quarta-feira, 16 de julho de 2014

Até Breve, Meu Amor

- Oi amor!

- Oi.

- Vamos voar?

- Como assim voar?

- Sim, eu e você.

- Você está ficando louco?

- Não!

- Então bebeu?

- Também não.

- Onde você está?

- Aqui em cima, no alto.

- Alto de quê?

- No alto!

- Se você soubesse o quão bom e a sensação de liberdade!

- E como é?

- Junte-se a mim e eu mostro a você!

- Mas como chego até você a essa hora?

- Vai demorar um pouco ainda, espere, não irá se arrepender.

- Amo muito você e por isso quero que aproveite ao máximo a vida aí embaixo.

- Do que você está falando?

- Da luz, amor.

- Mas que luz, se agora é noite?

- Não é preciso haver sol para que haja a luz, vê-se luz na escuridão mesmo durante a noite.

- Mas, do que você está falando?

- Amor, EU TE AMO, jamais se esqueça disso, nos veremos em breve.

- Para com essa brincadeira agora!

- Olhe para o sol e verá o meu sorriso, mire as estrelas e me verá piscando, quando dos dias chuvosos nada mais será que eu sua ausência reclamando.

- Amor, estou com medo.

- Não tenha medo, pois estarei sempre olhando e cuidando de você aqui de cima.

-Você quer acabar comigo, é isso?

-Não, amor.

- Preciso ir, alguém está me esperando de braços abertos além da luz. Nos vemos em breve.

- Hei amor, amor, amor, fala comigo, amor não me deixe, por favor.

- Deixo a você não o meu adeus, mas sim o meu até logo.

Se você quer assim, assim será, tchau.

Muitas vezes demoramos a entender não o fim, mas sim a “partida” de quem nós amamos.

(Leandro Maciel)

O inimigo deseja a sua derrota, mas Deus o fará assistir à sua vitória. Creia!

Todos os fracassos e decepções que o inimigo preparou para você, Deus está substituindo por vitórias infinitas e motivos para celebrar. Não ...