sexta-feira, 14 de março de 2014

Fim de mundo

Todos os dias eu me deparo com algum fim de mundo.

O mundo acaba diariamente.

E a culpa é toda nossa.

Do nosso egoísmo, da nossa maldade, do nosso ego exacerbado e supervalorizado, da nossa hipocrisia.

O mundo acabou faz tempo.

Acabou quando deixamos de nos importar com o outro.

Quando perdemos a gentileza e o respeito pelo outro.

Quando torna-se mais importante rir do outro do que sentir o que ele sente.

E todo mundo, absolutamente todo mundo tem o seu quinhão de culpa nessa merda que as coisas estão.

Está tudo assim, ruim, porque reflete nossa feiura e toda a nossa lama.

O mundo acabou faz tempo.

Acaba todos os dias.

Nós é que não percebemos porque estamos cegos demais, ocupados em julgar ao invés de acolher, entender, respeitar.

O verdadeiro holocausto vive dentro de nós.

E ninguém parece preocupado em levantar bandeiras brancas.

É bom que saibamos: quanto mais egoísmo, quanto mais dedos apontados, mais cruéis e menos humanos nos tornamos.

E um mundo assim, retrógrado e mau merece mesmo a extinção.

O mundo não. Nós!!!


O inimigo deseja a sua derrota, mas Deus o fará assistir à sua vitória. Creia!

Todos os fracassos e decepções que o inimigo preparou para você, Deus está substituindo por vitórias infinitas e motivos para celebrar. Não ...