segunda-feira, 27 de abril de 2020

Nossa sorte é que não somos feitos do que os outros pensam de nós!

Muitas vezes vivemos a vida preocupados com o que pensam de nós. Com o que acreditam que somos, com a imagem que passamos, ou até mesmo nos incomodamos com aquilo que inventam sobre nós.

Essa preocupação nos leva a perder a originalidade e a viver uma vida ingrata.

Muitos de nós nos entristecemos quando nos maldizem, quando são injustos conosco, quando nos nivelam por baixo, quando nos julgam de maneira equivocada.

É natural nos sentirmos assim, é natural querermos provar, que esses, estão errados em relação a nós. Mas, muitas vezes, nos colocamos na posição de advogados de uma causa perdida.

“NOSSA SORTE É QUE NÃO SOMOS FEITOS DO QUE OS OUTROS PENSAM”. SOMOS FEITOS DO QUE SENTIMOS, DO QUE PENSAMOS, DO QUE OFERECEMOS AO MUNDO!

Se o que pensamos, o que sentimos e o que oferecemos é bom, se nossa consciência está tranquila, não devemos nos incomodar com o que pensam, ou com o que falam sobre nós.

Demos deixar que pensem e que falem, porque as nossas atitudes provaram o contrário. E as maldades que disseminarem aos quatro ventos serão dissipadas diante dos olhos daqueles que veem o bem que fazemos!

Por isso, não se martirize, não se aflija, não se irrite!

Prefira fazer uma leitura edificante, ouvir uma música relaxante, praticar caridade, vibrar positivamente e nunca, de maneira alguma, se deixe contaminar por aqueles que querem te ver padecer, sucumbir, ou por aqueles que querem despertar o pior que existe em você.

Pois, por mais bondade que alimentamos em nosso coração, existem pessoas que são capazes de despertar o que existe de pior em nós. Porque todos nós temos o bem e o mal agindo em nós com mais ou menos intensidade. E se realmente queremos nos desvencilhar do mal que o mal nos causa, devemos retribuir esse mal com o nosso bem, para o nosso bem!

O que pensam sobre nós realmente não importa, não precisamos provar nada a ninguém e muito menos nos justificar.

E se por acaso você ainda se sentir incomodado diga em alto e bom som: O QUE VOCÊ PENSA SOBRE MIM NUNCA SERÁ CAPAZ DE MUDAR QUEM EU REALMENTE SOU!


*Iara Fonseca

Sobre a vida e os arrependimentos que carregamos

Se você não é Edith Piaf, em “Je ne regrette rien” certamente já se arrependeu de alguma coisa na vida. Nosso caminho é feito de acertos e d...