quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Se ainda não deu certo, é porque ainda não teve um ponto final

Queremos que o tempo do mundo seja o tempo que acalme nossas dores, que nos traga as devidas respostas, que nos leve a outros países, que realize os nossos desejos, de acordo com a ansiedade que nos move. Acontece que ninguém manda no tempo; apressá-lo ou retardá-lo é impossível, a não ser em narrativas ficcionais. O melhor favor que nos fazemos, nesse sentido, é confiar nele.

A história do Coronel Sanders ilustra muito bem a máxima de que tudo tem seu tempo. Aos 65 anos, o coronel decidiu se suicidar, mas, ao escrever a carta de despedida, lembrou-se de que aquilo que mais gostava de fazer na vida era frango frito. Desistiu de se suicidar e iniciou a venda de frangos fritos, inicialmente de porta em porta. Acabou por fundar a Kentucky Fried Chicken – KFC, tornando-se um dos empresários mais bem sucedidos do mundo.

Como se vê, mesmo já tendo vivido 65 anos, o coronel ainda tinha muita coisa para realizar. Costumamos antecipar sentimentos, acontecimentos, tornando nossas expectativas as mandantes de nossa realidade, porém, a vida pede calma, paciência e, sobretudo, esperança. Quando perdemos a esperança de que algo de bom virá, acabamos perdendo, junto, muitas razões para continuar, para acreditar, para viver.

A vida é cruel, às vezes, e nos dá rasteiras memoráveis, sendo muitas delas apenas consequências de nosso comportamento ao longo do tempo. Nesses momentos, ficamos desolados e desesperançosos, como se não houvesse mais motivo algum para acreditarmos que aquilo passará. Mas passa. Tudo passa, tudo vai ficando menos dolorido, menos pungente, menos ruim. Temos que deixar para sofrer na hora certa.

Algumas perdas nos deixarão um vazio constante, como a morte de uma pessoa que amamos demais, porém, mesmo essa dor se torna menos intensa, com o passar do tempo, porque nosso instinto de sobrevivência transforma as lembranças maravilhosas que tivemos em alento para suportarmos os dias faltando um pedaço. Um pedaço crucial.

Você vai encontrar um novo amor, ou até mesmo reencontrar o amor de novo com quem ficou lá atrás. Você vai arranjar um emprego à sua altura. Você vai realizar sonhos. Você vai voltar a se perceber como alguém único e especial. Tudo isso vai passar e nem saudade você vai ter.

Ainda que não sejamos mais os mesmos, carregando em nossa alma uma ferida que teima em não cicatrizar nunca, a esperança não pode ser negligenciada para sempre. A fé no reencontro, a certeza de dias melhores, a crença em nosso verdadeiro potencial, tudo isso sempre deverá permear as temperanças de nossa jornada, para que possamos sorver com demora e lucidez os frutos doces que nos aguardam pelo caminho. Vivamos!



*Por Marcel Camargo

DAR SEM ESPERAR NADA EM TROCA. A ÚNICA E VERDADEIRA DEFINIÇÃO DE GENEROSIDADE

Fazer pelo próximo, simplesmente, pelo bem que isso causa. Vejo muitos se deslumbrando com dinheiro, status, títulos acadêmicos, com núm...