aprendemos a todo o momento.
Navegue sempre confiante e otimista e saiba que o mais experiente navegador do rio da vida sabe que sempre se pode aprender mais a cada curva do rio, com cada habitante da fauna, da flora e dos percalços do caminho.
O navegador experiente sabe também que o percurso, seja longo, curto, com corredeiras, lagos e remansos ou turbulento, o rio sempre deságua no mar.
Portanto aproveite este período de navegação para aprender o suficiente, o quanto puder, enquanto seu barco não chegar ao mar… e quando chegar, que siga adiante rumo ao horizonte do seu mar, com muita sabedoria.
Que bons ventos o acompanhem e o conduzam, e, principalmente, que você encontre o seu porto seguro munido de paz, sabedoria, amor e alcance muitas realizações concretas e duradouras.
Seja feliz!

*João Luiz Spósito

Aprendi a não bater de frente com quem só entende o que lhe convém

Uma das coisas mais desagradáveis que ocorrem é sermos mal entendidos, quando o outro deturpa nossas palavras ou nossas atitudes, desconte...